BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS

quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

O beijo da noite...



Deixa que a noite beije a minha boca...que morda a minha sede
Que beba do meu ventre as cinzas do orgasmo...o sabor do frio
No silêncio dos muros onde me deito...na mordaça que me prende
Neste mar desejo que me incendeia como se fosse fogo...ou rio

Deixa que os meus lábios adormeçam...os meus olhos anoiteçam
Que o meu corpo desfaleça nos gestos frios das chamas ardidas
Que o grito perdido por dentro da noite se desfaça em silêncio
Deixa que nos meus sonhos adormeçam as esperanças perdidas

Deixa que o meu corpo seja arrancado à terra...à noite roubado
Que seja tua a minha renúncia...que rasgue as sedas do desejo
Nas mãos agonizantes da madrugada...desse corpo amordaçado
Que te chama com ternura...no silêncio dolorido de um beijo

Deixa que o meu corpo adormeça e que a minha carne apodreça
Sobre esse mármore frio que me aconchega como se fosse morte
Beijando a minha pele...como o sepúlcro sombrio da tua ausência
Neste corpo sem memória...onde em silêncio me abraça a noite

Deixa que a minha nudez seja o balsamo da tua sombra errante
Os sargaços onde me aconchego quando na noite fria te chamo
Na ilusão onde cada noite me abraço na quimera dum instante
Inventando o teu corpo sobre o meu corpo e solitária me amo

Deixa que o amor agonize nas paredes nuas da indiferença
Que o silêncio seja o meu grito da mulher que se esqueceu
Por entre a sombra doutro corpo onde a presença é ausência
Sempre tão longe e tão perto dessa louca mulher que morreu

Deixa que por um momento apenas...invente um corpo de fogo
Desfaça as correntes e rasgue com as minhas mãos este vazio
Calando este grito mudo...no mar de silêncio onde me envolvo
Afastar os fantasmas e libertar-me deste amor que me vestiu

121 comentários:

  1. Afastar os fantasmas e libertar-me deste amor que me vestiu

    Que lindo...

    Beijos...

    ResponderEliminar
  2. Tudo é tristeza, tudo é ausência, tudo é falta... mas tudo é encanto, é fascínio, tudo é beleza nas profundas linhas desses teus versos... com certeza! Primoroso!Grande beijo linda Rosa.

    ResponderEliminar
  3. Estimada Amiga e Ilustre Poetisa Rosa Solidão.
    Um belo e profundo poema de amor e solidão, onde afastando os fastamas e libertando-se deve amor que a vestiu, a musa e o cupido lhe vão dando rasgos de génio, transmindo em poesia sua bela paixâo.
    Adorei.
    Abraço amigo

    ResponderEliminar
  4. Inspiração e sensualidade neste magnifico poetar minha amiga. Estou oferecendo um selinho comemorativo aos amigos. Passe lá no blog e se quiser pegue-o pra você. http://gracitamensagens.blogspot.com.br/2013/01/oba-so-alegria-e-felicidade-vem.html
    Um lindo dia!
    Beijos
    Gracita

    ResponderEliminar
  5. Sempre inspirações lindas! beijos praianos,chica

    ResponderEliminar
  6. Ao encontro da liberdade, e deixar por um momento apenas, adormecer! abraços

    ResponderEliminar
  7. oi minha amiga,

    você tece um lindo tapete cheio de pontos, com muita sensibilidade,
    muita beleza e com uma sensualidade
    incomparável...
    lindo!!!

    beijinhos

    ResponderEliminar
  8. Afastar os fantasmas...é algo que
    anda muita vez connosco...mas eles
    andam sempre connosco.
    Como sempre mais um hino à sensibilidade eo ao sofrimento...
    e simultaneamente ao Amor.Sublime!!!
    Beijinhos
    Irene Alves

    ResponderEliminar
  9. Querida amiga!

    Seu texto é belíssimo, assim como tudo que escreves e postas. Gostei muito.
    Beijos de luz !!!!

    POETA CIGANO – 16/01/2013

    “Poesias do Poeta Cigano”

    http://carlosrimolo.blogspot.com

    ResponderEliminar
  10. Diferentes sao as sensaçoes desses beijos que a noite nos traz...ela tem misterios e sonhos...beijos amiga e um bom dia pra ti.

    ResponderEliminar
  11. Fogo no rio
    Com água se apaga
    Não estava com frio
    O beijo da noite esperava!

