BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS

terça-feira, 18 de outubro de 2011

Despi-me de mim...


Despi-me de mim e abandonei as cambraias na terra fria
Desfiz os sonhos...silenciei as palavras...rasguei as prosas
Abandonei as mãos...amordacei os abraços...fiquei vazia
Gelei o corpo na noite...no leito frio do amor deixei as rosas

Já não sou asa nas rimas dos meus poemas...não sou poesia
Rasguei os véus...desnudei a minha alma e vesti-me de noite
Cravei na pele os espinhos...gritei ao mundo a minha agonia
Anoiteci só e acordei vazia...sem mim sem vida e sem norte

A noite me veste...amordaça-me a vida...o tempo me fere
Magoam-me as pedras...dilaceram-me os ais e assim anoiteço
No lado negro da vida...sou apenas a memória da minha pele
Um livro em branco esquecido no chão...sem fim nem começo

Desceu a escuridão no meu rosto...adormeci o meu olhar
Morreram-me os sonhos...as lembranças cheiram a dor
Apagaram-se as estrelas... no céu anoiteceu a luz do luar
Encontrei-me sem mim...no abismo fundo e negro do amor

Sou pedra dura e sou cardo...perdida entre caminhos agrestes
Rosa entardecida...resto de sonho sem vida...ocaso da madrugada
Sombra perdida entre os escombros...vagando entre os ciprestes
Nua dos meus braços...caminho sem mim...ferida e amordaçada

Sou a lua solitária...triste e louca sonhadora dos sonhos perdidos
Ave magoada...perdeu as asas...prendeu o voo...rasgou os laços
Guardou as cinzas do amor...amordaçou no corpo os gemidos
Adormeceu embalando na noite a solidão e sonhou cansaços

117 comentários:

  1. Um poema nostálgico, mas por isso mesmo romântico! Loucuras que fazemos e sofremos em nome do amor.
    Abraço da Célia

    ResponderEliminar
  2. teus sonhos querida..
    te despem e mostram todo o amor e sensibilidade..
    beijos de carinho..

    ResponderEliminar
  3. Ali parada à espera de uma luz que me aqueça a alma…Bela no poema como spre!Um beijinho

    ResponderEliminar
  4. Querida amiga Rosa,


    É tão sofrido e belo este amor dos seus versos. Sonhos que sensibilizam o coração do leitor. Adoro sempre.



    Beijos com carinho amiga

    ResponderEliminar
  5. Não é por querer que se sonham cansaços, acontece. Um abraço, Yayá.

    ResponderEliminar
  6. E assim embalamos nossas noites Rosa
    sonhando sobre alegrias e até escombros ...
    Bonita.
    um abraço grande

    ResponderEliminar
  7. Despidar para mudar... amar..
    Beijos querida!

    ResponderEliminar
  8. Só posso dizer, belo. Nostálgico... carregados de sentimentos! Bjos no seu coração. Me encanto também com os fados, me deixa emocionada.

    ResponderEliminar
  9. Como vistes, continuo voltando.

    Sabe que eu não entendo quase nada de francês, mas gosto de ouvir o som de uma conversação nesta língua...
    Pois com a poesia se me dá algo parecido..não sei avaliar, só sei o efeito que provoca em mim, e sei que gosto do que leio aqui...

    Fora a trilha... sempre me apresentando coisas novas...

    Bom dia, minha jovem poeta...
    ,

    ResponderEliminar
  10. Oi amiga, linda sua poesia!
    Um grande beijo XD

    ResponderEliminar
  11. Depois de ler os teus versos, é difícil acreditar que 'não sejas poesia'
    Beijos

    ResponderEliminar
  12. Gosto de te ler sempre.Tuas inspirações, lindas! beijos,tudo de bom,chica

    ResponderEliminar
  13. oi minha querida,

    o seu despir é lindo,
    suave e profundo,
    deixa claro a sua inspiração e o seu talento,
    para escrever sobre o amor,
    linda poesia...

    beijinhos

    ResponderEliminar
  14. Bom dia querida!
    Sua sensibilidade transpassa nas escritas e nos transmite nessa poesia lindissima que na sua melancolia sentimos vontade de tirar ...muito viva suas escritas.
    Bjsssssssssssssssss

    ResponderEliminar
  15. Uma métrica que nos faz dançar em lembranças, sonhos e nostalgias, minha amiga poetisa!!!
    Abraço-te

    ResponderEliminar
  16. Olá minha querida amiguinha espero que esteja bem, comentar os seus poemas para mim é sempre um grande dilema.
    Pois acredite eles são tão ligados uns aos outros que me dificulta eleger algum deles .
    Apenas sei que adoro te ler, mas queria fazer um pedido caso você possa e esteja de acordo se poder meta as letras um pouquito maiores, porque eu já mal as consigo ler mesmo com óculos, me desculpa deixo em seu doce coração o meu carinho e beijinhos de luz e paz.

