BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Os anos passam...



Os anos passam...os dias lentos e frios...o peso da vida que denúncia cansaço...os enganos...poemas guardados...sonhos desfeitos...dor de poeta...solidão de mulher que perdeu a inocência...alma inquieta...no corpo os escolhos...sementes de amor...pedaços de dor...marcas de espinhos...restos de vida.
Prisioneira e liberta...querendo fugir das teias...do frio que inunda as madrugadas...da dor escondida no fundo do tempo...na vida que se fez noite...no corpo que doi...desejo a arder...numa ansia de ser...no desespero de querer...na emoção de sentir.
Aprisionado entre o querer e o poder...entre a vida e o abismo está o passado magoado... o presente vazio...o futuro ausente...apagado nas sombras...desvanecido na desilusão...doendo no corpo e na alma ...escorregando entre os dedos dormentes da vida.
Aprisionados entre o tempo e a memória...os sonhos que se vestiram de ausência...silenciosos gritos ecoando na noite sem fim...perdidos num espaço branco...vazio...como estas mãos que escrevem...tão nuas...tão despidas de carinho...anoitecidas de ilusões...vazias de promessas...cheias de silêncios.
Aprisionado no meu corpo um soluço...na madrugada um abraço ausente...no meu rosto gestos sem idade...no meu olhar...este grito ecoando na madrugada...chamando na noite a ternura.
Há no meu olhar a ausência...o tempo...o ser... o estar...o continuar...o Outono com lembranças de Primavera...quase nada...um corpo numa rosa que secou...no vazio de um abraço...no desejo de um beijo...nas palavras mudas gritando em silêncio...num poema maldito onde repousam todos os demónios...no meu corpo uma lágrima...nos meus dedos um poema inacabado...perdido no sonho...entre o tempo e o desengano.
Sem adormecer encontro o silêncio de todas as ruas sem nome...procuro-me e não procuro ninguém...apenas um corpo amortalhado...umas mãos cansadas...cheias de nada...vazias de tudo.
Caminho em silêncio...entre as brumas...nos caminhos vazios da saudade...meu corpo vaga sem destino...envolto na solidão de uma lágrima que me escorre da alma...doce e tristemente chamando a vida que me escapa entre os dedos...gritando o tempo que se esvai...nascendo e morrendo tanta vez.




111 comentários:

  1. "...uma lágrima que me escorre da alma...doce e tristemente chamando a vida que me escapa entre os dedos...gritando o tempo que se esvai...nascendo e morrendo tanta vez."

    Sabe querida, minha vida tem sido assim, amo por dois, sofro por dois, minha alma chora por dois, e a minha solidão se estabiliza e se torna realidade, tambem por dois...e solidão a dois é pior que saudades desse amor...Bjin, fique com DEUS! Bjin

    ResponderEliminar
  2. No outono a beleza é outra, e se adiantar pedir, peço que não sofras tanto. Um abraço, Yayá.

    ResponderEliminar
  3. Tua poesia me invade e alma e me deixa frágil, para logo em seguida me pegar no colo e me consolar.
    Adoro-te querida amiga. Desejo toda força e paz do mundo para ti e para os teus.
    Um grande bj no teu coração

    ResponderEliminar
  4. Poesia lindamente triste,emociona até! beijos,chica

    ResponderEliminar
  5. Boa noite amiga talentosa!
    Suas poesias são preciosidades...alegres ou tristes,são expressas com a intensidade do amor...
    Bjsssssssssssssssss

    ResponderEliminar
  6. Rosa, minha querida amiga, sua poesia é linda, é de arrepiar, emocionar.
    Quando aqui venho, parece que te sinto.
    Como desejo ler um poema seu falando de um amor lindo, sem dor.

    Beijos enormes no teu coração.
    Brigadinha pelo carinho de ir ao Rabiscos.

    ResponderEliminar
  7. Oi, Sonhadora!
    A poesia é esse rasgo vital de sentires que transbordam linda e tristemente da tua textura sensitiva e poética...
    Deixo-te o meu abraço poético e carinhoso.

