BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS

sábado, 26 de janeiro de 2013

Mergulho em mim...


Mergulho em mim como se fosse o rio que percorre os meus medos...as minhas alegrias...as minhas tristezas...um mergulho no abismo onde não me consigo encontrar...num labirinto a que não consigo dar nome...num caminho entre o consciente e o inconsciente...entre o vazio e o nada.
Neste mergulho em mim...abracei o tempo esquecido e voltei aos lugares onde a esperança era um campo de papoilas...o meu corpo tinha ânsia de viver e cheiro de madrugada...os meus sonhos tinham asas douradas e o silêncio era uma suave melodia...um doce adormecer na noite perfumada de mistério onde me sonhei menina vestida de tempo.
Neste deambular errante...nesta saudade de mim tombou sobre o meu corpo a última gota de orvalho...sobre os meus olhos desceu a noite imensa e fria onde queimei os últimos sonhos...todas as certezas e todas as mágoas num travo amargo de silêncio...cinza esmorecida da menina que fui...ilusão da mulher que sou...na flor que se fez pedra parada por dentro do tempo
Respiro ainda mergulhada num mar de ausência...revolvendo a terra húmida que me prende o corpo...nas mãos que me emudecem os gestos...nas esperas que sabem a fel...na noite que cheira a solidão...na procura que trago nos dedos...nas ilusões tatuadas na pele...nas mortes escritas no tempo...nos castelos que ergui nas areias e que o vento derrubou e o mar sepultou.
Mergulho fundo...tão fundo por dentro de mim e dispo todas as palavras...queimo todos os silêncios na esperança de me encontrar...horas e horas a fio me procuro com o olhar vestido de bruma...com os sentidos enevoados percorrendo os corredores da alma onde uma onda de silêncio me faz mergulhar ainda mais dentro de mim...num último gesto antes que o meu corpo seja pó...que o meu nome seja apenas uma mera lembrança...um ténue perfume que se desvanece num sopro de vento.
Não sei onde me levam os meus passos...se ao meu encontro ou à minha partida...se ao céu ou ao inferno...se à noite que trago dentro de mim ou à madrugada onde me procuro sem encontrar fim nem luz...um espelho ilusório onde permaneço como um corpo sem rosto...uma alma sem mim.
E...toco suavemente o limbo onde o meu corpo está preso...adormecido pelo tempo sem paz...sem descanso...silenciosamente inquieto e devastado pela chama que se tornou na cinza dos meus sonhos e pergunto-me onde me perdi...onde deixei os meus anseios na vida que está a anoitecer...para lá da linha que quero e não quero transpor...nesse abismo que me chama...nesse fio de luz que repousa sobre o silêncio onde me deixo estar adormecida...tão longe de mim...num eterno sono.

135 comentários:

  1. Olá, querida Rosinha!

    Como está?

    É neste deambular errante, nesta tormenta e nesta dor, que a sua alma e o seu corpo embarcam tão bem, tão a seu gosto!

    Todo o texto está muito rico de sentimentos, morfologia e semântica.

    E o seu corpo "despe-se" para se entregar à luxúria do desespero e do sono eterno, que deixa transparecer.

    Bom fim de semana.
    Beijinhos da Luz.

    ResponderEliminar
  2. Cara RosaMaria
    Li e reli este texto/poema. Não imagina como me tocou.
    Abraço
    Rodrigo

    ResponderEliminar
  3. Um belíssimo texto.
    Dificil é mergulhar assim dentro de nós. Ir até ao mais intimo dos nossos desejos e anseios.
    Um abraço e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  4. E nesta tormenta de anseios, desejos e sonhos que ficaram pelo meio do caminho que tua alma, entre dor e saudade mergulha perdida. Belíssimo poema minha maravilhosa poetisa. Bjus neste teu lindo coração.

    ResponderEliminar
  5. Porque mergulha em si
    Rosa Solidão
    Eu estou aqui
    Para pegar em sua mão!

    Minha amiga venho visitar
    A mergulhar a encontrei
    Muito linda ela estar
    Porque o fazia não perguntei!

    Triste não fica
    Mergulha com precaução
    Vim fazer uma visita
    À Rosa Solidão!

    Seu lindo poema li
    Agora vou andando
    Continue mergulhando em si
    Sonhadora, vá sonhando!

    Bom fim de semana,
    um beijinho
    Eduardo.

    ResponderEliminar
  6. Quando mergulhamos em nós
    acontece, quase sempre, isso
    que está descrito
    Escreve agora o caminho inverso
    Verás como é tão mais belo o regresso
    E como tudo fica mais claro
    para lá da tua superfície
    para lá desse mar de ausência

    ResponderEliminar
  7. Estimada Amiga Rosa Maria,
    Profundas suas palavras que revelam alguma rebeldia consigo própria, tentando encontrar algo que lhe deia de novo a alegria de viver.
    Palavras profundas com um significado que nos deixa pensando o que irá no coração desta maravilhosa poetisa.
    Que as brumas se desfazam, que um novo dia possa raiar em seu coraçáo e com amor seguir seu destino que Deus lhe reserva.
    Adorei sua bela escrita, ficando somente na dúvida se é apenas escrita ou uma realidade.
    Abraço amigo votos de óptimo fim de semana.