    ResponderEliminar
  17. Cheio de saudades e uma pontinha de dor seu poema,,,precisamos muitas vezes nos despir do que já passou, de uma história que já foi contada para que outra entre no lugar...beijos de bom dia pra ti querida.

    ResponderEliminar
  18. Olá minha linda,
    As insanidades em nome do amor. Voce escreve com tamanha maestria que chega a doer na alma.
    Mas é sempre tempo de recomeçar, surgir das cinzas e viver.
    Beijos e mais beijos

    ResponderEliminar
  19. De saudades triste se despiu
    No silêncio da noite fria
    Desiludida do amor não sorriu
    Na solidão perdeu a alegria?
    Cravada de espinhos gritou
    Na noite amordaçada da vida
    Na esperança o amor encontrou
    Nos seus braços ficou protegida
    Rosa Solidão minha amiga
    Sonhadora, na madrugada
    Que pelo amor andou perdida
    Rosa querida, mulher amada.

    Obrigado minha amiga, pela sua
    sempre desejada visita. Suas
    muito amáveis palavras, que no
    coração ficam gravadas, pelo
    carinho que nelas transportam.
    Um beijo
    Eduardo.

    ResponderEliminar
  20. ...triste e louca sonhadora dos sonhos perdidos
    ................
    Mais um belo e nostálgico poema.....
    Beijo

    ResponderEliminar
  21. Minha querida amiga:
    Nunca podemos deixar morrer os sonhos,de que mais nos alimentaríamos.
    Um poema triste mas extremamente belo.

    beijinhos

    ResponderEliminar
  22. Olá, querida
    Me vejo em tantos dos seus versos lindos...
    No dia de hoje, recortaria: Perdi as asas...
    Bjm de paz

    ResponderEliminar
  23. Prende, arrebata, enleva e nos consola
    Um poema escrito por um triste coração
    Vive nos mistérios e na dor que assola
    É berceuse, é um fado, é a solidão...

    Minha querida de que maneira comentar tão desolado e, mas doce poema?
    Por ora deixo um abraço, e um beijo nesta alma.

    ResponderEliminar
  24. absurdamente lindo e comovente..
    como é bom te ler!

    bjs.Sol

    ResponderEliminar
  25. Ah, Sonhadora! Seu poema consegue me comover e não sou de me comover facilmente. Beijos!

    ResponderEliminar
  26. Oi Sonhadora,

    Despedida e sem asas, voa minha imaginação com teus sentimentos.
    Belo.

    Beijo meu

    ResponderEliminar
  27. despi-me de mim, é tudo o que está neste poema.

    um poema muito profundo e que nos comove.

    um beij

    ResponderEliminar
  28. Rosa Rainha ,sempre encanta!!beijos!

    ResponderEliminar
  29. Rosa minha amiga
    Triste e comevente estas palavras de saudade, dor, mas um poema belo.
    Um beijinho e uma flor

    ResponderEliminar
  30. Minha querida,
    que belo e docemente triste o teu poema. Como me toca e me mostra esse outro lado de mim mesma. Ler-te é escrever-me. Como me "traduzo" nas tuas palavras!
    Lindo, simplesmente lindo.
    Beijo de luar

    ResponderEliminar
  31. Linda e triste, cada palavra soltou a alma da poetisa.

    Beijo

    ResponderEliminar
  32. Muito obrigada por sua visita, e comentário. Estava aqui a procurar seu blog e não tinha achado, agora também posso seguir-te. Senão tivesse deixado comentário não a teria encontrado pois seu blog não está no espaço escrito MEU BLOG e assim fica mais difícil para mim. Lindo seu mundo poético. Bjos.

    ResponderEliminar
  33. Amiga Sonhadora

    Apesar do sofrimento e dor que vc com muita sabedoria deixa nestes
    versos de amor, não deixa de ser belo. Adoro0 ler vc e adoro quanto
    escreve.

