BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS

sexta-feira, 6 de setembro de 2013

Caminho sem mim...


Caminho sem mim na tarde que agoniza...na noite que me espera e como um amante me enlaça...doce e gélida como as paredes brancas deste quarto onde apenas o meu corpo habita...só o meu corpo porque a minha alma já partiu na procura de uma eternidade silenciosa onde me deite e adormeça serenamente.
Caminho lentamente na quietitude deste Outono por entre as cinzas da memória...uma sombra perdida no escuro como uma voz sem eco...um olhar sem luz...perdido num horizonte de dor e solidão onde guardei toda a ternura das noites insones onde o amor não amanheceu.
Caminho sobre os meus sonhos bordados com a pálida luz da ilusão e rasgados em noites de penumbra onde em silêncio espero talvez o sorriso das cinzas que cobrem o meu corpo e comigo adormecem como fantasmas que se esfumam no ar como se fossem farrapos dos meus sonhos...pedaços adormecidos de mim.
Caminho no fundo do tempo por entre as sombras que me prendem à terra onde vou apagando os meus passos e morrendo tanta vez em cada passo que dou...em cada folha amarelecida que piso como se pisasse a vida...como se caminhasse sobre o abismo.
Caminho lado a lado com o silêncio na noite inesgotável e infinita que se deita sobre o meu corpo num gemido magoado como se fosse uma melodia de amor...um breve momento em que parto de mim e voo como se tivesse asas...como quem procura um céu onde repousar apenas por um instante...como se as nuvens fossem lençóis de rendas onde queria deitar o meu corpo para uma noite de amor...como se o tempo fosse eterno.
Caminho como se me procurasse por entre a bruma...num lugar perdido dentro de mim...um lugar árido e frio como as flores moribundas que carrego no meu corpo sem uma gota de amor para sobreviver...sem um pedaço de ternura para me aconchegar...sem um afago que me deixe enfim adormecer nesse céu longínquo para onde desejo voar.
Caminho por entre pedras pontiagudas e giestas bravas como se caminhasse distante de mim... como se me libertasse da minha alma...como se procurasse o meu próprio rosto...como se não sentisse o meu corpo...como se o meu coração tivesse parado e dos meus olhos se desvanecesse a luz e apenas a escuridão iluminasse esse caminho por onde quero seguir até encontrar o lado de lá da vida...o lado final do tempo onde o céu é infinito e tudo o que me vestiu será eternidade.

136 comentários:

  1. Olá querida sonhadora, boa noite!Não tenho palavras para expressar a grandeza de seu poema, que coisa mais linda, mais sublime e ao mesmo tempo triste demais...Caminhar sem mim,"um breve momento em que parto de mim e voo como se tivesse asas...como quem procura um céu onde repousar apenas por um instante" M A R A V I L H O S O!Parabéns pelo Dom maravilhoso que Deus te deu.
    Beijos com muito carinho
    Marilene

    ResponderEliminar
  2. Rosa minha poeta divina e preferida, não dá para citar trecho específico do teu poema, pois ele é todo maravilhoso, tu consegues nos envolver e encantar a cada verso, como se caminhassemos ao teu lado sentindo tuas dores, chorando tuas lágrimas sofrendo junto contigo.... demais. Um beijo grande.

    ResponderEliminar
  3. Oi Rosa
    Meu Deus! Nunca vi ninguém escrever contos tão lindos como os seus.
    Parabéns
    Amanhã eu vou postar como era a primavera na minha cidadezinha
    Não perca, você vai gostar. Não é como o seu, mas é o que posso fazer.
    Estou deslumbrada
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  4. Lindo, como sempre!
    Só agora voltei, depois de um tempo ausente da blogosfera, para me atualizar nos blogues que gosto. Bjs

    ResponderEliminar
  5. Lindíssima e com sempre com a intensidade aliada à beleza, tua marca! beijos, lindo fim de semana! chica

    ResponderEliminar
  6. Os tes olhos mê amori
    Como duas rodas dum carro ele via
    Obrigado pelo belíssimo poema
    Amiga Rosa Maria

    "Nesse caminho sem mim"
    A Sonhadora, por ele segue
    Encontrou num lindo jardim
    A felicidade e a alegria que bem merece.

    Junto de uma flor amarela
    Para alegrar a gente
    Escreveu esta poesia tão bela
    A olhar para ela silenciosamente!

    Para assim escrever
    Nunca é demais a imaginação
    Muita inspiração ter
    Como a amiga Rosa Solidão!