    ResponderEliminar
  8. Olá amiga Rosa
    Deambulando à procura dos sonhos portando um mergulho profundo dentro do eu interior. Maravilhoso lirismo.
    Bom final de semana. Beijos

    ResponderEliminar
  9. Um profundo megulho em poesia!
    Em versos líricos!

    Belissimo, amiga!

    Beijos

    ResponderEliminar
  10. Incrível mergulho pra dentro de ti! Lindíssimo! beijos praianos, tudo de bom,chica

    ResponderEliminar
  11. olá Querida amiga

    sublime . mergulhei na tua doce melodia uma balada serena em noites de lua plena.

    bom fim de semana


    beijos com carinho doce amiga.

    ResponderEliminar
  12. BOM DIA MINHA AMADA !!!!!
    ME DESLUMBREI HOJE AO ENTRAR AQUI,VI QUE ESTÁ TÃO LINDO SEU BLOG QUE TEM SUA PERSONALIDADE,MUITO REQUINTE,FOTO LINDA DE ENTRADA ...PARABÉNS !!!!!!
    NO POETAR EXPRIMES SEMPRE TEU LADO LIRICO,DO QUAL GRITAS COM FORÇA NO TUDO QUE ESCREVES...O MERGULHO DENTRO DE MIM É UM DOS ANSEIOS MAIS PROFUNDOS ...
    BJSSSSSSSSSSSS

    ResponderEliminar
  13. e como descreves tão bem a tua eterna inquietação de solidão e sofrer

    belissimo poema, Sonhadora
    como alguém disse lá atrás "faz agora o caminho inverso"..., e ficaria ainda mais belo!

    beijo, querida amiga.
    tem um excelente fim de semana.

    ResponderEliminar
  14. Bom dia, querida amiga sonhadora.

    Lindo...
    Somos um universo de sentidos e sentimentos; e você mergulha fundo, mesmo!

    Beijos.

    ResponderEliminar
  15. E esse mergulho dentro de nós mesmos é o mais profundo...beijos e flores de bom sábado pra ti amiga.

    ResponderEliminar
  16. ¨`*• (¨`•.•´¨) ♡ .•*
    Bom dia desse sábado nublado por aqui
    Vim deixar um abraço, e dizer que estou
    entrando pouco no meu Blog, mas aos poucos
    vou parabenizando seu belo trabalho, que gosto
    e acho divino
    Um final de semana cheio de muita paz, e obrigada
    pelo carinho de sempre bjussss
    Rita!!!!

    ResponderEliminar
  17. um mergulho profundo no mais íntimo é coragem que poucos tem..
    sobreviver e retornar à superfície..
    mais viver!
    beijos amada... bom final de semana.

    ResponderEliminar
  18. Querida Rosa,

    è incrível essa capacidade de mergulhar dentro de nós mesmos...

    Lindo, lindo

    Beijinhos

    Ana

    ResponderEliminar
  19. Olá querida Rosa,

    Que belo mergulho hein?

    Adorei.....

    A música de fundo é perfeita!

    Bjos

    ResponderEliminar

  20. Um belo mergulho introspetivo!

    Bom fim de semana e um beijo.

    Laura

    ResponderEliminar
  21. O sonho é um mergulho na eternidade.

    Beijo meu

    ResponderEliminar
  22. Lindíssima e enternecedora viagem por dentro de si, Sonhadora!

    Um grande, grande abraço!

    ResponderEliminar
  23. OI ROSA!
    NOSSA!
    COMO COMENTAR ALGO TÃO BONITO, QUEM SOMOS NÓS, LEITORES APENAS, A NOS DELICIARMOS COM AS BELEZAS DE TEUS ESCRITOS, QUE SE TIVÉSSEMOS QUE FALAR AO INVÉS DE ESCREVER, NÃO ENCONTRARÍAMOS PALAVRAS,EMBASBACADOS, DIANTE DO QUE TE FOI A ALMA EM UM MOMENTO DE TÃO BELA ENLEVAÇÃO.
    ABRÇS AMIGA

    http://zilanicelia.blogspot.com.br/ClickAQUI

    ResponderEliminar
  24. UN POEMA QUE MUEVE MUCHAS FIBRAS....