    Como seria esse beijo
    Ela não sabia
    Dele sentia o desejo
    Da noite quente e não fria!

    Como todos os outros
    Mais um lindo poema escreveu
    São muitos e não poucos
    Com o dom de poetisa nasceu
    Um flor chamada Rosa Maria

    Boa quarta-feira para você,
    amiga Rosa Solidão!

    Um beijinho
    Eduardo.

    ResponderEliminar
  12. Sempre tanta sensibilidade bem visível! poemas de encantar!
    Bjs

    ResponderEliminar
  13. Minha querida:
    O seu poema é muito belo e apresenta vários cambiantes:ora vibra,ora está sobre a tumba,vida/morte,lindas antíteses.Muita inspiração,muita imaginação.Parabéns
    Um abraço da
    Beatriz

    ResponderEliminar
  14. Bom dia Rosa amiga.

    Te vestir de amor é libertar a alma e sorrir para a liberdade..correr pelos campos vestirse de verde e sonhar com um mundo diferente e cheio de flores,estrelas a brilhar e buscar do sol a cor para aquecer a pele molhada de lágrimas.
    Tudo tem um começo e um fim ...é só tomar a decisão amiga querida

    Beijo no coração

    ResponderEliminar
  15. Olá Rosa; como sempre belo poema..Espectacular....
    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  16. Querida amiga

    A liberdade
    muitas vezes
    só é possível
    com a utilização
    das nossas mãos,
    conduzidas
    pela força
    dos nossos sentimentos.

    Que todos os dias
    os sonhos nasçam em ti,
    como nasce o sol pela manhã...

    ResponderEliminar
  17. Olá Rosa,
    Belo poema de amor. Sobre o amor.

    Aqui e ali umas pinceladas de sensualidade e um grito mudo para afastar os fantasmas.....

    Beijinho

    ResponderEliminar
  18. Olá Rosa!

    Quando a paixão e o amor se unem, o desejo de nos fundirmos na pessoa amada torna-se intenso.
    Parabéns pela poesia que é maravilhosa.

    Um beijo,

    Cris Henriques

    http://oqueomeucoracaodiz.blogspot.com

    ResponderEliminar
  19. Este é mais um belo poema de amor/desamor de encanto/desencanto de sonho e de realidade. Uma maravilha ler-te!Parabéns, Rosa!
    Um abraço.
    Maria Emília

    ResponderEliminar
  20. O amor é incapaz de nos deixar sozinhos não é minha doce Rosa?

    Ele nos persegue seja, em sonhos, desejos, lembranças, seja no nascer de dias e noites.

    E nós, somos esse amor todinho dentro do nosso Eu...


    Mil beijos pra ti minha querida.

    ResponderEliminar
  21. Parabéns!É tanta beleza e tanto amor nessa ausência que prende a alma e envolve o corpo de paixão!
    Bravos!
    Beijos!

    ResponderEliminar
  22. Profundo!
    amor, paixão e solidão.

    beijiho e uma flor

    ResponderEliminar
  23. E cá estou, conforme prometido, a ler este belo poema e a ouvir um fado triste mas também belo!


    Beijinho, Sonhadora!

    ResponderEliminar
  24. Temos alguns amigos em comum e acabei chegando aqui nesse espaço que confesso, gostei muiiiito!! Parabéns!! Decidi seguí-lo pelo excelente conteúdo que tem. Um grande abraço!!
    Se quiser conhecer o meu blog será muito bem vinda:
    jorge-menteaberta.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
  25. Rosa! Linda poesia! Sensualidade e fiquei a ler e confesso, está maravilhoso seu poema.Vc escreve divinamente.Falando em beijo, escrevi uma com o mesmo título, mas com certeza mt diferente da sua poesia.Cada um com seu estilo amiga querida.
    Tenha um feliz noite e um bom dia.Bjs

    ResponderEliminar
  26. OI ROSA!
    CONSEGUES, AO ESCREVER UM TEXTO, COLOCAR TANTO DE TUA ALMA QUANTO DE SENSUALIDADE...
    LINDO!
    ABRÇS
    http zilanicelia.blogspot.com.br/ClickAQUI://

    ResponderEliminar
  27. Não há um número para o Amor que aprisiona o Amor de alguém!... Há envolvências de amargura, Saudades imensas do sentir... das sensações inesquicíveis que habitam os orgasmos do corpo e da Alma.Para sempre!... O sofrimento faz parte da sensibilidade e da jura eterna, a súplica é parte indissociável que a leva a ser alimento de si mesma e entre o adormecer e o despertar das madrugadas, há sempre um Poema que a aquece, que a presenteia com um "tesão" de Vida, só ao alcance de quem Ama para sempre!... É a sua Liberdade, prisioneira da Solidão de uma Rosa, aberta à Poesia que a confessa e apazigua do pecado só seu... entre sorrisos!...