    Amiga Rosa Maria, desejo tudo de bom para você,
    bom fim de semana e um beijinho.
    Eduardo.

    ResponderEliminar
  7. oi minha amiga,

    lindo demais,
    adoraria que as nuvens fossem rendas e o tempo fosse eterno também...

    beijinhos

    ResponderEliminar
  8. Um caminho de encontro com um dos diversos seres que habita em nós.

    ResponderEliminar
  9. LINDO E SONHADOR COMO ESTA ROSA SONHADORA!!!

    1 BEIJINHO BOM FIM DE SEMANA!!!

    LÍDIA

    ResponderEliminar
  10. Que bom poder seguir consigo nesse maravilhoso encadear de palavras e sentimentos...obrigada!
    beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
  11. Olha!!! sonhar assim, viajar nas suas palavras é uma delicia!!!
    Adorando tudo, gostando demais!
    bjs e excelente final de semana
    Ritinha

    ResponderEliminar
  12. Minha querida , o teu caminhar é sempre magoado mas a tua alma tem sempre" sonhos bordados" e isso transmite uma beleza sem igual ao que escreves.

    És sublime

    Bom fim de semana

    Bjgrande do Lago

    ResponderEliminar
  13. Caminhar por entre a vida e a ausência de vida...
    Colocar palavras num sentir triste...
    de um presente e um futuro...
    Saber o que faz com que escreva
    desta forma é impossível...
    É sempre tão belo e tão trágico...
    Me curvo perante a grandeza da sua
    poesia.
    Bj.
    Irene Alves

    ResponderEliminar
  14. Linda demais Rosa Maria!
    Suas palavras,expressam tudo que está dentro da sua alma.

    Obrigada da visita e comentário

    bjs
    Carmen Lúcia-mamymilu.blogspot.com

    ResponderEliminar
  15. Poetisa de além mar

    somente tu para estes devaneios...estas loucuras...ESTA BELEZA.


    abraços na alma

    ResponderEliminar
  16. Rositamiga

    Caminho seguindo-te as pegadas que deixaste na areia molhada, enquanto as ondas vêm morrer lentamente nesta beira que também é minha, sem que a possa agarrar, pois escorre-me entre os dedos.

    Caminho embriagado pela voz da grande Amália que tão generosamente me (nos) proporcionas, porque sou amante do fado - que até já cantei quando puto.

    Caminho ainda para te agradecer a visita e o comentário que deixaste lá na minha Travessa que, a partir de agora, também é tua.

    Gostei tanto do teu blogue, pois, além de estar muito bem feito, defendes o combate ao plágio; bué da fixe: pelo menos... somos dois...:):):)

    E vou já colocar-te nos meus BLOGUES MAIS FIXES

    Qjs = queijinhos = beijinhos

    Henrique

    ResponderEliminar
  17. SIEMPRE ME CONMUEVEN TUS TEXTO.
    BESOS

    ResponderEliminar
  18. Procura-se...encontra-se...despedimos-nos de sombras e reencontramos as cores...
    Caminha-se sempre ao encontro desses sonhos que não devem morrer...
    Obrigada pela visita
    Beijos e abraços
    Marta

    ResponderEliminar
  19. Oi, Sonhadora! Fiquei sabendo que roubaram seus poemas outra vez. Não é de se admirar que as pessoas se enamorem de seus lindos versos, mas plagiar é muito desrespeito. Ainda bem que você não se deixou abater e continua escrevendo e postando. Beijos!

    ResponderEliminar
  20. Rosa-Sonhadora,
    muito belo o poema! O que não me surpreende, pois sempre é belo tudo que leio de ti!

    A busca de um ser pleno em si mesmo, em uma alma que perambula ao encontro do que pode estar muito perto, o seu próprio âmago a se completar em outras faces, sorrisos, vidas.

    Grande beijo e ótimos dias!

    ResponderEliminar
  21. Um caminho doloroso amiga Rosa, mas pleno de vivências e amor.