    Véu de Maya

    ResponderEliminar
  8. Gostei muito do teu texto...perder a conta dos anos....

    e me comoveram tuas palavras em meu blog. Sim, meu marido foi operado a um cancro no intetsino, em Fevereiro.
    E me comoveu teres visto isso num comentário e teres vindo me trazer palavras de conforto.
    Sei que todoa aqui na Net temos nossos problemas. Mas ter alguém que não me conhece e que tem assim uma demostração de carinho e preocupação para comigo foi como a voz de um anjo me tocando.

    Muito, mas muito Obrigada, querida e que Deus esteja sempre do teu lado, te Protegendo.
    Obrigada...de coração.

    BShell (Isabel)

    ResponderEliminar
  9. Os anos passam minha querida amiga, mas continuarás a ter sempre quem aqui venha, para te acarinhar e deixar um beijinho.


    Bjs!

    ResponderEliminar
  10. Rosa
    Como sempre essa tristeza profunda desse passado magoado. Cada frase tua entra-me na alma e deixa-me sensivelizada demais. Sempre a esperança de vir aqui e encontrar palavras falando de um amor feliz. Vive o presente aproveita cada segundo com teus "fiscais" que te adoram, pois o futuro não existe hoje.
    Beijinho e uma flor

    ResponderEliminar
  11. Minha querida amiga,

    Os anos passam e passam por nós todos os dias perdidos na solidão do que quisemos ter e não tivemos....perde-se a esperança,o motivo da espera daquilo que jamis alcançamos....perdeu-se uma vida em busca daquilo que não era nosso.
    Os anos passam por nós como carros acelarados na estrada da vida...e nós ficamos simplesmente a v^-los passar e esquecemo-nos que a vida é curta demais para ficarmos simplesmnete a olhar para ela....
    Como diz muitas vezes um amigo meu aqui do virtual....VIVE-TE!
    Mas ás vezes é impossivél bem sei,quem me dera que tudo se resumisse á palavra....

    Bjinho cheio de luar

    ResponderEliminar
  12. Os anos passam, o peso da vida
    O cansaço, enganos guardados
    Sofrimentos da dor escondida
    Desgostos no silêncio deixados
    Inunda da madrugada despida
    Saudades, amor e desejos
    Da felicidade sem dor vivida
    Carinho, abraços e beijos
    Mágoa que deixa lágrima caída!

    Pelos poemas que escreve,
    Rosa Solidão - Sonhadora,
    tudo faz sentido.
    Muito lindo, gostei imenso.
    Um beijo
    Eduardo.

    ResponderEliminar
  13. uma lágrima que me escorre da alma...doce e tristemente chamando a vida que me escapa entre os dedos...gritando o tempo que se esvai...nascendo e morrendo tanta vez.
    ..................
    Estas só podem ser palavras de poeta...
    Tem de haver algum otimismo......
    Beijo

    ResponderEliminar
  14. Olá, amiga romântica! Amor assim, intenso... é capaz de nos derrubar quando se vai... ou mesmo junto, sem comprometimento e parceria... causa estragos na alma! Necessário se faz recobrarmos a autoestima e darmos a volta por cima. Pense: nada e ninguém merece nosso sofrer!
    Abraço, Célia.

    ResponderEliminar
  15. Minha amiga Rosa,

    Dou-me o direito de lhe chamar de amiga, pois somente amigos compartilham textos maravilhosos como você sempre faz.
    Deixo meu agradecimento por seu carinho com meus escritos e lhe desejo felicidades sempre!

    ResponderEliminar
  16. "Perdi a conta aos anos...perdi a conta às noites em que chorei
    Perdi a conta às mortes que senti...perdi a conta aos invernos
    Perdi a conta aos sonhos...perdi a conta às ruas onde passei
    Aos abismos onde me perdi...perdi a conta aos infernos"

    também eu minha amiga...tbm eu!!! Li cada linha desta escrita, e senti uma descrição bem parecida com meus dias já vividos.
    Amei passar aqui e te ler.

    P.S.: obrigada de coração pelos parabens lá no meu cantinho, e agradeço em especial sua presença sempre por lá, e neste um ano de meu blog, sua presença sempre foi de uma excelencia incomparavel, obrigada por cada comentário, mas em especial pela amizade1

    bjos no coração sonhadora...tenha um excelente dia minha amiga!!!