    Bejinhos

    ass: Talita

    ResponderEliminar
  34. Ando assim também... entregue a tristeza!Sempre lindas suas palavras, querida.Beijos.

    ResponderEliminar
  35. Vou lendo de encanto em encanto.
    Vou amargurado pela tristeza mas com a alma em cântico pela beleza.
    Parabéns querida amiga.

    ResponderEliminar
  36. A paixão sempre à flor da pele dentro da poesia. Ela - a paixão mora nela!
    Beijos!...

    ResponderEliminar
  37. Olá amiga, poema lindo mas muito nostálgico como tudo o que escreves. Paixão, amor, nostalgia amargura e solidão, tudo num só coração. Adorei. Beijos com carinho

    ResponderEliminar
  38. Despir de alguns sonhos para que outros possam acontecer. Uma linda noite pra você, com todo meu carinho.

    ResponderEliminar
  39. Oi Rosa! Mais uma vez, passando para apreciar um belo poema, com ênfase para a estrofe abaixo:

    Já não sou asa nas rimas dos meus poemas...não sou poesia
    Rasguei os véus...desnudei a minha alma e vesti-me de noite
    Cravei na pele os espinhos...gritei ao mundo a minha agonia
    Anoiteci só e acordei vazia...sem mim sem vida e sem norte

    Beijos e muita paz pra ti.

    Furtado.

    ResponderEliminar
  40. Oi Rosa,

    a sensibilidade ultrapassa as barreiras da alma, sai pelos poros, impregna o habitat daqueles que amam!

    Lindo poema, como sempre!

    Abraços

    ResponderEliminar
  41. Olá querida,

    Versos nostálgicos, mas repletos de sentimento e beleza.
    Você sempre encanta com suas poesias.

    Beijos.

    ResponderEliminar
  42. ...bom dia Flor de encanto!

    bjokas da Vivi!

    ResponderEliminar
  43. Despi-me de mim...

    Quantos dias temos de aceitar esta situação para libertar a alma.

    Despir-se de roupas que nos escondem de nós próprios, que nos alimentam uma ilusão.

    Que nunca desçam sobre nós as sombras da noite, nem as suas roupagens frias e informes.

    Que as roupas do amor sejam vida que nos cobre a nudez, sejam luz que nos fazem viver, sejam a força que nos faz viver para lá dos poemas e destes dias de agonia lenta.

    ResponderEliminar
  44. Bom dia,minha Amiga.
    Dá um pulinho ao Momentos.
    Se te provocar um sorriso...ficarei feliz.
    Beijo.
    isa.

    ResponderEliminar
  45. Rosa,linda e triste ave sem asas!Adoro teus poemas!E que fado mais lindo tb!Bjs,

    ResponderEliminar
  46. Rosa,linda e triste ave sem asas!Adoro teus poemas!E que fado mais lindo tb!Bjs,

    ResponderEliminar
  47. Olá,Rosa querida!!

    Ah!!Quanta dor e solidão!!Quanta beleza nestes versos tristes, que expressão tanta emoção!!!!
    Sempre lindas poesias, com sua marca registrada!
    Beijos!!!

    ResponderEliminar
  48. ROSA SOLIDÃO

    Noite despida
    Desnuda em sonhos perdidos...

    A alma sem asas
    Pousa no peito solitário e frio
    Onde as palavras
    Jazem sem amor
    Num refúgio de saudade
    Abrigada pelos sentimentos...

    Escorrem da poesia
    Molhando a rosa
    De versos para não chorar...

    Copiosa a solidão
    Teima escrever
    Sua melancolia noturna
    Letras cheias de alma
    Ainda aquecem as palavras
    Para que a poesia não chore
    Sua solitude...

    Vestida de noite
    A rosa ferida nos espinhos do amor
    Sangra sua dor e adormece
    Num sonho cansado...


    Um afetuoso abraço na alma!

    Regilene

    ResponderEliminar
  49. Oii lindo poema!
    Parabéns.Linda manha para vc...
    Bjkas.
    decorehouse

    ResponderEliminar
  50. Minha querida amiga Sonhadora
    Quanta beleza em seus poemas
    há uma alma que sofre e chora
    na companhia de tantos dilemas

    Beijinho,
    José.