    Beijinho comovido

    ResponderEliminar
  22. Olá!Boa tarde
    RosaMaria
    Lindo e tão profundo sentimento e inspiração!
    ...podemos seguir qualquer caminho em nosso roteiro de vida ,todavia, cuidamos nós de examinar sempre o caminho para que ele só não nos conduza à infelicidade , solidão e ao desespero.
    No avanço para a luz, pode ocorrer a necessidade de termos que caminhar no escuro como experiência inevitável, mas não podemos deixar a chama se apagar no velador...assim só sentiremos a escuridão da dor...
    Agradeço pelo carinho!Minha admiração!
    Belo final de semana
    Beijos

    ResponderEliminar
  23. OI ROSA!
    TEU TEXTO, COMO TODOS QUE ESCREVES, TRAZEM ESTA NOSTALGIA, QUE NOS ENCANTA. CONSEGUES CAPTAR A BELEZA NA TRISTEZA E A PARTIR DAÍ TECES TEUS TEXTOS COM TODA A MAESTRIA QUE TE É PRÓPRIA.
    ADORO TEUS ESCRITOS E EMBARCO NA VIAGEM POÉTICA QUE NOS PROPORCIONAS.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  24. Sinto sempre uma certa comoção ao vir até aqui.....mas hoje a atenção foi redobrada, pois a querida Amália sussurrou-me ao ouvido o tempo todo...
    BFS
    Beijo

    ResponderEliminar
  25. Caminhar por todas as emoções com esta magia que lhe faz poetisa a transformar dor/amor em beleza unificada.
    Caminhe Rosa sobre estas folhas secas, que preparam a Primavera.
    Caminhe Rosa com todas as glorias de quem se sensibiliza com cada folha que cai.
    Sempre uma construção magnifica.
    Meus aplausos sempre amiga.
    Lindo fim de semana com alegria e paz no coração.
    Um beijo de paz amiga.

    ResponderEliminar
  26. Bela e intensa poesia ,Rosa, caminhar com o silêncio é sublime! Beijos.

    ResponderEliminar
  27. Querida RosaMaria! Seus escritos calam fundo n'alma...são um encontro com o lado de todos nós que nem sempre mostramos ao mundo, uma parte de nosso coração que anela pela liberdade e se enfara com a pequenez da vida mundana, buscando horizontes amplos onde possa respirar e viver a vida verdadeira dos seres eternos.
    Um grande abraço! Feliz final de semana, amiga.

    Bíndi e Ghost

    ResponderEliminar
  28. EXCEPCIONAL TEU BLOGUE.....TAL COMO A INTENSIDADE DE TUA POESIA..........
    BJINHOS AMIGA!
    GUI

    ResponderEliminar
  29. Rosa teu belo texto muito emociona, ah às vezes temos vontade de fugir de nós mesmas e ir a procura de quem já não está aqui, mas quem somos nós para querer isto ou aquilo, a vida vem e nos carrega não nos dando opção, ou vive ou vive, então vamos lá a batalha continua e temos que fazer parte para um dia finalmente voar livre com merecimento, beijos Luconi

    ResponderEliminar
  30. Amiga Sonhadora!
    Que lindo e profundo poema!
    ...um breve momento em que parto de mim e voo como se tivesse asas...
    Um ótimo fim de semana e beijinhos!

    ResponderEliminar
  31. Que poema sublime. Lindo, intenso e inesquecível. Entrou na minha lista de favoritos. Parabéns pelo seu dom. Tu és uma autêntica poetisa. Beijos.

    ResponderEliminar
  32. Minha querida Rosa Maria, mais um poema cheio de beleza, na subtileza de uma alma cansada, evoluída com aspirações muito próprias que só um poeta conhece.
    Adoro ler-te, e tu sabes disso!!

    Beijinho e bom fim de semana minha querida amiga!

    ResponderEliminar
  33. Olá Rosa! Mais uma vez, aqui me faço presente para apreciar mais uma das tuas belas e profundas criações.

    Beijos e um ótimo final de semana pra ti e para os teus.

    Furtado.

    ResponderEliminar

  34. Rosa querida,

    Suas linhas são sempre muito intensas, mas este 'caminhar' é pura emoção. Há momentos na vida em que encontrar um céu onde repousar por alguns instantes é tudo que desejamos. Ainda bem que nossa alma tem o poder de fazer este voo.

    Belíssimo.

    Ótimo final de semana.

    Beijo.

    ResponderEliminar
  35. Intensamente belo !

    Um beijo grande , Rosa Maria , e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  36. Você sempre me envolve com seus palavras, com seu poetar, com seu escrever com a alma.
    Você é simplesmente divina querida Rosa Maria.
    Eu adoro ler você.
    Grande beijo no coração amiga querida e lindo final de semana

    ResponderEliminar
  37. Bom dia ,bom final de semana!
    Simplesmente,divino um belo escrito
    adorei como sempre..

    Abraços com carinho
    De um feriado feliz..