    ResponderEliminar
  17. Fado triste, triste sina
    as ruas onde perdestes
    os teus sonhos de menina
    dos teus lábios ressequidos
    da água que não bebestes.

    minha linda rosa rubra
    sofrendo de solidão
    hoje serás rosa aberta
    mas ontem eras botão
    andarás de pés descalços
    pisando as pedras do chão.

    Querida é só um carinho, misturado de beijinhos de luz e muita paz.

    ResponderEliminar
  18. Rosinha, querida
    Um poema lindo, com a tua marca indelével!
    "Deixei ficar no caminho...a menina vestida de madrugada" - que maravilha de verso!
    Gostei particularmente do teu poema de hoje.

    Continuação de boa semana. Beijinhos

    ResponderEliminar
  19. Olá, amiga poetisa! Um ótimo recomeço de semana pra você! Beijos!

    ResponderEliminar
  20. Minha querida, sua poesia é lindamente triste...a pura constatação de que o tempo passa, que a vida passa e deixa marcas e tristezas...mas queira ver também as alegrias...
    Sabe minha querida, na verdade até as alegrias passam...tudo e todos somos temporários seres deste mundo, mas somos eternos como essência...e queiramos nos esvaziar das tristezas e dissabores da vida e sigamos a preencher-nos de paz e amor...
    Beijinhos a ti amiga...
    Valéria

    ResponderEliminar
  21. A maior parte do nosso tempo passa-se a passar o tempo e o tempo é o relógio das nossas vidas.

    Beijo minha querida.

    ResponderEliminar
  22. Rosita
    As tuas palavras e o teu pensar são as minhas e meu pensar. mas o mundo é bem ruim.
    um beijinho para ti cheio de ternura.

    ResponderEliminar
  23. Os anos passam, mas nós continuamos a saber o valor que a vida tem e sabemos que temos que continuar a sorrir e a acreditar
    no seu coração um beijo

    ResponderEliminar
  24. Minha querida,se eu pudesse dar-te um pouco de alegria e paz para combater a tristeza e a dor que invade as tuas palavras.
    Mas hoje estou particularmente deprimida com tanta má notícia que invade o nosso quotidiano que só te posso dar um ombro amigo, um beijo e um abraço apertado.
    Fica bem!

    beijinhos

    ResponderEliminar
  25. Querida Madrinha.
    O tempo passa de alguma forma carregamos amores desfeito sem saber porque recordar muitas vezes dói demais.
    Eu amei seu texto assim como amo tudo que escreve linda e romantica madrinha.
    Bjs,no coração sua afilhada.
    Evanir

    ResponderEliminar
  26. Como gostaria de um dia chegar aqui e te ver feliz amiga...

    Um gdeeeeeeeeee abraço.

    beijooo.

    ResponderEliminar
  27. Também estive a falar do tempo que passa e todas as marcas que nos deixa...
    Amiga, beijinhos...

    ResponderEliminar
  28. Perdi o norte...esqueci as horas...gastei os meus passos
    Fiquei em ruínas...esvaziei-me numa casa assombrada
    Nua de mim...entreguei-me no silêncio dos meus braços
    Deixei ficar no caminho...a menina vestida de madrugada

    Linda mente triste !! Mas com a esperança da madrugada passar e desabrochar um lindo dia.

    Beijos Rosa querida,

    ResponderEliminar
  29. Amiga,
    o tempo passa e a tua poesia triste e sentida preenche o tempo que passa.


    Beijinho

    ResponderEliminar
  30. Sonhadora, minha querida...
    Que página mais linda!
    Quanto sentimento explícito!
    Texto escrito com a alma, vê-se...

    "...umas mãos cansadas... cheias de nada... vazias de tudo."

    Não podes sequer imaginar o quanto identifiquei-me...

    Beijos, amiga, grande poetisa!

    ResponderEliminar
  31. Os anos passam. Tudo na vida é efêmero. Fugimos dos espelhos. Nasce à alma como Fênix do coração para uma nova vida. Seguiremos novos rumos. Nova vida de Paz!
    Beijos!...

    ResponderEliminar
  32. Amiga Sonhadora e triste.

    Quisera eu poder levar-te toda a alegria do mundo e ver nos teus versos mais esperança.

    Comovente poema, amiga.

    Deixo contigo a minha amizade e carinho.