    BESOS

    ResponderEliminar
  25. Postado na A CASA DA MARIQUINHAS

    Minhas queridas amigas, meus queridos amigos
    Encontro-me doente desde há cerca de uma semana, motivo pelo qual, desde o dia 19, raramente, e apenas por breves momentos, tenho passado pelo pc.
    Peço que me perdoem não responder/agradecer as vossas visitas, o que farei logo que a saúde mo permita.
    Embora a minha doença seja de uma certa gravidade, espero conseguir, aos poucos, ir compondo um post para o dia 14 de Fevereiro.
    Muito obrigada a todos pela vossa compreensão e amizade.
    Mariazita, 26.01.2013

    ResponderEliminar
  26. As vezes é preciso mergulhar em nossa alma. Adorei seu poema!!
    Grande abraço!
    Jorge-menteaberta.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
  27. Rosa,um poema muito profundo e lindo nessa busca por si mesmo!Que bom que gostou da postagem no Recanto!Quero vc sempre por lá esse ano!bjs e obrigada!

    ResponderEliminar
  28. Mergulhar dentro de si é magnífico, apesar de trazer algumas dores, vez ou outra. É ao mergulhar que encontramos a paz depois das tormentas e a esperada felicidade.

    Belíssima poesia.

    O mundo sob o meu olhar

    ResponderEliminar
  29. Pensei que encontraria agora poemas de esperança, expressão de vontades e fantasias .... mas enganei-me ...de qualquer forma , a tua marca está impressa ...este poema, tal como todos os outros, é teu...minha Rosita amarga e triste:)

    ResponderEliminar
  30. Profundas palavras as tuas minha querida!
    Quando mergulhamos em nós deparamos-se com a capacidade que possuimos para sobreviver aos tormentos e inquietação ao sofrimento que invade nosso coração.

    Bom fim de semana minha querida

    beijinho e uma flor

    ResponderEliminar
  31. Olá amiga...´Passo por um momento dificil......Bj

    ResponderEliminar
  32. Olá Rosa!

    Muito bonita a poesia, mas achei-a triste. Na vida, todos passamos por intempéries. Faz parte da nossa aprendizagem espiritual. Mas não esqueças que nada é eterno, isto também é válido para as provações.

    Beijinhos,

    Cris Henriques

    http://oqueomeucoracaodiz.blogspot.com

    ResponderEliminar
  33. Minha amiga não é fácil fazer essa viagem ao nosso interior, pois por vezes o retornar traz consigo as magoas e tristezas de outrora.
    Bom restinho de sabado e um excelente domingo
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
  34. Cara Rosa, os teus sentimentos vibram nos versos que nos vais deixando.
    Sinto a solidão, o amor que corrompe e corroí, sinto o sofrimento e a amargura.
    Sinto toda a magia e, ao mesmo tempo, um encantamento por te poder ler e poder sentir os teus sentimentos.
    Um beijo

    ResponderEliminar
  35. "..toco suavemente o limbo onde o meu corpo está preso"
    Gostei muito desta âncora.
    Um belo texto.

    ResponderEliminar
  36. Que lindo texto, fui lendo e foi como se eu estivesse vendo um filme.

    BeijooO*

    ResponderEliminar
  37. Madrinha me encanto com seus poemas é sempre um grito de amor .
    Hoje estou muito feliz por ter recebido sua visita ,pois fazia algum tempo que minha madrinha não aparecia.
    Com muito carinho vou colocar o lindo mimo no meu blog.
    Tenho muito orgulho de um dia ter escolhido ser madrinha no meu mundo a viagem.
    Um lindo Domingo beijos no seu coração sua afilhada,Evanir.

    ResponderEliminar
  38. Olá!Bom dia!
    Querida RosaMaria
    Tudo bem?
    Lindo como sempre!
    penso que costumamos procurar a raiz de nossos problemas e dificuldades no mundo exterior.Quanto mais fundo formos nesse mergulho em si e encararmos nossas dificuldades com coragem, entendendo que elas são fruto de toda uma vida de condicionamento imposto a nós, mais rapidamente entraremos em contato conosco mesmo. É necessário antes de tudo acalmar-se interiormente, tornar o silencio interior necessário, pois sem este silêncio não se encontra o caminho, é necessário mergulhar no vazio do interior humano.
    Belo domingo!
    Beijos

    ResponderEliminar
  39. Minha querida os sonhos nunca morrem é só levantar do chão e voar os mais altos pensamentos de força e lutar..vencer sempre amiga querida

    Beijo e lindo Domingo

    ResponderEliminar
  40. É preciso coragem para fazer este tipo de mergulho . Mas de quando em vez , necessário .
    E , muita força , para a volta e suas consequências .

    Beijo grande , Rosa Maria ,
    Maria


    ResponderEliminar
  41. Querida bom diae
    que belo mergulho que seu poema
    nos propõe.
    Pormais que tentemos fugir esse encontro é inevitavel.
    Vou reler para absorver
    mais.
    Lindo domingo pra nos
    e saiba que adoro vc.
    Bjins
    Catiaho Reflexo d'Alma

    ResponderEliminar
  42. Minha doce amiga Rosa Maria,

    Assim é minha querida este deambular pelos nossos corredores interiores onde não nos encontramos e onde perdemos os sonhos que tentando hoje reviver,não serão os mesmos. Passeei contigo, e reencontrei-me na tua voz.
    Ler-te é uma forma de me encontrar na tua maravilhosa poética.
    ...e nunca "sei onde me levam os passos..."
    Maravilhoso!
    muitos beijinhos

    ResponderEliminar
  43. Um bom domingo pra ti minha amiga e uma semana cheia de paz amor e poesias....beijos e flores...