    ResponderEliminar
  51. Sempre doce, é sempre bom demais ler você mesmo que repetidas vezes!

    Um beijo enorme e um ótimo dia!

    Estou esperando por vc no Alma!

    ResponderEliminar
  52. Quanto sentimentos em seus versos minha querida...são de uma intensidade fascinante...nos fazem pensar....
    Minha querida...fique na paz e na alegria...beijinhos
    Valéria

    ResponderEliminar
  53. Sempre intensos seus poemas, voamos em suas asas...

    beijos minha amiga
    oa.s

    ResponderEliminar
  54. Consagrada e Fabulosa Poetiza Amiga:
    Mais uma "explosão" poética deliciosa e terna do seu sentir maravilhoso.
    Todo o carinho e ternura para si e pelo que concebe de cristalino, lindo e puro.
    Excelente!
    Beijinhos pela honra da sua preciosa amizade.
    Com respeito e admiração constantes.

    pena

    OBRIGADO.
    Linda.

    ResponderEliminar
  55. Quanta emoção e beleza expressam estes versos tristes!
    E como sempre, lindo poema!
    Bjs

    ResponderEliminar
  56. Querida Rosinha
    Os teus poemas são sempre lindos.
    Não sei porquê... este comoveu-me particularmente.
    "Ave magoada...perdeu as asas..." - mas não perdeu a inspiração, para nosso deleite.

    Continuação de boa semana. Beijinhos

    ResponderEliminar
  57. Oi amiga, to de volta...hehehehe! Consegui encontrar nesses bares da vida, sentada num cantinho, palida e triste, a minha inspiração.
    Tomava um martine, e fumava um cigarro, nos olhos uma tristeza indolente lhe deixava a face vazia. Um barzinho mais ou menos, onde o cantor alcoolizado de olhos vermelhos cantava, Não se váaaaaa!. Quando ela me viu, do canto dos seus labios vi surgir um quase sorriso sabe? Daqueles que querem ,mais não querem sorrir?...Tirei ela dali, pelas mãos, a levei pra ver o mar, pra voar, pra sentir o gosto doce de um beijo e o sabor ardente dos desejos.
    Aquela mulher que antes parecia farrapos voltou a se iluminar, jogou o copo fora, apagou o cigarro e voltou pra mim. Estamos nós duas lá no Meu Aconchego.
    Te espero, por lá tá?
    Bjos achocolatados

    ResponderEliminar
  58. Hoje minha visita é para anunciar
    uma novo circulo de minha vida.
    Continuarei com as homenagens
    que é a razão do blog (A VIAGEM)
    A imagem escolhida por mim no novo visual
    tem tudo a ver com o futuro, não só do blog,
    mas da surpresa que a qualquer
    momento será anuciada no blog.
    Hoje sou parte da vida de cada
    pessoa amiga e tão amada por mim,
    também sou membro do Clube dos Novos Autores.
    Com muita alegria convido você a paricitipar com
    todos nós do clube também.
    Minha Viagem prossegue amando e acarinhando todas
    minhas lindas amizades.

    Deixando um pedido muito importante para mim.
    Eu não estou deixando vocês ,
    E sim, entrarei na casa de cada um de vocês.
    Conto com o carinho de sempre em meu blog,

    Esteja comigo como sempre estiveram
    Deus estara com você e comigo.
    Segure nas mãos de Deus e na minha e vamos nessa
    Deus já abençoou.
    Com carinho da afilhada.
    Evanir
    20 de Outubro

    ResponderEliminar
  59. Amiga vim trazer uma luz para nossas noites..

    .gritei ao mundo a minha agonia
    Anoiteci só e acordei vazia...sem mim sem vida e sem norte

    Uma expressão que tantas vezes a morte em vida experimenta sem ver este norte que seria nosso porto seguro.

    Poetiza vc é esplendorosa em sentimentos e letras.

    Um grande beijo minha linda

    Rachel Omena

    ResponderEliminar
  60. Rosa

    Deixo meu beijo e meu carinho.
    Nada mais...porque tu me deixas sem palavras com a tua dor.

    Luar

    ResponderEliminar
  61. Um poema que se sente dorido, sofrido, como se fosse uma súplica.
    Gostei muito, apesar deste sentimento que me acompanha agora.