    Abraço

    ResponderEliminar
  28. A noite é um poema
    que atravessa os desejos
    de um corpo sofredor
    uma alma sedenta de amor
    Acaricia as mais intimas
    entranhas
    vestindo a pele
    seduzindo os lábios
    molhando de mar
    os desejos profundo
    inundando a pele
    acordando a morte
    construindo cada verso
    com os beijos
    de um lábio sedutor
    deixando o rastro
    de estrofes devastadoras
    que rasgam nossos corações.

    Luiz Alfredo - poeta

    ResponderEliminar
  29. Um belo dia pra ti minha amiga,,,beijos e flores..

    ResponderEliminar
  30. impressionantemente belo...
    emociono-me cada vez que te leio..

    "..inventando o teu corpo sobre meu corpo e solitária me amo.."

    bjs.Sol

    ResponderEliminar
  31. Q belo momento, um mimo cada linha, cada detalhe vc deixa a magia das palavras penetrar na alma e corer no sangue, uma delicia andar por aqui, pra vc vai bjos, bjos e bjossssssss

    ResponderEliminar
  32. então cala esse grito mudo, inventa esse corpo, afasta esses fantasmas e sê por um momento... e abraça os que se seguem...!!

    bj...nho, Rosa!

    ResponderEliminar
  33. Tão lindo.
    Querer se libertar do amor é porque não é mais amor.

    Voce sempre me emociona

    Beijos

    ResponderEliminar
  34. Olá!Bom dia!
    Querida RosaMaria
    ...somos todas as dores, pequenas e grandes, leves e profundas... um dia, elas serão uma única só no coração e de tão intensa, por doer tanto assim, deixará de ser dor, para não ser mais nada…
    Obrigado pelo carinho da visita!
    Bela quinta feira!
    Beijos

    ResponderEliminar
  35. Um beijo da noite e uma libertação da angústia e da desesperança. Um pedido sensível e cheio de emoção, em cada verso. Sempre muio belos seus poemas. Bjs.

    ResponderEliminar
  36. O amor solitário nunca é bom!! Assim como a Bandys, fiquei emocionada com o seu poema!! Não podemos nos iludir com o vazio, pois ele sempre pode ser preenchido com novos momentos alegres. Beijus,

    ResponderEliminar
  37. Oi amiga, vim agradecer sua visita e seu carinho!

    Um beijo grande :)

    ResponderEliminar
  38. Poema lindo como sempre!
    Beijos na sua alma
    Gd beijo

    ResponderEliminar
  39. O amor é pura loucura...
    Abraça-nos, empurra-nos, mas é tão doce, tão intenso...
    Obrigada pela visita...
    Beijos e abraços
    Marta

    ResponderEliminar
  40. ...bom dia, minha rainha flor!

    adoro ler-te!

    bjs da Vivi!

    ResponderEliminar
  41. poema que é um grito, entre a paixão e o amor.
    o silencio e a noite e o balsamo da esperança.
    com mesclas de sensualidade contida.
    não tem tanta nostalgia como os teus outros trabalhos.
    gostei!

    beijo

    ResponderEliminar
  42. Todo o poema é belo , porém o ultimo verso é lindíssimo .

    Beijo grande , Rosa Maria ,
    Maria

    ResponderEliminar
  43. Avir aqui é sempre um encanto beijo Lisette.

    ResponderEliminar
  44. Quantos fantasmas nos rondam, mas sempre haverá o beijo da noite para nos fazer companhia.
    Um grande beijinho, minha amiga e sempre obrigada por visitar meu cantinho, apesar da ligeirice do facebook...

    ResponderEliminar
  45. Belo texto cheio de desejo, amor...Parabéns pelo blog com textos para pensar, refletir e sonhar!! Já estou te seguindo. Abraços. Sandra

    ResponderEliminar

  46. Querida Rosa,

    Suas inspirações são sempre tocantes e belas. Esta não é diferente.
    Libertar-se de um amor é sempre difícil quando já o deixamos instalar-se em nossa alma.
    LINDO!

    Beijo.