    ResponderEliminar
  44. Boa tarde, Rosa. Mergulhar em si mesmo é descobrir sensações, pulsações, emoções, que não sabíamos existir em nós.
    Caberá resolvermos da melhor maneira possível como deveremos agir em relação ao descortinar do mergulho.
    Você sempre intensa e sabedora de como prosseguir em seu caminho.
    Parabéns.
    Obrigada pela sua amizade e carinho mesmo na minha ausência.
    Beijos de excelente domingo para você e uma semana de paz.

    ResponderEliminar
  45. Querida Rosa:
    O seu poema é deliciosamente dramático,mas o tempo que passou não volta mais.Não olha para trás.Viva o PRESENTE que Deus lhe dá todos os dias.«Confie mais na assistência que o Pai do Céu lhe oferece(J.S.Nobre).
    Aproveito para agradecer o comentário ao soneto que o meu pai me dedicou.Contei-lhe e ele está grato também.
    Bom domingo
    Um abraço da
    Beatriz

    ResponderEliminar
  46. Rosa,
    Os mergulhos fazem parte da vida
    E vc retrata lindamente embora doido essa vida.

    Porque o bom é viver para desenhar na vida das pessoas momentos lindos e dignos de serem lembrados para sempre."

    Beijos

    ResponderEliminar
  47. Rosa: Como se escreve um lindo texto entrando no nosso interior adorei.
    Beijos
    Santa Cruz

    ResponderEliminar
  48. Olá Rosamaria,
    Mergulhamos em nós num eterno sono. Matamos os medos e as tristezas...sonhamos no silêncio.

    Beijinho

    ResponderEliminar
  49. O teu "mergulho interior" é fascinante, pela maneira poética como o descreves.
    Gostei muito, magnífico.
    Rosa Maria, tem um bom resto de domingo e uma boa semana.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  50. Tudo é beleza, tudo é sensibilidade! admiro imenso a tua escrita.
    Bjs

    ResponderEliminar
  51. Ás vezes, não sabemos onde os passos nos levam...
    Mergulhamos em nós para reencontrar os sonhos...
    Lindo...
    Obrigada pela visita
    Beijos e abraços
    Marta

    ResponderEliminar
  52. por vezes necessitamos de mergulhar em nosso interior.
    muito belo!
    boa semana.
    beijo

    ResponderEliminar
  53. Amiga Rosa:
    O que dizer diante de tanta beleza?!... Em prosa ou em verso despejas sempre a Beleza que vive em ti. Quem dera ter um tiquinho de seu talento! Parabéns!
    Abraço carinhoso,
    Maria Luiza

    ResponderEliminar
  54. as rosas são mais leves do que a água

    permanecem à tona


    um beijo, Rosa

    ResponderEliminar
  55. O ano passa, a vida corre e continuas a florescer através de palavras suas,flores como se fossem!
    te amamos fraternalmente

    viva la vida

    ResponderEliminar
  56. Esse mergulho nos leva a uma retrospectiva, onde revivemos sentimentos( apagados ou não), analisamos sonhos (destruídos ou não), passamos, mais uma vez, por caminhos percorridos, por emoções e tantas coisas mais. Nas suas palavras, o trajeto está lindo e sensivelmente descrito. Bjs.

    ResponderEliminar
  57. Amiga Sonhadora!
    Que mergulho inspirado e profundo!
    Uma semana bem agradável pra você!
    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  58. E quando mergulhamos é nós mesmas, nunca sabemos bem onde iremos naufragar...

    Sempre bom passar por cá, Rosa.

    Beijinho, boa semana

    ResponderEliminar
  59. Cada frase sua é um poema.
    Muito lindo e sensível, Rosa.

    Beijinhos e boa semana.

    ResponderEliminar

  60. Rosa querida,

    Um mergulho interior fantasticamente e belamente traduzido de forma poética.
    Lindo e intenso em sentimentos.

    Beijo.

    ResponderEliminar
  61. Rosa Sonhadora!
    Que lindo poema...
    fiquei pensando num oceano e o afogar-se nele para aprender a nadar, mergulhar e viver no (a)mar.
    Beijos e ótima semana!

    ResponderEliminar
  62. mergulhar em si mesma é complicado, mas vc conseguiu traduzir este processo num lindo poema, está de parabéns.. amoro ler vc.. beijos mil e ótima semana amiga..

    ResponderEliminar
  63. Rosa,

    Por vezes é preciso um mergulho assim para a gente se renovar.

    Beijos!
    Alcides

    ResponderEliminar
  64. Querida amiga e grande poetisa Rosa!