    └──●► ¸.·*´¨) ¸.·*Rita!!

    ResponderEliminar
  38. Te ler é bom demais no final nem sei o que dizer simplesmente adorável...perfeito!!!

    ResponderEliminar
  39. Boa tarde

    Texto/Poema maravilhoso de arte e beleza

    Tomo a liberdade de desejar um fim de semana muito feliz, onde a Saúde, a Paz e o amor, estejam presentes
    ************************
    Querendo, visite(m)
    http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  40. Um caminhar sofrido, onde a alma já partiu.
    Beijo

    ResponderEliminar
  41. "um olhar sem luz...perdido num horizonte de dor e solidão onde guardei toda a ternura das noites insones onde o amor não amanheceu."

    Há amores que não amanhecem mesmo...

    Maravilhosas as suas palavras, Rosa.

    Beijo.

    ResponderEliminar
  42. O caminho é melancólico, mas sua sensibilidade para descrevê-lo é intensa e bela. Grande beijo!

    ResponderEliminar
  43. Boa Noite, amiga Rosa Maria

    Seu texto está maravilhoso.

    O caminhar na melodia de Amor, um caminho que procura para o refúgio, na incansável busca do Amor.

    Profundo e cheio de emoções.

    Bjs linda amiga. Fica na luz do caminhar.Nati

    ResponderEliminar
  44. Olá, Rosa. Belissimo!! Muita emoção! Admirável a forma de escrever, nos prende esse caminhar, essa busca do amor. Obrigada amiga por partilhar! Adorei sua visita. Bjos!

    ResponderEliminar
  45. Excelente narrativa ! Muito lindo esse caminho !

    ResponderEliminar
  46. O caminho nem sempre é fácil, mas temos que continuar a caminhar, porque parar é morrer...
    Mais um excelente texto poético. Gostei muito.
    Rosa Maria, minha querida amiga, tem um bom domingo e uma boa semana.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  47. Querida Amiga Rosa

    Seja como for, a vida deverá sempre ser tecida, como se procurássemos a eternidade. A viagem pela tua poesia, com todas as nuances, sempre deixa essa abertura.
    Beijos de amizade

    ResponderEliminar
  48. ♪♫° ·.

    Muito inspirada e triste como sempre!!!
    Boa semana!
    Beijinhos do Brasil.
    ♪♫° ·.
    º° ✿✿ ·.

    ResponderEliminar
  49. Rosa, que vc tenha uma semana de muita paz e saúde, é amiga os seus versos são admiráveis, só um coração de muita sensibilidade é capaz de tanta criatividade e beleza,. Um abraço fraterno, Celina.

    ResponderEliminar
  50. Rosa,vim caminhar por aqui e encontro esta beleza de poesia!Sensibilidade e profunda melancolia nesses versos que só vc faz tão bem!Bjs e boa semana,

    ResponderEliminar
  51. Rosa, às vezes os caminhos são difíceis, mas importa caminhar, não é? Caminhando, chegaremos!
    Um beijinho, uma boa semana!

    ResponderEliminar
  52. Os caminho não são fáceis, muitas encruzilhadas nos surgem, no entanto vale sempre a pena caminhar.
    Belissimo minha querida amiga

    beijinho e uma flor

    ResponderEliminar
  53. Excelente este texto. Tão bonito que nem sei como comentar.
    Um abraço e uma boa semana

    ResponderEliminar
  54. Dona moça, porreta esse texto!

    O céu é o infinito e tudo ao amor será eterno, tem coisa melhor? Não tem né? Então, bom então... kkkkk

    Um texto sofrido por desejos do corpo a procura...

    Essa noite chegará! Ai o coro vai comer! kkkkkkkkkkk

    O Sibarita

    ResponderEliminar
  55. Oi querida,
    Você precisa editar um livro de contos e quero ser a primeira a comprar.
    Escreve como ninguém. É maravilhoso.
    Uma linda noite Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  56. caminhos tortuosos impregnados de nostalgia e quase mágoa...