    Beijinhos.
    Janita

    ResponderEliminar
  33. O sentimento quando é grande fica partido em pedaços e espalhados pelo espaço e tempo...
    Lindo querida!
    Bjs

    ResponderEliminar
  34. Na dor e na tristeza não perdeu a ternura pela vida, um grande abraço

    ResponderEliminar
  35. Rosa
    Esta sua pintura agarra-me os olhos de tal forma que me faz “perder”… na madrugada! Devia de ser proibido escrever assim… Um beijo

    ResponderEliminar
  36. Querida amiga,

    Além de bonitos os seus poemas brotam de sentimentos profundos, viscerais.

    Uma ótima noite doce amiga. Bons sonhos.

    ResponderEliminar
  37. ME ENMUDECE LA SOLEDAD DE SUS TEXTOS.
    BESOS

    ResponderEliminar
  38. Minha querida, o que dizer de tão sofredor coração de poetisa, que canta um canto triste dolente e dilacerado?
    dizer que é tristonho, por vezes amargo, mas que está retratando um estado de alma.
    Mesmo com todo esse sofrimento, ainda sinto o quão amoroso é esse coração.

    Toda essa música, em notas tristes
    Em ais, dores, e prantos
    Revive num fado doloroso
    Através das estrelas, da meia-noite

    Beijos.

    ResponderEliminar
  39. Consagrada Poetiza Linda e Amiga:
    Um delicioso poema em que o tempo passa por si e por todos.
    Excelente!
    Bem-haja, pelo seu génio poético doce e imparável.
    Grato pela sua visita linda.
    Beijinhos de pureza amiga.
    Com respeito pelo que concebe de beleza imensa e sempre a admirar o seu ímpar talento.

    pwna

    Os tempos correm, mas a poesia fica. A sua doce poesia que faz sonhar.
    Ela, a poesia, é de maravilhar.
    Bem-Haja, pela ternura dos seus versos mágicos e maravilhosos.
    Adorei.

    ResponderEliminar
  40. Os anos passam, perdemos dias, mas ganhamos entendimento pra vida, ganhamos calos que nos ajudam a viver sem a mesma dor dos dias mais tristes....beijos de bom final de semana pra ti amiga querida.

    ResponderEliminar
  41. Poema magnífico...
    Eu amei sua poesia, você é uma escritora brilhante, aplausos de pé!!!!
    Beijo no coração.

    ResponderEliminar
  42. Querida sonhadora

    Força,...persistência...
    Por vezes a vida é espinhosa,
    dolorosa...só nos resta mesmo a grande companheira da vida, a esperança de um dia ser diferente.
    B.f.s. Bjs no seu coração.

    ResponderEliminar
  43. tudo quanto somos e tudo quanto perdemos, nesta passagem de tantas paragens a que chamamos vida? os xutos lá dizem no refrão de uma das suas canções: "a vida é sempre a perder..."
    lirismo pungente, este, adiando o que um dia se desenhou madrugada.

    beijinho, amiga sonhadora!

    ResponderEliminar
  44. Rosa, fico sem palavras ao ler a tua poesia, toca em nós de um modo impressionante, palavras que escrevem sentimentos e recantos de da vida.

    Bom fim de semana amiga
    beijinho
    oa.s

    ResponderEliminar
  45. O Salto Alto está nascendo, conto com sua visita e comentarios.
    Bjos no coração.

    ResponderEliminar
  46. Olá, querida
    Perdi o número de tudo o que não tem sentido mais...
    Bjm de paz e ótimo fim de semana

    ResponderEliminar
  47. Como é bom ler-te Rosa!
    Achei todo o texto deslumbrante, que acho por bem não recorrer a citações. Ainda que havento muito por onde pegar... tudo afinal!
    Beijos

    ResponderEliminar
  48. "Menina vestida de madrugada"...

    Que lindo Rosa!!!

    Não me canso de admirar sua poesia, tão triste, tão linda, tão intensa...Beijos, querida.