    ResponderEliminar
  47. Belo poema. A solidão de quem ama. O clamor nas noites solitárias. A prece de quem deseja se libertar. Beijinhos.

    ResponderEliminar
  48. Amor, desamor, quase osmose.
    Consegues "[...]Afastar os fantasmas e libertar...[...]" e isso é maravilhoso, místico.


    Beijos


    SOL

    ResponderEliminar
  49. Mais um belo momento de poesia.
    Fico, sempre, perdido na imensidão dos teus versos.
    Um beijo!

    ResponderEliminar
  50. Como de costume, amiga Rosa nos presenteia com mais um belíssimo texto. bjs daqui do Brasil

    ResponderEliminar
  51. Deixa que a noite te visite para te trazer uma nova madrugada com sabor a sonhos orvalhados e novas auroras.
    Assim sentirás de novo o aconchego do sol no vazio só teu de uma alegria pronta a abraçar-te. E o silêncio será a música a acompanhar-te na poesia que te liberta de todas as amarras que se fecham nas nossas sombras escondidas. E silêncio, e vazio, e solidão serão não um triste fado, mas uma gostosa melodia. Com e na tua poesia.
    Bom demais, Rosa!
    Te deixo, uma ROSA!
    E um grande abraço

    ResponderEliminar
  52. valeu a pena a leitura deste texto que trás a tona o desespero de uma mulher cheia de amor, mas que sente uma grande carência. Você merece meus aplausos pelo belo texto poetizado.

    Bj no coração

    ResponderEliminar

  53. A música embala, o poema é belo que é sempre belo o amar fadado em genuíno português.

    Um beijo

    ResponderEliminar
  54. Uma nostalgia que enche de um vazio gostoso, calmo numa tristeza tão linda!
    Esta dor que dói mas que faz ressuscitar.
    Adoro sua poesias!
    Beiji

    ResponderEliminar
  55. Olá, estimada Rosinha!

    "Deixa que..." é a tónica do seu poema, que parece querer ser átona.

    Intenso, corpóreo e agonizante, mas sempre recordando um passado, que doeu, mas que apesar de tudo, não esqueceu.

    Deixa que...este amor, este nosso amor se liberte e seja, de novo real, seja, VIDA!

    Bom fim de semana.
    Beijo da Luz, com apreço e estima.

    ResponderEliminar
  56. Boa noite, querida amiga.

    Como sempre, lindo demais.
    Desejo que seus sonhos sejam realizados.

    Muitas bênçãos.

    Beijos.

    ResponderEliminar
  57. querida Rosa amiga

    perfume da tua alma


    bom fim de semana. cuida-te


    beijos

    ResponderEliminar
  58. Poeta intyensa e querida nossa, um ano de luz e paz e amorrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrr

    viva la vida

    ResponderEliminar
  59. Rosa-Sonhadora!
    Que lindo esse beijo da noite, tão beijo e tão noite... pleno de imagens. Viajei por aqui...

    Grande beijo e ótima semana!

    ResponderEliminar
  60. Olá Rosa!

    Os teus poemas sempre tão lindos e apaixonantes, onde um fogo intenso te consome.

    Um bom sábado.

    Beijos,

    Cris Henriques

    http://oqueomeucoracaodiz.blogspot.com

    ResponderEliminar
  61. Rosa,saudade de teus belos poemas de amor!Ficou lindo esse beijo da noite!bjs,

    ResponderEliminar
  62. OLÁ ROSA

    Peço desculpa pela minha demora em a visitar e retribuir a sua visita ao meu blog:
    http://pensamentosimagens.blogspot.pt/

    são pouquíssimas pessoas que visitam este blog.
    NÃO VOU DESISTIR do blogue,
    só caso fique mesmo cega,
    mas enquanto for vendo alguma coisa, os meus planos é fazer 1 post por mês.


    Começou 2013 e eu estou muito mais afastada da blogosfera,
    devido ao meu problema de saúde, nos olhos,
    estou completamente proibida de estar mais que 1h no computador e eu pergunto:
    o que é 1 hora para quem estava habituada a 6 horas por dia, ao fim de semana...?
    Nada.

    já para não falar nas 7h que tenho que estar todos os dias úteis no local de trabalho.

    OK,
    já percebi pelo espírito da maioria dos bloguistas que...só visitam,
    quando também são visitados - que qualquer dia não vai ninguém aos meus blogues.
    Pergunto-me: que fazer?
    Nada!
    Em 1º lugar está a minha saúde;
    os(as) amigos(as) de SEMPRE penso que não me vão abandonar por causa disso...
    os "outros" são apenas e só os "outros"...