    :)

    ResponderEliminar
  57. Suas asas são poderosas: voam através das paredes brancas e encontram um rosto iluminado, revestido de eternidade! Mais uma brilhante obra prima Srta, parabéns! abraços

    ResponderEliminar
  58. Olá Rosa!
    Suas palavras sempre deixando nossos dia mais doces.
    Tenha uma ótima semana.
    Com carinho

    http://femmedigital.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  59. não sei comentar o lado final do tempo

    entendo o desejo de eternidade


    um abraço, Rosa

    ResponderEliminar
  60. Oi, Rosamaria!
    Quisera sentir-me deitada em nuvens e na calma da bruma voar livre buscando o horizonte. Sua prosa é de pura magia!!
    Boa semana!!
    Beijus,

    ResponderEliminar
  61. Oi querida,


    Um caminhar solitario, doido.
    Cheio de dor e emoção. lindo demais

    Beijos

    ResponderEliminar
  62. Uma nostalgia poética e sem dúvida belíssima e grandiosa a tua inspiraçao, amiga!


    Beijos na alma e uma belissima semana de paz pra voce!

    ResponderEliminar
  63. Olá Rosa.

    Muito bonito. Apesar das sombras e da obscuridade, seguimos sempre num caminho que com tempo se torna iluminado.

    Beijos e obrigada pelo carinho,

    Cris Henriques

    http://oqueomeucoracaodiz.blogspot.com

    ResponderEliminar
  64. Querida Rosinha
    Que bom é caminha contigo na estrada do sonho mas...também da dor! Saudades e...voltei!
    Mil beijos.
    Graça

    ResponderEliminar
  65. Minha querida, definitivamente você escreve com a alma e as palavras vertem lindamente do seu doce coração.
    Sempre belas suas palavras... beijinhos,
    Valéria

    ResponderEliminar
  66. Querida amiga, lindo poema escrito com o coração. Beijokas

    ResponderEliminar
  67. Querida amiga Rosa
    Você me fez descobrir que nada na vida é mais importante do que uma amizade sincera e verdadeira. Os amores passam e os amigos ficam. Agradeço-lhe o carinho deixado em minha página enquanto estive ausente em viagem ao Rio de Janeiro. Você é uma pessoa única pois já nasceu especial. Adoro a sua amizade.
    Beijos recheados de saudade e muito carinho.
    Gracita

    ResponderEliminar
  68. Intenso e belo querida amiga.
    Um grande bj

    ResponderEliminar
  69. Olá Rosa, tdo bom?
    Vamos ao encontro amanhã no Colombo? Ahhh vamos???? Arejar um bocado a cabeça e conhecer mais amigas...
    Acho que vou de carro com o meu marido, vou pedir para ele levar, se quiseres vir comigo, diz alguma coisa oK?
    Bjokasss
    Fica com Deus!!!

    "A vida vale a pena ser vivida pelo simples fato de vc existir"

    ResponderEliminar
  70. Um caminho doloroso, mas imensamente belo.
    Este é o teu caminho minha amiga .

    beijinho com carinho

    ResponderEliminar
  71. Vinha apenas, juro, matar saudades mas não resisti.
    Andei, por aqui, perdido no encanto desta poesia, na tristeza das tuas palavras e na nostalgia dos teus pensamentos.
    O ultimo poema é dos mais belos que tenho lido.
    Querida Rosa Maria, obrigado pelo apoio!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  72. Olá Rosa Maria,

    Abraço muito grande, vim aqui ler e reler os poemas!

    ResponderEliminar
  73. Amiga!passando para te deixar um abraço...e te disser que o blog que eu gostaria que vc seguisse é o alma iluminada!ficaria feliz te te ver entre meus seguidores...seu link está lá!♥

    http://minha-alma-iluminada.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  74. .

    .

    . importa caminhar sempre . e sempre . e sempre . e ainda mais .

    .

    . importa mantermo.nos andantes . a caminho de uma ascese construtiva .

    .

    . um beijo meu .

    .

    .

    ResponderEliminar
  75. ¸.•°❤ ❤⊱彡

    ¸.•°❤ BOM FIM DE SEMANA! ❤⊱彡

    ResponderEliminar
  76. Tenho sempre dificuldade em comentar estes lindos poemas, são sublimes!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  77. Um caminho amargurado que percorres, mas que deixas o perfume das tuas palavras com tal intensidade que és simplesmente eterna.
    Hoje é o teu caminho, amanha é o meu...
    Beijinhos grandes Rosa maria querida

    ResponderEliminar
  78. Uma verdadeira viagem no mundo encantado da poesia...

    Um grande beijo!

    ResponderEliminar
  79. Olá, Rosa.

    Sempre nos brindando com seu magistral versar. A dicotomia espírito matéria e a atemporalidade dos anseios humanos.