    Obrigada, Rosa, pela sua visita.
    Beijinho
    Ana Sofia

    ResponderEliminar
  62. Há voos rasantes, onde a vida se prende aos galhos das árvores. Doridos, sofridos...
    Díficil é proteger as asas, até ser manhã e poder voar alto de novo.

    A tua poesia tem a força e o ritmo do bater das asas.

    Um beijinho com muito carinho, para ti.

    ResponderEliminar
  63. Rosa, minha amiga querida!
    Tua sensibilidade transborda em teus versos! E encanta!!!
    Beijos, muitos!

    ResponderEliminar
  64. Um final de semana repleto de poesia, amor e muitos versos de paz...beijos e beijos.

    ResponderEliminar
  65. Rosa, vim conhecer-te e o teu trabalho poético, através da nossa querida Isa e as suas tradicionais quintas-feiras com os Amigos.
    Parabéns! Gostei de coração! Beijos!

    ResponderEliminar
  66. Aproveito o ensejo para aderir ao teu site.
    Belo final de semana!

    ResponderEliminar
  67. Amiga e poetisa do Monte da Lua!

    Vestes cada poro com as angustias da solidão, dos caminhos espinhosos, das noites longas que moram no lado escuro da lua.
    Mas teu coração pulsa amor, carinho, ternuras mil.
    Por mais que penses despir-te de ti, nunca a mulher sensível te abandonará.
    Se ferida e de coração dorido caminhas, respiras vida e a ofereces em poesia. Grato por a partilhares.

    Com carinho, recebe meu kandando amigo.

    ResponderEliminar
  68. Quando não nos sentimos amadas...quando a vida por algum motivo parece ter-nos abandonado, sentimos-nos assim...vestidas de noite...olhar adormecido...uma ave sem asas, triste...sem poder voar; acontece muitas vezes a toda a gente...sentir-se perdida...sem rumo...muito magoada. Despiste-te de ti, mas de certeza que amanhã, com um novo começo vais encontrar as tuas vestes, peça por peça e elas se encaixarão com perfeição. Vai-me acontecer a mim...a ti e a todos os que, um dia ou outro se sentem assim...desiludidas, despidas de tudo. Triste, mas belo este poema. Beijinhos e um bom fim de semana
    Emília

    ResponderEliminar
  69. querida sonhadora,
    quantos sonhos nos vestem silêncios? quantos desejos nos roem os vazios?
    ainda assim, todas as noites se fecham em alvorada.
    beijinho!

    ResponderEliminar
  70. Voas nos sonhos, voarás sempre e não perdeste as asas.

    Beijo

    ResponderEliminar
  71. Nostálgico, profundo... saudoso...

    Lindo, parabéns!

    ResponderEliminar
  72. Oi amiga Sonhadora

    Passei para reler seus versos e deixar pra vc o desejo de um bom fim de semana.
    Beijinhos

    ass: Talita

    ResponderEliminar
  73. Ola tudo bem???Espero que sim.

    Mas aproveito para lhe convidar a vir comigo aqui e ver quem esta omigo.
    http://sandrarandrade7.blogspot.com
    Carinhosamente
    Sandra

    ResponderEliminar
  74. Dia de dizer : Bom dia e feliz fim de semana.

    Beijinho
    Ana Sofia

    ResponderEliminar
  75. Bela Rosa perfumada triste e desencantada...as tuas quadras hão-de ficar como testemunho do trágico e doce fado ...a viva alma portuguesa...

    Beijinho nas tuas pétalas

    ResponderEliminar
  76. Mto bom... Mto mesmo... Tuas palavras fatiam a alma com uma simplicidade cirúrgica e as expõem com tranquila dignidade.

    PS: Por alguns momentos me vesti com o teu despir...

    ResponderEliminar
  77. Amada Fraterna Miga Inesquecível:

    rompendo sábado esse te lendo absorvendo e sentindo, é tudo, merci pela partilha!

    bzuz

    viva la vie!

    ResponderEliminar
  78. Seremos sempre nós, essência, com qualquer roupagem.

    Beijos, querida.

    ResponderEliminar
  79. Minha querida amiga.

    Profundamente belo e impregnado de sonho e tristeza.

    Afinal o que é a vida senão tudo o que sentes?

    Desejo-te um feliz fim de semana, deixo um abraço amigo e beijinhos.

    Janita

    ResponderEliminar
  80. Querida Sonhadora


    Um despojamento que nos toca na alma, de uma ave que terá perdido as asas mas não a sensibilidade e a inspiração.

