BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS

quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Murmurios de mim




Ouço o murmurio do tempo, no silêncio do passar dos anos...a minha imagem na sombra, num tempo antigo, a desfazer-se num horizonte longinquo, num murmurio de sons, numa eternidade obscura, num olhar nublado...na alegria morta... do meu tempo perdido, num silêncio submerso na memória de uma vida inteira...no depois do sonho, na inquietação do nada...no olhar de uma vida em ruinas, no horizonte da imaginação...no fundo do tempo de todos os tempos, uma presença obscura dos espectros do meu desassossego, na noite imensa da minha solidão...do lado de lá...de outras vidas...na eternidade dos meus olhos fatigados...suspensos no nada...na espera da minha face cansada...no meu olhar nublado de melancolia, a atravessar a vida, para um passado sem futuro...no espaço aberto do limite do meu vazio, no meu tempo de amargura...na eternidade dos meus olhos parados no tempo...antes do fim.



Neste tormento em que me enterro
Neste silêncio...que grita a soluçar
Neste quarto escuro...onde me encerro
Nesta dor...que não vai acalmar

Na minha face triste...escura
Nuvens esvoaçam no poente
Numa restia de vida...de amargura
Minha alma caminha para o fim...lentamente

Meu corpo...ruina de desalento
Habitáculo triste... de silêncio
Sombra...espectro de sofrimento
Ruina de tristeza...de lamento

37 comentários:

  1. Lindo poema...
    mas de imensa solidão

    lindo

    ResponderEliminar
  2. Bom dia...

    Não sei... Se a vida é curta
    Ou longa demais pra nós,
    Mas sei que nada do que vivemos
    Tem sentido, se não tocamos o coração das pessoas.

    Muitas vezes basta ser:
    Colo que acolhe,
    Braço que envolve,
    Palavra que conforta,
    Silêncio que respeita,
    Alegria que contagia,
    Lágrima que corre,
    Olhar que acaricia,
    Desejo que sacia,
    Amor que promove.

    E isso não é coisa de outro mundo,
    É o que dá sentido à vida.
    É o que faz com que ela
    Não seja nem curta,
    Nem longa demais,
    Mas que seja intensa,
    Verdadeira, pura...
    Enquanto durar.

    Cora Coralina.

    ResponderEliminar
  3. Sohadora.
    Lindo poema, muito bem escrito, com arte e (com)paixão. A lembrança de Cora Coralina feita pela Lis é mais que oportuna.. Emoldura com verdades esse teu belo momento..
    Beijos.
    Ricardo

    ResponderEliminar
  4. Olá! Dei uma passadinha por aqui,

    só para ver como você estava

    e te desejar um

    ÓTIMO DIA!!!



    Lembre-se, hoje é um dia muito especial,

    Melhor que ontem e muito melhor que amanhã,

    Hoje você têm a oportunidade de fazer as coisas diferentes.

    Bom Dia!!!

    beijooo.

    ResponderEliminar
  5. Esses murmirios do tempo ao certo são saudades de epocas vividas, sonhos desejados, almas coloridas e amores inacabados, sentimentos que ao certo carregaremos pro resto da vida e tão bem expressos....beijos e um dia lindo pra ti.

    ResponderEliminar
  6. Ola!

    Lindo poema e você tem um cantinho encantador, adorei os gatos, tudo é especial aqui. Vou voltar

    Um abraço e um lindo dia

    ResponderEliminar
  7. Obrigada pela sua visita.
    O seu blog está lindo.
    Beijo.
    isa.

    ResponderEliminar
  8. Uma delícia sua página, é mto bom anadar por aqui, belas matérias, uma maravilha fazer a sua leitura, adoro este espaço, bjos, bjos, bjosss

    ResponderEliminar
  9. No caminho da vida temos sempre um tempo perdido...Um tempo esquecido ou por esquecer, ou um tempo por viver.

    Belo teu poema embora triste

    beijitos

    ResponderEliminar
  10. Grato pela sua visita,volte sempre.

    Abraço.

    ResponderEliminar
  11. O teu blog revela paixão! Gostei dos "murmúrios de mim"....gostei do teu comentário...

    ResponderEliminar
  12. Gostas de gatos? Parece que sim...vai ver o blog do meu gato
    http://erosomeugato2009.blogspot.com

    ResponderEliminar
  13. oi!

    sou nova por aqui e estou passando
    prá conhecer o seu blog...

    uma ótima noite de quintaaa!!

    até... ;)

    ResponderEliminar
  14. Olá Sonhadora!