    ResponderEliminar
  49. Tua poesia jorra minha amiga!!!
    Estrofes de uma beleza ímpar!
    Que maravilha!
    Beijo carinhoso querida
    Bea

    ResponderEliminar
  50. Rosa,linda essa menina vestida de madrugada!Vc sempre me comove com suas belas poesias!Ficou maravilhosa!Bjs,

    ResponderEliminar
  51. Oi Rosa! Eis que mais uma vez aqui passo para agradecer avisita, o comentário, assim como apreciar mais uma das tuas belas criações. Lindo poema, principalmente a estrofe abaixo:

    Num corpo ausente me perco...num navio sem rumo navego
    No mar onde naufraguei...deixei os restos...os meus pedaços
    Nua e gelada...ao cansaço da noite o meu corpo frio entrego
    No poço fundo dos sentidos me perdi...na dor deixei os braços

    Beijos e ótimo final de semana pra ti e para os teus.

    Furtado.

    ResponderEliminar
  52. O tempo passa...O tempo voa! E eu na solidão - à toa...Sinto a impotência de minha vontade...De não estancar a saudade...Que me atordoa! Adorei teu parecer sobre a passagem de tempo em nossas vidas, Sonhadora e deixo-lhe meus versos, com muito carinho. Bom fds, beijo grande.

    ResponderEliminar
  53. Boa noite, querida amiga.

    Existindo dentro de nós, ele
    brinca de ser infinito... Ele brinca de ser breve como nós.

    Tenha uma linda semana de alegrias.

    Beijos.

    ResponderEliminar
  54. Triste, porém muito lindo!

    Sonhadora, obrigada pela visita e pelo carinho.
    :)

    Te desejo um belíssimo e abençoado final de semana.

    Fique bem, fique com Deus.

    PAZ & LUZ!

    Beijo,

    Cid@

    ResponderEliminar
  55. .

    .

    . os anos passam e re.passam . e com eles ... ainda tanto por acrescentar .

    .

    . na plenitude da e.tern.idade .

    .

    . que ansiamos . que nos espera . ainda que . re.côndita.mente .

    .

    . um bom fim.de.semana .

    .

    . um beijo meu . sempre sincero .

    .

    .

    ResponderEliminar
  56. LIndo!

    Pesa me aurgencia das horas
    a vastidão do tempo
    principio e fim

    Lindo! Lindo!

    Abraços

    ResponderEliminar
  57. Maravilhoso como sempre...por mais que os anos passem ;)
    beijinho

    ResponderEliminar
  58. Olá, Sonhadora

    Os anos passam e, é verdade, deixam marcas. Marcas das nossas alegrias, das nossas tristeza, dos nossos percursos, das nossas escolhas...É um repositório do nosso viver, dos nossos sonhos alcançados ou não.

    Este seu poema insere-se na toada poética a que nos habituou e que nos leva a fazer uma retrospectiva, uma introspecção. Estaremos a tempo de fazer doutro modo?

    P.S.

    Obrigada pelo seu comentário lá no Xaile e pela informação do filme sobre Fernando Pessoa. Muitos parabéns pelo seu filho. Vou fazer os possíveis por lá ir. :)

    Beijos

    Olinda

    ResponderEliminar
  59. Escrevemos o que carregamos na alma...e o que o tempo transformou em história.
    Beijuuss n.a.

    ResponderEliminar
  60. Quantas marcas o tempo deixa em nos,
    quantas saudades fica guardada no fundo do coração.
    È isso amada madrinha vivemos aprendemos depois só resta recordação.
    Uma tarde linda aqui com chuva e bem frio.
    Ontem vi na TV dizendo que o calor ai esta demais.
    E verdade?
    beijos da sua afilhada.
    Evanir

    ResponderEliminar
  61. Excelente poema. Simultaneamente belo e trágico, como aliás é hábito na tua poesia.
    Querida amiga, tem um bom fim de semana.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  62. Há beleza em cada época, em cada canto, querida. Precisamos enxergá-la, merecemos isso.

    Beijo carinhoso.

    ResponderEliminar
  63. Querida amiga Sonhadora!
    Sempre lindos os seus poemas, mas nem o tempo leva essa solidão, e a tristeza que a acompanha.
    Faço minhas as palavras da Janita.

    Um bom Domingo para si.
    Um beijinho,
    José.

    ResponderEliminar
  64. _______________________________

    Doce Sonhadora, quanta tristeza guardam os seus versos...Um dia há de sorrir um sol grande e acolhedor!


    Beijos de luz e o meu carinho...


    ______________________________

    ResponderEliminar
  65. a tristeza de teu pensar e versar encanta mesmo assim amiga..
    é um sentimento profundo sempre..
    beijos de carinho .. e agradecimento pela tua companhia..