    Beijinhos e bom fim-de-semana.

    Olinda

    ResponderEliminar
  81. Querida Sonhadora


    Um despojamento que nos toca na alma, de uma ave que terá perdido as asas mas não a sensibilidade e a inspiração.

    Beijinhos e bom fim-de-semana.

    Olinda

    ResponderEliminar
  82. Olá sonhadora,
    A noite tanto pode ter o amor como a solidão, a dor ou a pixão...E cada noite é única...

    Beijinhos
    Alex

    ResponderEliminar
  83. Minha querida amiga,
    As tuas palavras são melodia, são um autêntico canto... doridas e feridas pela amargura de um sentimento tão intenso quanto esse amor que um dia tivemos de silenciar dentro de nós, ainda que esse mesmo amor continue aqui a palpitar sem parar...

    Como eu sinto este teu silêncio, esta dor, este (des)amor...

    Beijinho com muito carinho

    ResponderEliminar
  84. Nostálgia, dor e tristeza em versos que tocam a nossa alma.
    "A poesia é a música da alma, e, sobretudo, de almas grandes e sentimentais." (Voltaire)
    Amiga Rosa, bom domingo
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
  85. Minha querida Rosa, teus versos são tecidos pelas lembranças de um coração que vibra em amor... Lindo teu poema minha amiga... És feita de ternura...
    "Sou pedra dura e sou cardo...perdida entre caminhos agrestes
    Rosa entardecida...resto de sonho sem vida...ocaso da madrugada"...

    Um bom domingo! Beijos, Rosana

    ResponderEliminar
  86. Querida Rosa

    Versos tão sentidos, há beleza na dor. Tal qual o fado!

    Beijos!

    ResponderEliminar
  87. Bom dia, Sonhadora. Agradeço pelo seu carinho no meu blog e para comigo.
    A sua poesia é de extrema qualidade, triste, mas perfeita ao que se propõe.
    Todas as suas poesias são belíssimas, todas fortíssimas!
    Parabéns!
    Um beijo na alma, e fique com Deus!

    ResponderEliminar
  88. quanta solidão
    que tristeza guarda
    em seu coração
    lindo domingo
    bjão

    ResponderEliminar
  89. Rosa ser poeta é ser asssim.
    Ter o dom de escrever tão lindo, e tão profundo.

    Beijo minha querida e parabéns!
    Bom domingo

    ResponderEliminar
  90. Rosa

    Um gemido de desprendimentos, pleno de verdades sofridas.
    Algo de abandono e tristeza e notória falta de Esperanças.


    Beijos

    SOL

    ResponderEliminar
  91. Um belo poema comovente e triste. As vezes é necessário caminharmos despidas assim para nos encontrarmos depois, vestidas de amor e descobertas.
    Montão de bjs e abraços

    ResponderEliminar
  92. Querida, me junto a ti neste hino de amor e dor.
    "Sou a lua solitária...triste e louca sonhadora dos sonhos perdidos
    Ave magoada...perdeu as asas...prendeu o voo...",
    mas a vida há de florir outra vez.
    Tenha um domingo encantador e feliz.Bjs Eloah

    ResponderEliminar
  93. Boa tarde querida amiga....

    Triste poesia, sinto dor na escrita e lágrimas salgadas em todo o poema...
    Mas... apaixonante, magnífica leitura onde viajamos ao ler cada palavra e sentimos o sentimento brotar em cada vírgula.

    beijos nossos com enorme carinho

    delicioso domingo

    Flor de Sal & Tatuagem

    ResponderEliminar
  94. Um belo domingo e uma semana repleta de carinho, paz e muita poesia pra ti minha amiga querida...beijos e beijos.

    ResponderEliminar
  95. Teu cansaço nos embala e a tua solidão produz estes versos lindos que embelezam a nossa vida!
    bjussssssssss

    ResponderEliminar
  96. Boa tarde amiga Rosa, passei para agradecer a sua visita e suas sempre amáveis palavras, ao mesmo tempo desejar para você um excelente domingo.
    Um beijo
    Eduardo.

    ResponderEliminar
  97. UMa semana cheio de alegrias, amor, paz e carinho amiga, vc merece-os.

    beijooo.