    Pedaços de um sentir revelador
    murmurios de uma alma desperta
    retalhos da vida, poema sedutor
    grito de aviso de mente alerta

    Belíssima reflexão intimista. Beijo.

    ResponderEliminar
  15. A MAGIA DOS PENSAMENTOS,ADOREI , TÃO LINDO QUANTO VC PAIXÃO, BJS

    ResponderEliminar
  16. Um espaço de sonho como o próprio nome deixa antever.

    Gostei.


    Parabéns

    ResponderEliminar
  17. Abstrata
    Obrigada pela visita
    Volte sempre
    Um beijo

    ResponderEliminar
  18. Lis
    Gostei muito do poema...e maravilhoso.
    Obrigada pelo carinho.
    Beijos

    ResponderEliminar
  19. Ricardo
    Como sempre lês-me...obrigada pela presença.
    Um Beijo Carinhoso

    ResponderEliminar
  20. Pelos caminhos da vida
    minha querida amiga, muito obrigada pela presença a que me habituei já.
    Um beijo grande

    ResponderEliminar
  21. Everson
    São saudades do que poderia ter sido e morreu.
    Um beijo

    ResponderEliminar
  22. Cris
    Muito obrigada pela visita e pelas palavras.
    volte sempre
    Um beijo

    ResponderEliminar
  23. Isa
    Obrigada pela visita.
    Volte sempre.
    Um beijo

    ResponderEliminar
  24. wcastanheira
    Obrigada pela visita e pelos elogios...não mereço tanto, são só meus sentimentos.
    Um beijo

    ResponderEliminar
  25. Quanta saudade e solidão neste poema amiga.
    Muito lindoooooo,mas triste.Gostei muito.

    Agradeço sua visita .....volte sempre.

    Beijos poéticos!

    ResponderEliminar
  26. Rosa-Flor de lindos e noturnos versos, versos sem alento...
    às vezes vejo em ti esta "alma lusitana" cantada em fados e poemas, por mim desconhecidos até te encontrar. Essa eterna saudade de alguma coisa que ficou num tempo distante, que perdeu-se no mar, no infinito horizonte. Grande bj, Cynthia

    ResponderEliminar
  27. Chinha
    Obrigada pela visita, e pelas palavras.
    Um beijo

    ResponderEliminar
  28. Manuel
    Obrigada pela visita.
    Vou voltar ao seu espaço...gostei
    Um beijo

    ResponderEliminar
  29. Margarida
    Obrigada pela visita...e por gostar do que escrevo.
    Adoro gatos...tenho paixão por eles.
    Adorei também o outro blog, o seu gatinho é parecido com a minha gata.
    Beijos
    Vou segui-la

    ResponderEliminar
  30. ઇ‍ઉ Cyss
    Obrigada pela visita.
    Volte sempre
    Um beijo

    ResponderEliminar
  31. Manu
    Obrigada pela visita e pelo poema lindo
    é um gosto recebê-lo
    Um beijo

    ResponderEliminar
  32. Marco
    Obrigada pelas palavras...sedutoras como sempre
    Um Beijo

    ResponderEliminar
  33. Sonhadoremfulltime
    Obrigada pela visita
    Volte sempre
    Um Beijo

    ResponderEliminar
  34. Uma alma que sente com toda a força do seu sentir. Revelador de uma saudade muito presente e, que irá permanecer...
    Mas temos de viver um dia de cada vez..., ainda que todo esse sentir que temos dentro nos dilacere...

    Se quiser visite também o meu outro espaço
    www.atomovida.blogspot.com

    Bjo

    ResponderEliminar
  35. Maria
    A solidão faz parte de mim...ainda bem que gostou, agradeço a visita.
    Um beijo

    ResponderEliminar
  36. Minha querida Cynthia
    Obrigada por continuares a visitar-me.
    A solidão...coisas que se perderam pelo caminho da vida...é a minha realidade.
    Um beijo

    ResponderEliminar
  37. Luz
    Obrigada pela visita.
    O meu sentir é como o descreveu.
    Volte sempre
    Um Beijo

    ResponderEliminar

Amigos são velas acesas ao fundo da escuridão
alumiando o caminhode volta...a presença doce e
serena numa noite de tempestade...são o abraço
suave da vida...palavras ditas muitas vezes em
silêncio aquecendo a alma e o coração.

Um beijinho carinhoso a todos que por aqui passam.
Sonhadora