    Um abração e um bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  80. OBRIGADO pela visita
    e comentário deixado no meu blog

    não queria mais uma vez
    lamentar-me

    no entanto, coisas boas
    não tenho para dizer...

    nem sei explicar
    parece-me de todo
    inexplicável e também
    impossível
    sentir que
    passaram 30 dias
    eu, em casa
    e nada de proveitoso fiz
    ...
    sem energia
    sem interesse
    sem motivação
    sem disposição
    ...
    estou prestes a regressar
    ao trabalho
    sem nenhuma vontade
    ...
    por obrigação
    ...
    o meu tempo
    não foi dedicado
    a nada
    desapareceu por entre
    os segundos e os minutos
    das 24h que o dia tem

    na poesia
    leio
    como o rolar do tempo
    e ter sempre tanto tempo para contar
    .
    o problema foi esse
    tive tempo
    e não o aproveitei
    .
    depois
    leio
    alguns
    dos comentários
    para outras pessoas
    .
    sempre que leio:
    És mais do que merecedor das amizades que tens!
    .
    dá-me uma pancada no peito
    sinto
    e penso:
    porque também eu não sou
    merecedora de amizades!

    sinto-me
    esquecida
    ignorada
    abandonada

    deixo-lhe um beijinho

    ResponderEliminar
  81. É impressionante como consegues de uma forma tão bela colocar em cada palavrinha o sentimento que brota a cada instante de uma alma carente, de uma alma a quem o amor fugiu, de uma alma em que as esperanças se foram, de uma alma que tenta a cada amanhecer renascer das cinzas. E quando uma alma, um coração se sentem vazios, sem a essência que é o amor, com certeza que dizem e gritam desesperados : " caminho sem mim " lado a lado com o silencio da noite, como as flores moribundas que carrego no meu corpo ".
    Fantástico, como sempre, Rosa e, como sempre muito triste. Um beijinho, querida amiga e um bom fim de semana
    Emília

    ResponderEliminar
  82. Rosita, este é o caminho dos fantasmas...isso, expulsa-os ! Beijinhos

    ResponderEliminar
  83. Rosa-Sonhadora, querida!
    Vim especialmente lhe agradecer pelas palavras em razão da minha parceria literária com o amigo Jorge Pimenta. Muito obrigada!

    Beijos e ótimo fim de semana!

    ResponderEliminar
  84. Boa noite, Rosinha!

    Como está?

    Não sei, não tenho a capacidade de, numa frase, resumir o que li.

    Tão intenso, quanto amargo e doloroso, mas ao longe, vislumbra-se/deseja-se uma luz, um céu, uma felicidade, que se quer, ETERNIDADE.

    Bom fim de semana.

    Um beijo, com estima e apreço.

    ResponderEliminar
  85. Querida Rosa,

    As suas asas são vestidas

    da eternidade de quem sonha,

    o seu voo poético nos

    proporciona a infinitude

    do belo e profundo sentir...

    Fiquei encantada neste belo

    voo que fiz aqui!

    Beijinho.

    PS:Grata pela sua meiga visita

    e volte sempre...

    ResponderEliminar

  86. Amiga sonhadora,

    caminhando sobre os sonhos, lado a lado com o silêncio... como a compreendo!!

    lindo como sempre.

    Beijinho
    Alex

    ResponderEliminar
  87. "Peguei" o teu caminho, segui o teu trilho e cheguei para te abraçar.
    O nosso abraço Rosinha!

    ResponderEliminar
  88. ola boa tarde vim lhe pedir desculpas pela a minha longa ausência e a minha falta de comparência foi-me impossível que tenha um fim de semana agradável beijinhos
    esta fabuloso o seu blog

    ResponderEliminar
  89. passos perdidos no tempo
    repassando na memória
    o que resta
    o que sobra

    Bjo.

    ResponderEliminar
  90. Rosinha, os caminhos têm tantas pedras!!...Mas mesmo quando os pé sangram, a alma chora e os olhos não descortinam a luz, caminhar em frente é preciso. A vida não tem volta é uma estrada que segue rumo ao ocaso, mas....Segue sempre em frente.
    Beijo imenso no teu coração

    ResponderEliminar

  91. O outono da vida, folha que perde o viço, talvez, mas ganha outras tonalidades douradas pela luz suave de um poente inevitável, mas não forçosamente triste.