    Há um ditado antigo que diz:
    as ações ficam com quem as pratica!
    Ora pois...
    se é por vingança que não me visitam as suas ações ficarão nas suas consciências.
    ...
    Tenho 3 blogues activos e se passou pela cabeça de alguém que os vou fechar,
    estão muito enganados - eu adoro os meus 3 espaços,
    cada qual tem um "sentir único" e especial;
    continuarei, conforme as minhas possibilidades.
    Estou entregue aos desígnios de Deus, o que Ele entender que é para mim, assim será!

    Um beijinho.
    Bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  63. .

    .

    . a permissão é urgente . :) .

    .

    . para que a palavra se agigante .

    .

    . bel.íssimo . rosa.de.maria .

    .

    . :) .

    .

    . um beijo meu .

    .

    .

    ResponderEliminar
  64. "Deixa que o amor agonize nas paredes nuas da indiferença
    Que o silêncio seja o meu grito da mulher que se esqueceu
    Por entre a sombra doutro corpo onde a presença é ausência
    Sempre tão longe e tão perto dessa louca mulher que morreu..."

    Muito belo, Rosa.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  65. Minha amiga uma bela expressão que fecha seu poema e traduz toda a arte do amor, que voce belamente expressa nas suas lindas inspirações, que me faz aplaudir de pé. Canta a dor, o amor e o faz com arte.
    Lindo domingo amiga com minha terna admiração.
    Carinhoso abraço.
    Bjo.

    ResponderEliminar
  66. Amiga Sonhadora!
    Seus versos são o deslizar em águas de uma beleza suave e encantadora!
    Bom domingo pra você e sua família!
    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  67. FLORES PERFUMADAS VIM TRAZER A TI ESTA NOITE PARA COLOCAR NA SALA DE TEU CORAÇÃO E PERFUMAR AS NOITE QUE A TI SORRI PARA LONGOS DIAS DE SOL.

    UM BEIJO MNHA AMADA E FICO FELIZ POR SABER QUE GOSTOU DO QUE EU ESCREVI..PASSO DIAS DE DOR TAMBÉM POR ESTÁ ATRAVESANDO DIAS DIFÍCIES COM MINHA MÃE E O HOMEM QUE EU TANTO AMO.

    BEIJO E PERFUME

    ResponderEliminar
  68. Minha querida, sempre trazem-me suspiros os teus versos, que nem dá pra tirar uma parte em destaque, pois cada um tem seu encanto.Lindo demais!
    beijokas doces e bom domingo.

    ResponderEliminar
  69. Que a alma se consiga libertar das correntes que tantas vezes a oprimem. Belissimo poema como sempre, minha amiga!
    Bom restinho de domingo
    Maria

    ResponderEliminar
  70. E aqui está mais um grito de alma em poesia; uma alma que clama por um grande amor já vivido , mas que se foi...amor que deixou marcas...amor que deixou feridas profundas. E na falta desse real amor, vem a fantasia e o sonho; não sei se isso é bom, se é mau, mas...quando a alma decide, não há nada a fazer; ela manda e escolhe!!! Beijinhos, Rosa e parabéns. Sempre muito belas, embora muito tristes as tuas palavras. Fica bem, amiga!
    Emília

    ResponderEliminar
  71. Minha amiga querida,

    Muito sensual............... Estou morrendo de saudades de vc. Amo-te!! Obg por td o seu carinho e amizade. Vc eh a minha rosa mais querida! Bjs e mais bjs!!

    Enigma

    ResponderEliminar
  72. não sei, Rosa, como comentar


    leio e é esse o objetivo maior de um poeta, ser lido, lida


    um abraço

    ResponderEliminar
  73. É isso dona moça! kkkk Deixa que o perfume do amor, do desejo embriague a paixão aguçada no belo texto!

    PORRETA!

    O Sibarita

    ResponderEliminar
  74. Uma sensibilidade exacerbada a recordar a nossa Florbela...

    Beijinho, amiga, e boa semana.

    ResponderEliminar
  75. Como sempre, muito lindo e emocionante, porém, cheio de dor e lamentos...

    Bjusssss

    ResponderEliminar
  76. Oi Rosa querida


    Que lindo poema.

    "Deixa que o silêncio seja o meu grito"...