    ResponderEliminar
  66. Amiga Rosa vamos deixando ao longo da vida os sonhos e muitas vezes ao fazermos um balanço da vida, sentimos que temos uma mão cheia de nada.
    Minha amiga Hoje deixei no meu cantinho “SELINHOS – Presentes dos AMIGOS” - http://maria-selinhos-presentesdosamigos.blogspot.com/2011/10/selo-de-qualidade-este-blog-e.html - um miminho especial é o “Selo de Qualidade”, o seu cantinho merece pois é um espaço onde a poesia toca sempre a minha alma.
    Bom fim de semana
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
  67. ...vim deixar carinhos para
    a minha flor, minha poeta
    mais linda de além mar!

    muahhhhhhhhhhhhh

    ResponderEliminar
  68. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  69. Comentários não tenho a fazer. Minhas palavras me foram tiradas por você. No seu sentir, eu me vi. Tua poesia me tocou e me gastou. Agora não posso me por a escrever, porque do que li, nada mais vai valer.

    ResponderEliminar
  70. Que lindo Rosa.
    Profunda...
    “ A menina vestida de madrugada”.
    Que divino poema e no final uma leve suavidade.
    Amei te ler amada.

    Beijinho

    ResponderEliminar
  71. Olá Sonho!!


    Venho deixar o meu beijo e desejara você um ótimo fim de semana!

    Sempre saiu daqui encantado beijo!

    ResponderEliminar
  72. Minha doce Rosa
    A cada poema um derramar de sentimentos profundos e sentidos.
    E hoje falas tempo que vai nos arrancando tudo as ilusoes,os sonhos o viço e pesando sobre os ombros da " menina da madrugada"
    Belíssimo sonhadora, adoro.
    beijinhos da semana

    ResponderEliminar
  73. VOLTE
    ACORDE
    DESPERTE
    POIS TEMPO
    NÃO VOLTA
    SÓ PASSA
    BJS

    ResponderEliminar
  74. Sonhadora,
    Lendo tua dor eu senti a minha de doze anos atrás quando meu marido morreu, enlouqueci desse jeito, nunca mais amei ninguém, creio não ser capaz de tanto outra vez, mas voltei a viver em todos os sentidos, depois de anos de muita angústia, choro, dor, sofrimento...
    Entendo tua dor, continue nos mostrando ela (também mostro a minha nas minhas palavras, mas meu escrever é diferente, somos é que bom isso..rs), mas renasça se possível for.
    Te admiro e respeito

    Beijo meu

    ResponderEliminar
  75. Passei para deixar um beijinho.
    Bom domingo.

    ResponderEliminar
  76. Bom dia
    O tempo passa e vai deixando suas sementes caídas nos sulcos abertos da nossa carne.
    A dor e a saudade vão germinando rasgando cada dia mais a nossa tisteza.

    ResponderEliminar
  77. Um bom domingo e uma ótima semana pra ti minha amiga...beijos.

    ResponderEliminar
  78. Obrigada pelo teu carinho de sempre..
    te deixo um beijo carinhoso e um ótimo domingo. Tudo o que eu disser sobre teus poemas será pouco perto da grandiosidade de tua alma.

    ResponderEliminar
  79. Olá, Rosa. Belos versos profundos sentimentos que muitas vezes carregamos na alma. O tempo não tem volta, temos que seguir sempre. Muito me encanta sua sensibilidade! Bjos com todo carinho e obrigada pela sua amável visita que me deixa feliz! Lindo domingo.

    ResponderEliminar
  80. Ola te encontrei através da Maria...
    Bjkas.
    decorehouse

    ResponderEliminar
  81. querida "sonhadora"...

    "a menina vestida de madrugada"...

    que emociona com seus versos...com suas palavras...

    deixo pra vc meu carinho e minha amizade...sempre...

    eu...

    ResponderEliminar
  82. Amada Rosa. Eu já tinha me cadastrado como sua seguidora e linkado seu selinho lá no meu Páginas de Poesia e em minha lista de blogs favoritos. Não sei explicar o poraque mas, hj, estive fazendo umas arrumações em meu blog e o seu não constava mais de minha lista. Nem mesmo eu estava como sua seguidora. Como este Blogger anda meio louco, acho que isso é obra do site. Agora já atualizei, viu? Me fiz seguidora novamente, te linkei em minha página de selos dos amigos e o blog em minha lista de favoritos. Tá td certinho. Bom fim de domingo e ótima semana, beijinhos doces.

