BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS

terça-feira, 20 de outubro de 2009

Tempo



O tempo embaciado destorcido no meu rosto, um lago estagnado de esperas de desejos...cinzentos como a cor dos meus dias. Olho-te como se ainda algum de nós existisse, nesta solidão sem sentido,neste vazio de nós dois, numa ausência de sentimentos de desejo,um vacuo profundo, para além de nós do mundo.
Espero...nas minhas lembranças há um abismo, pedaços de palavras que não dizemos, que não escutamos, perdidas no tempo. Não há nada para dizer, nada para perguntar.
Vou deixar repousar o meu corpo, sem corpo e aceitar a noite sem retorno.

10 comentários:

  1. Que hermoso es leerte..

    Un beso

    Un abrazo
    Con mis
    Saludos fraternos de siempre...

    ResponderEliminar
  2. Que espaço mais bonito esse seu!!! Gostei muito!

    Boa semana pra vc!

    ResponderEliminar
  3. Belo poema, querida amiga.

    Sei do que falas, também o sinto em mim. Tocou-me muito este poema...

    Uma excelente semana, com tudo de bom.

    Beijinhos...

    Mário

    ResponderEliminar
  4. É o tempo refazendo seu caminho num círculo perfeito..E ele sempre retorna ao mesmo lugar ao mesmo ponto de partida..Da noite, do dia e dos pedaços de palavras não ditas e não ouvidas..
    Lindo poema, Rosa.
    Beijos

    ResponderEliminar
  5. Adolfo
    Obrigada pelas tuas palavras.
    Continua visitando-me.
    Bjs

    ResponderEliminar
  6. Mário
    Sempre bonitas palavras, obrigada.
    Bjs

    ResponderEliminar
  7. Ricardo
    Sempre a interpretares os meus pensamentos.
    Obrigada por estares desse lado.
    Bjs

    ResponderEliminar
  8. Rebeca e Jota Cê
    Obrigada por me visitarem
    Bjs

    ResponderEliminar

Amigos são velas acesas ao fundo da escuridão
alumiando o caminhode volta...a presença doce e
serena numa noite de tempestade...são o abraço
suave da vida...palavras ditas muitas vezes em
silêncio aquecendo a alma e o coração.

Um beijinho carinhoso a todos que por aqui passam.
Sonhadora