    Belíssimo poema. Seu texto é maravilhoso. Gostei muito. Meus parabéns!
    Beijos de luz!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    POETA CIGANO – 28/01/2013

    “Poesias do Poeta Cigano”

    http://carlosrimolo.blogspot.com

    Macaé – Rio de Janeiro – Brasil.

    ResponderEliminar
  65. Rosa

    Tenta não mergulhar em ti "sonhadora", pois te afundas e te perdes para sempre...
    Belo, muito belo, esse romance tão preciosamente tratado e sentido...

    Agradeço tua presença e desculpa minhas ausências!

    Maria Luísa

    ResponderEliminar
  66. Um mergulho fundo e profundo na existencia, de lá emergir com todas as reflexões que nos permita apurar nossos sentimentos e emoções vividas, rencontrar o elo perdido e renascer lindo pleno de energias.Mergulhar e reencontrar os passos que se perderam na dura caminhada.
    Assim exatamente assim minha querida amiga,como voce tão bem descreve com sua poesia de alma e coração.
    Uma linda semana a voce com as energias positivas e canalizadas.
    Sempre minha admiração pelo preciso e belo poetar mesmo que as tristezas estejam pelas entrelinhas, é a vida.
    Carinhoso abraço de paz e luz.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  67. *
    Rosa
    ,
    adorei !
    ,
    ao mergulhar
    nas tuas palavras
    no modo como as lavras
    sinto a vertente da vida
    alegre ... sofrida ...
    entre Papoilas e Mar !
    ,
    amigáveis conchinhas,
    envio,
    *

    ResponderEliminar
  68. Nem sempre é fácil mergulhar assim... tão fundo.

    Tudo de bom.

    :)
    ;)

    ResponderEliminar
  69. Rosita


    Vim agradecer o miminho dos parabéns..

    foi um dia de temporal terrível eu não merecia um dia assim..
    deixo poesia para ti...
    O tempo


    Vou sacudir o tempo...
    Vou sacudir o vento...
    Que me leva os pensamentos...
    E em troca nada me dá...

    Vou sacudir o tempo...
    Vou fazer uma aliança...
    Vou deixar que me leve...
    E continuar a ter Esperança......

    E depois desta aliança...
    Ou deste contrato falado...
    Eu acredito que ele é verdade...
    E vai cumprir o tratado...


    Lili Laranjo

    ResponderEliminar
  70. Olá Rosa, e que tudo esteja bem contigo!

    Sabemos do que somos capazes, mas se atirar em tal mergulho sempre nos causa receios e incertezas, mas sabemos também que desse viver restará somente nossos feitos para lembrar, e também não conhecemos ao próximo sem conhecermos a nós mesmos. É isso, tudo se relaciona, luz escuridão, dor e alívio, ou quase tudo.

    Mas por cá sempre venho com prazer e serenidade ler teus belos e intensos pensamentos escritos com bem elaboradas palavras de intenso sentir e expressão do sentir!
    Parabéns Rosa, e obrigado por compartilhar belos escritos, também pelas gentis visitas e generosos comentários. Assim deixo cá meu desejo para que você tenha em teu viver sempre esta felicidade deveras intensa, grande abraço e até mais!

    ResponderEliminar
  71. Tão imensa sempre a tua poesia, tão longa , tão terna mesmo na solidão. E a imagem está bela, bela.
    Parabéns querida Rosa Mª.
    Tão bom te ler, ver, ouvir.
    Um beijinho

    ResponderEliminar

  72. "Não sei onde me levam os meus passos... se ao meu encontro ou à minha partida"

    Uma ideia de destino marcadamente portuguesa inscrita na nossa canção coletiva - o fado!

    Lindo!

    Um beijo

    ResponderEliminar
  73. Sempre profunda nos teus mergulhos pelas palavras e emoções.
    Beijinhos, querida!

    ResponderEliminar
  74. Belo texto para pensar e refletir, estou numa fase da vida, que me encontro assim. Abraços. Sandra

    ResponderEliminar
  75. Ahhhhhhhhh Rosa, sempre suave, fluida e nostálgica nos seus versos e em cada palavra jorra o lirismo!
    bjks doces e uma boa semana.

    ResponderEliminar
  76. Bom dia amiga, como está tudo por aí?

    Existem momentos em que precisamos mesmo mergulhar dentro de nós mesmo.


    Ah! Passei também para agradecer sua visita e desejar uma ótima semana!!!

    Abraços
    Thiago
    RioSul

    ResponderEliminar
  77. Emocionante viajar nestas letras que nos transportam Nas noites e madrugadas dentro de nós.

    Sempre partimos vestidos de tempo e de sonhos que nos fazem arder chamas de vida.

    ResponderEliminar
  78. Um mergulho arriscado, perigoso
    traiçoeiro.......
    Belo, como sempre.
    Beijo

    ResponderEliminar
  79. Um incrível mergulho no inconsciente e na alma, porém feito com muita sensibilidade e coragem.Amei.
    Rosinha, um abraço bem carinhoso!!!!