    ResponderEliminar
  83. Minha querida amiga Rosa, que saudades de estar aqui... Como deves saber, estava com problemas em meu blog e não conseguia de forma alguma solucionar, mas agora está tudo bem... Aos poucos estou retornando com as visitas e comentários.
    Mais um lindo escrito teu Rosa...
    É impossível te comentar sem nos repetirmos!!
    Uma semana abençoada e feliz!
    Meu carinho, beijos, Rosana

    ResponderEliminar
  84. Que Deus te abençoe: tuas palavras de conforto têm sido preciosas para mim.
    Obeigada.
    BShell (Isabel)

    ResponderEliminar
  85. O tempo passa, e o pior que acho é tirar da gente a inocência, alguns sonhos, a esperança. O segredo? Talvez é vivermos nos reinventado. Sei lá.

    beijo

    ResponderEliminar
  86. Querida Rosa,
    Não lembras concerteza. Mas eu sim. Eu lembro a primeira visita que fiz ao teu blog. A tua melancolia confundiu-me porque pensei que eu era um dos poucos refúgios dessa mesma melancolia! Mas não. Fico completamente rendida ao encanto das tuas palavras e a forma como sabes tão bem desenhar a tua tela.
    Uma prosa poética que se prolonga numa poesia como continente e ilha, que não se separam.
    Parabéns minha amiga.
    Abraço
    Boa semana

    ResponderEliminar
  87. Olá! Adorei seu blog, muito criativo! Também tenho um blog e gostaria que vc desse uma olhada. O endereço é: http://www.criticaretro.blogspot.com/ Passe por lá! Lê ^_^

    ResponderEliminar
  88. Rosa

    Que comentar?
    Que és e serás sempre única a escrever a dor de amar!
    Que não tenho palavras cada vez que sai mais um grito do teu coração.
    Poupa-o minha doce amiga, porque nele não se manda. Simplesmente nos limitamos a obedecer-lhe!

    Adoro-te...beijo

    ResponderEliminar
  89. O tempo corre em sua em sua invisível viagem
    Um Santo nunca dorme no altar
    Um barco sobe e desce cada onda do Mar
    Um cais de partida também acolhe o chegar

    São tantos os mistérios que encontrei na vida
    Cruzei com gente desconhecida que conhecia bem
    Falei e falo com gente que partiu desta vida
    Sinto tanto aroma perdido que este tempo guarda e tem

    Mágico beijo

    ResponderEliminar
  90. poema que revela o retrato da tristeza, mas deixa-me que te diga...
    és dona das palavras, do expressar o sentimento e de me agarrares na leitura conjugada com o prazer de sentir o teu escrever.

    bj...nho

    ResponderEliminar
  91. Alheio aos nossos desejos e sentimentos, o tempo passa, ainda que as horas sejam diferentes para quem as vivem. No relógio ela é sempre igual, mas para nós... A vida acontece sempre diferente!

    Beijo!

    ;)

    ResponderEliminar
  92. O tempo não volta, ele passa muito rápido, e não tem outra solução senão seguir a vida.Belo poema, sentimento vinda alma.Beijos e ótima semana.

    ResponderEliminar
  93. O tempo não volta, ele passa muito rápido, e não tem outra solução senão seguir a vida.Belo poema, sentimento vinda alma.Beijos e ótima semana.

    ResponderEliminar
  94. Alma de poeta,vida de poeta, a melancolia que abraça e fica em cada verso, como folhas caidas pelo caminho.Caminho de folhas mortas,secas,saudades de Primavera.Vida que segue, que pede carinhos e sonha o sonho de vida feliz,que vem pela noite montada num lindo cavalo branco,chamado Paz.Triste inspiração amiga em meio a uma solidão.
    Que o dia seja revestido de flores vivas, no toque suave da mão que acaricia.Sinta esta harmonia.
    Meu abraço carinhoso de paz e admiração.
    Bju de luz nos seus dias sempre.