    Beijo meu

    ResponderEliminar
  92. Minha amiga sempre escrevendo de forma intensa, sofrida, profunda e bela.
    Um beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
  93. Querida Rosa
    fotografia subtil,para ilustrar um texto sublime,mas angustiado,triste,pesaroso.Tudo dito com tão belas palavras,tão belas metáforas,tão belas figuras de estilo.
    Um estilo que é só seu e inimitável.
    Um estilo maravilhoso para se expressar,dizer o que sente,o que lhe vai na alma.
    Muitos parabéns pela forma como escreve.
    Tenha um óptimo domingo.
    Beijinhos da
    Beatriz

    ResponderEliminar
  94. Minha querida,
    sinto-me perdida no meio desta leitura tão intensa e bela, que é já a tua imagem de marca.
    Caminho difícil e doloroso esse que descreves, mas não serão essas vivências, uma parte da vida de quase todos nós? Que no fim surja a boa estrada, minha boa Amiga!

    Rosinha, gostaria muito que fosses ao meu blog. Tenho um Mimo/Prémio, que me foi oferecido e fazia gosto em partilhar contigo. Quando puderes passa por lá e depois faz como achares melhor.

    Beijinhos com carinho.

    Janita

    ResponderEliminar

  95. Minha querida amiga e Poetisa Rosa!

    Perdoe-me a longa ausência, mas perdi o HD do Meu PC, queimou. Logo fiquei um bom tempo sem poder postar e, contactar com você. Só agora Comprei um outro e voltei. Passando para visitá-la, Deleitar-me com as suas lindas poesias e, deixar o Meu Abraço e carinho.
    Um início de semana maravilhoso, com muita luz, Paz e Amor em seu coração, é o que desejo.
    Beijos de luz!!!!

    POETA CIGANO – 16/09/2013
    http://carlosrimolo.blogspot.com
    “Poesias do Poeta Cigano”

    ResponderEliminar
  96. Minha querida Rosa Maria...mais um belíssimo texto cheio de profundidade. Onde as imagens poéticas embora nostálgicas, são de uma leveza e suavidade que nos envolvem em aromas de pétalas esvoaçantes. Transportando-nos para um mundo onírico de beleza, onde o verbo é simplesmente ARTE!

    Beijinho grande SEMPRE!!!

    ResponderEliminar
  97. De uma grande sensibilidade, minha amiga.

    bjs

    ResponderEliminar
  98. Olá, querida rosa
    Pedras pontiagudas...
    A vida tem dessas coisas sim e a gente precisa desviar-se delas com esmero para não se ferir tanto...
    Lindo o texto poético!!!
    Bjm de paz e bem

    ResponderEliminar
  99. Sempre com paixão_ eu gosto de senti-la assim!
    abraços Rosa

    ResponderEliminar
  100. Minha querida poetisa, teus poemas continuam lindos como tua é tua alma.
    Um abraço, beijos.

    ResponderEliminar
  101. Mas não basta dizer que continuam lindos.

    "A quietude do Tejo te conduz.
    Tu é a imagem santa de Lisboa
    Dos fados gloriosos, naturais"

    ResponderEliminar
  102. Querida amiga

    Quando a alma tem fome de beleza,
    chegar aqui,
    sentir as palavras e o seu perfume,
    é encontrar o doce alimento da
    alegria...
    Alimento que me renova as energias,
    quando muito já silenciou pelos caminhos...

    A amizade é o alimento da esperança.

    ResponderEliminar
  103. Vamos lá tentar caminhar por... melhores caminhos.

    Tudo de bom.

    ResponderEliminar
  104. Trazido por mão amiga, aqui estou.
    Não me arrependo, antes pelo contrário.
    Nada mais tenho a dizer perante todos os comentários expostos.
    Voltarei

    ResponderEliminar
  105. Rosa Maria, querida amiga, passei para te desejar um bom resto de semana.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  106. Rosinha minha querida

    Mais um 'mimo esculpido' da tua alma... Uma tristeza de infinita beleza... um caminho sem fim numa estrada de solidão e compassos, onde sempre se encontrarão os abraços e os afagos que mereces...
    .......
    "Um caminho por entre pedras pontiagudas e giestas bravas"... "...como se me libertasse da minha alma"...
    "... talvez o sorriso das cinzas que cobrem o meu corpo e comigo adormecem como fantasmas que se esfumam no ar como se fossem farrapos dos meus sonhos... pedaços adormecidos de mim".

    Haverá coisa mais bela que estas tristes, profundas e intimistas imagens que saem dos recônditos do teu ser?
    ........
    Respondendo ao teu comentário no meu blog:
    - Já cheguei à conclusão que é muito difícil sepultar as mágoas e deixá-las seguir na onda do esquecimento...