    ResponderEliminar
  80. Lá no fundo as palavras queimam...
    Bj
    BS

    ResponderEliminar
  81. Olá linda poetisa! Rosa comentar muito teu texto é perder as palavras, para consagrá-lo. Tu escreves tão ricamente e lindamente que brota água aos olhos.Beijão querida.

    ResponderEliminar
  82. Um sono tão real que cair magoaria não só o corpo, como a alma!
    Paz, procura-se. Conquista-se.
    Um grande abraço.

    ResponderEliminar
  83. Todo mergulho dentro de si mesmo se faz necessário. É muito doído também, mas no final é compensador.

    Beijos

    ResponderEliminar
  84. Rosa

    Peço me pedoes a minn memor assiduidade, que espeto tenho sido momentánia, devido aos meus livros, à sua promoção. De resto sou admirdor da tua linha de prosa poética. A está qgui um bem condeseguido poema.
    Beijos de amizade

    ResponderEliminar
  85. Querida amiga Sonhadora!

    Sempre lindos os seus poemas, suas prosas poéticas.
    É um encanto ler o que escreve.
    Seus mergulhos profundos desencantam raízes de um passado, sempre lembrado.

    Beijinhos,
    José.

    ResponderEliminar

  86. Querida RosaMaria

    Muito difícil este exercício, mas a Rosa com a sua mestria na arte de revolver sentimentos e exprimi-los, conseguiu tocar em todos os pontos da alma e trazer à tona o doce enlevo e também a funda tristeza.

    Nesta viagem dentro de si revemo-nos e fica a grande vontade de possuir esta coragem e talento para nos conhecermos a nós próprios.

    Beijinhos

    Olinda

    ResponderEliminar
  87. Olá Rosa Sonhadora, minha querida!

    Qual poeta não mergulha em si mesmo, quando não por um grande amor, mas para buscar a si mesmo?

    A tua poesia , rica de emotividades, fala muito bem desse "adormecer" que por vezes desejamos, e não podemos, as vezes...Mas, que se transforma em poesia viva e lírica!

    Te gosto, amiga, de coração!

    Bjos da Lu...

    ResponderEliminar
  88. Oi Rosa querida, o teu poema é mistura de amor sofrimento e talento, só quem ja amou te compreende , com o amor vem as alegrias as tristezas e as decepções, poema muito lindo!!Um abraço carinhoso, Celina

    ResponderEliminar
  89. Quando mergulhamos
    encontramos coisas em nós mesmo
    que nos trás renovo
    lindo dia
    bjs

    ResponderEliminar
  90. E cada vez que mergulho por aqui novos sentires e emoções se renovam.

    Um beijinho

    ResponderEliminar
  91. Um mergulho para o interior, certamente levará à saudades de bons momentos e a momentos não tão bons.
    Creio que um desligamento do passado e um viver a partir do agora com esperança e fé trará para a vida mais alegrias e paz.

    Beijos.

    ResponderEliminar
  92. e aí é que está o saber (que poucos atingem) que tu, Querida amiga, tão bem o sabes escrever... mergulhar em nós...!!

    Obrigado pelo que me dás a ler.

    até

    ResponderEliminar
  93. Li e voltei a ler.
    Lindo e tão profundo!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  94. Oi Rosa querida


    Mergulhar dentro de si sempre nos trás grandes novidades, já que cada dia nosso interior e nossos sentimentos mudam.

    "Onde quer que nos encontremos, são os nossos amigos que constituem o nosso mundo". - William James

    Por isso hoje estou aqui pra agradecer sua amizade.

    Beijos
    Ani

    http://cristalssp.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
  95. E eu, mergulho nas tuas palavras, infinitamente belas e tocantes.
    Beijito.

    ResponderEliminar
  96. OI ROSA!
    PASSANDO PARA TE AGRADECER AS PALAVRAS CARINHOSAS LÁ NO "SÓ PRA DIZER" QUE VIBRA AGRADECIDO SEMPRE QUE LÁ APARECES.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/ClickAQUI

    ResponderEliminar
  97. Boa Noite Madrinha.
    Eu não sei se já viu onde coloquei com esmerado carinho o mimo que você me deu.
    Querida coloquei seu blog de destaque do mês com mais algumas amigas.
    O selo de destaque esta na lateral do blog.
    Espero ver aqui no seu blog sem dúvidas ficarei muito feliz.
    Uma linda noite beijos da afilhada,Evanir.