    ResponderEliminar
  95. Muitos parabéns. O texto está DIVINAL. Beijinho amigo

    ResponderEliminar
  96. Tristes e delicados os teus versos. A nostalgia dos anos que passam tão velozes que não se podem contar, mas é a única via de obter a experiência e achar novos caminhos à felicidade.
    Beijos

    ResponderEliminar
  97. Você é a poetisa do triste e do trágico e sabe como poucas na blogosfera fazer muito bem! Lindíssimo! Bj

    ResponderEliminar
  98. Oi Rosa, passando pra ver teus versos e te desejar uma ótima semana, beijos no coração!

    ResponderEliminar
  99. Se pudesse voltar no tempo, mudaria muitas coisas, mais o importante é seguir sempre de cabeça erguida, belo post sonhadora, beijos carinhosos

    ResponderEliminar
  100. Olá minha doce amiga. Ainda anda um pouco conturbada as coisas por aqui, porisso minhas blogagem e visitas estão escassas, mas não esqueci de você nem deste teu mágico cantinho. Quanto ao album das férias só estou tendo tempo de arrumá-lo nas madrugadas, mas creio neste neste fds (acho) já estará pronto. De resto saudades e muitas. Um beijo enorme no teu coração!

    ResponderEliminar
  101. Querida Rosa, esta menina que se veste de poesia e nos encanta todos os dias, segue... viva e linda, por entre versos solitários, mas de beleza infinita!
    bjs cheios de meu carinho,
    Cynthia

    ResponderEliminar
  102. Tristes mas delicados os teus versos! a vida sempre acontecendo diferente do que sonhamos.
    Bjs

    ResponderEliminar
  103. Lindo e maravilhoso tema amiga.
    O tempo passa e muita coisa passa. Mas também outras se renovam.
    Um forte abraço para ti..

    Obrigada pela visita.
    Sei que ando tão ocupada, cheia de trabalho e estudos que não tenho mais tempo de vir. Mas dei uma fugidinha rápida, pois estou digitando mais uma parte do meu trabalho, tenho prazo e são dois para esta semana. Não vejo a hora dessas 300 horas de curso acabarem.
    deixo meu carinho..meu abraço..meu beijo no seu coração e um até breve. Muito obrigada pela sua companhia. Fique com Deus e até mais.
    Carinhosamente,
    Sandra.

    ResponderEliminar
  104. Querida sonhadora

    Mais um belíssimo poema aqui nos trazes, onde todo o teu sentir, todas as tuas emoções...emergem, em cada pala que escreves.

    Muito lindo!

    Uma boa semana.

    Beijinhos carinhosos...

    Mário

    ResponderEliminar
  105. O poema te denuncia a alma...o coração...
    Deixa exposto os teus desejos, a tua saudade
    Um abraço na alma
    Beijo

    ResponderEliminar
  106. Minha querida Rosa: os anos passam...e passam...carregados de tudo...cheios de nada...assim é a vida, quando os sonhos ficam à margem e o rio corre...Obrigada pelo seu carinho e beijinhos com ternura ;)

    ResponderEliminar
  107. Olá Rosa... tudo bem? passando pra deixar meu carinho e um grande beijinho...vamos marcar um encontro para um café, ok?
    Deus te abençoe!
    Bjinhoss

    ResponderEliminar
  108. Minha querida amiga,
    Encontro-me e reencontro-me tanto nestas tuas palavras... sinto-as no silêncio, nesta saudade, neste meu corpo de alma dilacerada...

    "...Caminho em silêncio...entre as brumas...nos caminhos vazios da saudade...meu corpo vaga sem destino...envolto na solidão de uma lágrima que me escorre da alma...doce e tristemente chamando a vida que me escapa entre os dedos...gritando o tempo que se esvai...nascendo e morrendo tanta vez..."

    Beijinho com carinho

    ResponderEliminar
  109. Tantos a quem conheço e não escrevo
    e eles (muitos) se esqueceram de mim.

    Bastante mal...passam os dias...

    Com amor,

    M.L.

    ResponderEliminar

Amigos são velas acesas ao fundo da escuridão
alumiando o caminhode volta...a presença doce e
serena numa noite de tempestade...são o abraço
suave da vida...palavras ditas muitas vezes em
silêncio aquecendo a alma e o coração.

Um beijinho carinhoso a todos que por aqui passam.
Sonhadora