    Eu quando escrevo tento sepultá-las um pouco no papel, por isso escrevo... para não as carregar nos ombros, pois são uma carga bem pesada...
    Nem todos os que nos lêem entendem porque a nossa poesia é tão triste e tão bela mesmo assim...
    Nós pertencemos a um povo outrora glorioso, mas que com todas as suas perdas e traições continua carregando as mágoas que não consegue se desenvencilhar e vai passando de geração em geração...

    Daí o FADO ser a canção nacional e o nosso Destino segue tendencioso a carregar as mágoas que nos legaram.

    Também como temos a nossa querida Florbela de permeio... ela mais que ninguém carregou as suas mágoas e nos deixou por legado nos seus magníficos poemas.

    Tal como tu, sempre que leio mais um dos teus extraordinários e tristes poemas, me transporto aos meus 'desabafos de alma'...

    Mas a vida nos presenteia sempre com uma nova etapa... o que importa é desabafar e a vida continuar.

    Mais uma vez deixo um beijo carinhoso no teu coração que segue pelo Caminho que traçaste e... 'onde o céu é infinito'...
    Anna

    ResponderEliminar
  107. Belo poema, gosto muito da sua poesia. Ela me deixa pensativo e confortável! Beijo

    ResponderEliminar
  108. E que reconfortante é termos o poder de deixar a alma vagar e fortalecer...

    As suas palavras tocam-me sempre.
    Beijinho Rosa
    cecilia

    ResponderEliminar
  109. os nossos caminhos e os pequenos trilhos anónimos da eternidade.

    saudades, sonhadora. beijinho!

    ResponderEliminar
  110. Olá,

    Passei para ler mais alguns poemas e desejar um bom Domingo!

    Abraço grande

    ResponderEliminar
  111. Amiga Sonhadora!
    Passei para te desejar um bom domingo!
    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  112. Olá, Rosa. Passando para desejar um feliz domingo! Estamos començando a primavera. A mais linda das estações! Saudades!! Deixo meu carinho e flores para vc. Bjos!

    ResponderEliminar
  113. Minha amiga passei para desejar um bom restinho de domingo e uma boa semana.
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
  114. Boa noite, Rosa
    Vim agradecer ter-se feito minha seguidora, com o que muito honrou o meu humilde espaço.
    Obrigado!

    Também me fiz seu seguidor, retribuindo a sua gentileza.

    Gostei dos seus poemas, amei a música de fundo, pois adoro Fado.

    Um beijo
    Miguel

    ResponderEliminar
  115. Muitos lindos, reflexivos e tristes seu conto..Parabéns!!
    Abraços.Sandra

    ResponderEliminar
  116. LIndo, lindo, Rosa Maria. É só esperar um pouquinho, o sol voltará a brilhar dentro de sua alma. Terno abraço!

    ResponderEliminar
  117. Adorei o texto, adorei o blog *-*
    Estou a segui-la

    Forte abraço.

    ResponderEliminar
  118. Lindo olhar tendo a vida como caminho de aprendizado, os seus poemas são de imensos significados. Um abraço, Yayá.

    ResponderEliminar
  119. Ao passar pela net encontrei seu blog, estive a ver e ler alguma postagens
    é um bom blog, daqueles que gostamos de visitar, e ficar mais um pouco.
    Eu também tenho um blog, Peregrino E servo, se desejar fazer uma visita
    Ficarei radiante,mas se desejar seguir, saiba que sempre retribuo seguido
    também o seu blog. Deixo os meus cumprimentos e saudações.
    Sou António Batalha.

    ResponderEliminar
  120. Bom dia Sonhadora,lindíssimo blog!
    Lindo poema parabéns beijinhos.

    ResponderEliminar
  121. Oi, Rosa. Passei no recanto dos autores e gostei muito da sua entrevista! Muito bom conhecer um pouquinho mais de vc e familia. Adorei Rosa!! Vc é nossa querida amiga sonhadora em defesa do amor e da justiça... obrigada por partilhar! Adorei seu convite! Mesmo em atraso passei por lá. Beijinhos e carinho sempre!!

    ResponderEliminar

Amigos são velas acesas ao fundo da escuridão
alumiando o caminhode volta...a presença doce e
serena numa noite de tempestade...são o abraço
suave da vida...palavras ditas muitas vezes em
silêncio aquecendo a alma e o coração.

Um beijinho carinhoso a todos que por aqui passam.
Sonhadora