    ResponderEliminar
  98. Olá Rosa!
    Mais um maravilhoso poema em que " mergulhei" primeira e segunda vez.
    Ele é uma profusão de sentimentos...um manancial de sonhos...uma vida cheia de encantos e desencantos...
    Quem assim escreve é iluminada,não pr um fio de luz mas por uma multidão de estrelas!Agradeço a gentileza das tuas visitas ao meu humilde espaço. Beijos.
    M. Emília

    ResponderEliminar
  99. Não sei onde deixou seus anseios ou se realmente os deixou e trocou-os por outros. No caminhar da vida, desgastamos os nossos sonhos e os trocamos por possibilidades. O que era para ser feito, foi realizado ao seu tempo. Acredito que os sonhos que não conseguiu realizar, foi porque não eram possíveis ou não teve oportunidade para concretizá-los. A melhor maneira de pensar é: Fiz o meu melhor! :) Beijuzinhos na alma!!

    ResponderEliminar
  100. Que prazer vir aqui querida Rosa Maria, sua poesia nos enche de alegria e beleza o coração.
    Lindo demais seu poetar, agradecemos o privilégio de poder apreciar tão belo poetar.
    Um beijo carinhoso nosso em seu coração.

    ResponderEliminar
  101. Olá amiga
    Sempre é bom uma viagem interior para nos conhecermos melhor e nos recompormos.
    Bjux

    ResponderEliminar
  102. Belíssimo teu mergulho...saudades dos teus tão intensos versos, amiga...
    Beijinhos,
    Valéria

    ResponderEliminar
  103. Mergulhar dentro de nós é um exercício de consciência e reparação.
    Muito belo, "[...]...nesse fio de luz que repousa sobre o silêncio onde me deixo estar adormecida [...]... num eterno sono."
    Parabéns.


    Beijos


    SOL

    ResponderEliminar

  104. Tantas vezes é necessário mergulharmos em nós, para uma introversão, para sabermos onde estamos...Se paradas na hora da saudade, se caminhando na busca da luz que ilumina o caminho da vida.

    Belo texto. Muito meditativo.

    Bom fim de semana

    Bjgrande do lago

    ResponderEliminar
  105. Minha Rosa Rainha,é como debulhar petalas,leio e me sinto em cada parte,me levo nos teus versos e como são belos todos teus.
    Marcinha.

    ResponderEliminar
  106. Lua Dolorosa

    Lua, das luzes imortais, maravilhosas,
    Dos plenilúnios inefáveis, sonolentos;
    Dos sonhos, devaneios, dos tormentos,
    Das brumas, dos notívagos, das rosas...

    Lua, que à noite vai a taciturnas mágoas,
    Mágoas de amor, e plangente nostalgia;
    Do amor distante, dos encantos e magia,
    Parece-me sussurro, monótono das águas.

    São estas sutis palpitações, que da lua vem,
    Com as ânsias dos momentos mais saudosos;
    Ecoando pela alma, e este amor a ti também...

    Em ais de dor, em gemidos dum açoite,
    Carrego este amor, desvairado, e louco;
    Sob a luz deste luar, e um fado esta noite...

    Beijos.
    Um afetuoso abraço.

    ResponderEliminar
  107. Não é fácil essa tarefa de mergulhar dentro de si mesma. Porém, é um grande aprendizado. Lindo texto. Beijos.

    ResponderEliminar
  108. Somos sempre um lugar perigoso...


    Muito sensível.


    Beijinho, minha amiga.

    ResponderEliminar
  109. Amiga linda vim só te deixar meu aconchego e falar que estou contigo como amiga e mulher.

    Um beijinho amiga

    ResponderEliminar
  110. Olá,Querida Rosa!!

    Ah!Minha amiga!!!Tuas poesias são sempre intensas!Com fortes emoçoes!
    Beijos e meu carinho!

    ResponderEliminar
  111. Mergulhos doloridos mas necessários.
    Um grande bj Rosa.

    ResponderEliminar
  112. Belo mergulho interior, com sabedoria e maestria nas palavras.
    Grande abraço e sucesso!

    ResponderEliminar
  113. Bom dia minha amiga,,,obrigado pelo carinho no Livro, é um momento difícil, de despedida,,,mas é necessário, a vida as vezes nos leva a caminhos que não conseguimos voltar, e uma parada, um breve adeus quem sabe, talvez nos trará renovados,,,beijos e flores de bom dia.

    ResponderEliminar
  114. Ah, Sonhadora!

    O coração é um lugar muito obscuro e a consciência pouco nos deixa ver...para além do prazer de mergulhar na vida...o mergulho mais profundo de todos...o teu mergulho poético é fortíssimo. "Se olhares muito para o abismo corres o risco de ficar dentro dele"...
    O meu abraço com carinho e amizade.

    Véu de Maya

    ResponderEliminar
  115. Uma volta para sentir a força poetica deste mergulho em ouvir este tango.
    Desejo um belo fim de semana amiga querida.
    Um abraço com carinho.
    Bjo.

    ResponderEliminar
  116. Hoje venho só para deixar um beijo de muita amizade,
    Bom fim de semana!

    ResponderEliminar
  117. Um mergulho e tanto, Rosa.

    Bom domingo.

    Bjs.