    ResponderEliminar
  98. Que maravilhosa tua poesia que remete às delicadezas da alma...
    Lindo, lindo!!!
    Beijo amiga querida..poeta tão linda e sonhadora!!
    Bea

    ResponderEliminar
  99. Amada amiga

    Tristes mas... belissimo poema!
    Sabe que amo estar aqui e ler-te, é claro que ultimamente apareço mais aqui pelo outro blog mais sempre a deliciarme com o sabor de tua escrita.

    beijos em teu lindo coração
    sua rosa amiga
    Iana!

    ResponderEliminar
  100. Dizes que és cardo mas sabes transpor para os versos a doçura e a beleza das rosas.

    Beijos, minha querida!
    Inês

    ResponderEliminar
  101. Lindo, melancólico e profundo!
    Teus versos é quase o outro lado de nós mesmos e como estar nos teus versos e saber-te poesia.
    Lindo querida!
    Beijokas doces e uma boa semana!

    ResponderEliminar
  102. Olá Sonhadora. Preciso de ausentar-me uns tempos. Obrigado pelo carinho! Beijos António

    ResponderEliminar
  103. OI SONHADORA!

    MUITO TRISTE TUA POESIA, UMA ALMA EM DESESPERO,NA CERTA POR UM AMOR ACABADO.
    http://zilanicelia.blogspot.com/
    ABRÇS

    ResponderEliminar
  104. Eu tenho uma necessidade muito particular de me libertar de certos sentimentos, de me separar de situações, emoções que não consigo compreendê-las, e a cada vez que faço isso, sinto-me preparada para receber o novo de novo, outras situações, sensações, emoções; dar lugar ao que nao pode chegar por não ter espaço para entrar... O teu poema me fala de saudades, de perdas, e de decisões, e nele revi-me e por isso mesmo a ratificação da (minha) libertação, ainda que doa....

    Abração e ótima semana!

    ;)

    ResponderEliminar
  105. Minha jóia, por emquanto parece que está a correr tudo bem e é isso que importa: absorver um dia de cada vez. Obrigada pelas tuas palavras.
    Teu poema é lindo...mas não seixes "morrer os sonhos"..
    T abraço.
    BShell

    ResponderEliminar
  106. Olá Rosa querida!!

    Passando para agradecer a sua visita, que sempre me deixa muito feliz...e te desejar uma ótima semana!

    Grande beijo!

    Reggina Moon

    ResponderEliminar
  107. És tudo e és nada...eu sei e sinto.

    Deixei um último poema e uma espécie de "Adeus", mas sem ser adeus...uma partida talvez... para muito longe...donde espero voltar.

    Mas como nada sei...e o momento é complexo, eu deixo uma explicação que
    nada explica...tal como eu sou... tão perto e tão longe de tudo...

    Te espero, mais uma vez!...

    Lindos teus versos, nostálgicos, tristes, mas belos.

    Mª. Luísa

    ResponderEliminar
  108. Encantador poema, como sempre, escreves com maestria!

    Beijos

    ResponderEliminar
  109. Sempre que leio você saio encantado, e não importa se uma ou muitas vezes!

    Um beijo enorme e um ótimo inicio de semana!

    Estou esperando por você no Alma!

    ResponderEliminar
  110. O poeta é infinito para sentimentos, beijo Lisette.

    ResponderEliminar
  111. Que texto formidável! Até de solidão se faz belos versos.Me identifiquei muito com seu blog. É maravilhoso, me tornei seguidora, claro! e deixo meu link para que conheças meu blog, e se gostar me siga também, me sentirei honrada. Voltarei mais vezes por aqui. Luz em sua vida! beijo.

    http://rose-sousacoracaodefera.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  112. ROSITA

    estou a preparar livro de poesia.
    Cantar àfrica

    agora deixo para ti e peço resposta..
    Dia 11 de Dezembro tenho Almoço de Natal Em Talaíde-Oeiras restaurante o Areias Almoço Buffet 10 euros com bolo e Champanhe. terei o meu livro para apresentar

    adorava ver-te lá
    diz-me alguma coisa... beijos

    beijosssssssss

    ResponderEliminar

Amigos são velas acesas ao fundo da escuridão
alumiando o caminhode volta...a presença doce e
serena numa noite de tempestade...são o abraço
suave da vida...palavras ditas muitas vezes em
silêncio aquecendo a alma e o coração.

Um beijinho carinhoso a todos que por aqui passam.
Sonhadora