    ResponderEliminar
  118. AMIGA

    estou muito grata pela sua compreensão acerca do problema
    que transmiti a todos
    os amigos da blogosfera.
    Nem de todos vieram palavras bonitas como as suas.
    Paciência!
    ...
    Como alguns amigos escreveram e muito bem:
    Minha querida, a visão é uma das melhores coisas que temos, pelo que se lixe a reciprocidade.
    ...
    Por acaso tenho 3 blogues activos, mas...desde que se lembrem que eu existo e digam:
    Estou presente!
    eu já fico feliz.
    ...

    ONTEM
    Foi um sábado magnífico
    pela Costa Vicentina,
    tive a sorte de ser presenteada
    com um excelente dia
    e bela companhia.
    Beijinho meu.

    ResponderEliminar
  119. Olá Rosa.

    "...me sonhei menina vestida de tempo.". Belos versos desse mergulho atemporal do ser em busca de si, o eu perdido, garimpando nos desencontros o se reencontrar.

    Um abração e uma boa semana.

    ResponderEliminar
  120. Minha querida amiga, quando mergulhamos para dentro de nós encontramos forças desconhecidas.
    Lindo como sempre o teu texto poético.
    beijinho

    ResponderEliminar
  121. Perante a sua poesia tão profunda,
    tão intensa, tão dorida...
    Há um querer e um não querer...
    Há um "mergulhar" no seu profundo
    ser. A qualidade de escrita é súblime, mas a sua imensa sensibilidade ultrapassa as suas
    palavras.
    Há realmente em si UM SABER profundo da alma humana, do amor.
    Adoro o que escreve e tenho uma
    admiração imensa pela Rosa Maria.
    Um grande beijinho
    Irene Alves

    ResponderEliminar
  122. Olá querida Rósinha, um mergulho de uma profundidade que me doeu tanto. Os teus poemas falam, magoam, ferem a alma de quem a tem. Amei de verdade. Beijos com carinho

    ResponderEliminar
  123. Amiga Rosa

    A tua sempre bem delineada prosa poética, prende atenção do leitor que se preze. Este eu sempre se inebria, e medita ao ler. Atiro aqui com a seguinte metáfora: "quando for grande, quero saber escrever como a amiga Rosa".
    Beijos de amizade

    ResponderEliminar
  124. Profundo mergulho no mais fundo de ti com ânsia de te reencontrares. E ao fazê-lo ofereces-nos versos deliciosos, iluminados, magnéticos, embora tristes e melancolicos.

    ResponderEliminar
  125. Minha querida
    Perdoa o meu silêncio...tenho andado sem vontade de escrever e de visitar os amigos...quase a raiar uma depressão ...talvez se eu conseguisse "mergulhar em mim"...
    Tenho esperança na primavera que aí vem e possa florescer de novo.
    Belíssimo texto que traduz bem como tu és, como tu sentes...é maravilhoso!
    Beijo carinhoso e boa semana.
    Graça

    ResponderEliminar
  126. Do CVC, convidado especial
    Minha minha Rosa Maria
    Das mais lindas de Portugal
    Do Alentejo simpatia!

    Onde um dia nasceu
    Pelo mundo a caminhar
    Assim aconteceu
    Amiga virtual encontrar!

    De nome, Rosa Maria
    O seu corpo uma flor
    Toda ela é simpatia
    Ela merece muito amor!

    Um beijinho
    Eduardo.

    ResponderEliminar
  127. Um salto para o abismo que existe em almas de inquietude constante, em bela prosa poética.. (isto deixei num grupo...)

    Acrescento que é uma temática de que gosto particularmente, o esburacar de sentires dos quais não é fácil encontrar as palavras mais adequadas porque incapazes de se isolarem, pois mudam a uma velocidade que a própria palavra não tem...Contudo a Rosa consegue-o com brilhantismo!

    Bjo de carinho e partilha de alma poética :)

    ResponderEliminar
  128. Poema Forte que faz refletir meu passado e o que vivi hoje dia 10-2013!! Abraços.Sandra

    ResponderEliminar
  129. Bom dia de segunda feira, vim deixar
    um abraço desejar uma bela semana
    E que seu feriado seja cheio de alegrias
    Agradeço sempre sua amizade que adoro
    Bjusss com carinho
    Rita!!!!º° ✿彡

    ResponderEliminar
  130. Oi amiga Rosa! Lindo essa poesia.Um mergulho profundo que os sentimentos afloram, em que os mesmo sejam triste,mas ao mesmo tempo vai além do ser da alma.Isso é um dom de uma excelente poetisa.Bjs amada amiga.

    ResponderEliminar

Amigos são velas acesas ao fundo da escuridão
alumiando o caminhode volta...a presença doce e
serena numa noite de tempestade...são o abraço
suave da vida...palavras ditas muitas vezes em
silêncio aquecendo a alma e o coração.

Um beijinho carinhoso a todos que por aqui passam.
Sonhadora