    Beijos
    Ani

    ResponderEliminar
  77. Boa Noite Minha Madrinha.
    Demorei mais consegui chegar até seu blog .
    Um poema emocionante diria versos escrito com sua doce alma poeta.
    Olha estou sentindo sua ausência embora eu também ande muito ausente esses últimos temos .
    Eu estou de repouso a única coisa boa nisso posso ficar no computador enquanto aguentar.
    Quero te ver no meu novo mundo todo azul.
    Beijos da afilhada,Evanir.

    ResponderEliminar
  78. Que o beijo da noite, com esse amor arrebatado, seja o prenúncio de um lindo dia de sol.

    Beijos!
    Alcides

    ResponderEliminar
  79. Olá Rosa.

    Comentar o que? Magnificos versos, pura poesia.

    Um abração e uma boa semana.

    ResponderEliminar
  80. Ó minha linda que saudades , mas como sabe tenho andado muito com falta de tempo e de sossego.
    Peço por isso as minhas desculpas pois tenho por si um grande carinho, mas penso que o vendaval da minha vida já lá vai e espero poder vir aqui a este magestoso cantinho, da cor do sangue que nos corre nas veias, fazer visitas com mais assiduidade.
    Deixo para si os meus beijinhos de luz, paz e muito amor em seu lindo coração de verdadeira poetisa.

    ResponderEliminar
  81. Amiga,

    Tao intenso, tao profundo, tao perfeito o seu poema que nos deixam inebriados!
    Os seus versos tem uma beleza absoluta!Parabens!

    Beijos na alma poética!

    ResponderEliminar
  82. .



    Eu não tenho saudades
    dos meus amigos, mas se-
    de de vê-los. Portanto,
    venha molhar os meus olhos
    com a sua presença.

    Beijos do amigo.

    silvioafonso






    .

    ResponderEliminar
  83. Tremendo este ambiente. Temperatura altíssima.
    Leitura que aquece a alma e não esquece o corpo.

    ResponderEliminar
  84. Olá Rosa, desejo que tudo permaneça bem contigo!

    Que belíssimo escrito, tal qual sempre encontro por cá, sempre expressando todo o encanto do amor vivido, mas, é como dizem. Nada é para sempre, e assim temos cá também todo o desencanto que se sente quando temos a companhia da solidão, e o fantasma do faz de conta insiste em não nos deixar. Ao seu modo, com palavras elaboradas em belos versos você expressa teus sentimentos com intensa sensibilidade!

    Obrigado por compartilhar teus sempre belos escritos, e também agradeço pelas generosas visitas e tua amizade. E assim desejo que você tenha em teu viver a felicidade deveras intensa, um, grande abraço e, até mais!

    ResponderEliminar
  85. Olá Rosa, esqueci de escrever sobre a belíssima e deveras sensual imagem, parabéns pelas sempre belas postagens, sempre faz perfeitas escolhas pois tem muito bom gosto! Até mais!

    Desculpe o abuso!

    ResponderEliminar
  86. Pois um pedaço de pão arrancou-me a pele da boca e era pão crocante. Um abraço, Yayá.

    ResponderEliminar
  87. Estou aqui hoje por um motivo mais que especial.
    Tenho que dizer que não foi fácil conseguir você para ser meu seguidor,
    foi muita motivação impulsionando com postagens e visitas...que atingi 300 seguidores
    Agradeço te convidando a visitar a florada do IPÊ junto comigo no FOLHAS DE OUTONO !
    Deixo o meu abraço recheado de carinho !!!!!

    ResponderEliminar
  88. Um dia repleto de poesias pra ti minha amiga,,,beijos.

    ResponderEliminar
  89. Agradeço as suas amáveis palavras em meu blog.
    Suas poesias tem a força da ternura existente em sua alma.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  90. Inspiradíssima como sempre Rosa.
    Adormeça esperando mas, não deixe adormecer contigo a esperança...
    Você sabe que gosto muito de te ver cantando e alimentando a poesia.
    Contigo eu me comovo e me sinto triste...
    Meu beijo e carinhos sempre.
    Jady

    ResponderEliminar
  91. Amiga:
    Nem sei se no meio de tantos comentários lindos vc haverá de perceber esse meu recadinho. Belíssimo poema! Eu me alimento de sua poesia. Ela ficará para sempre, com certeza! Nós passaremos, mas a sua Poesia nunca passará porque é o fiel retrato da Vida, do Amor, da Alegria e da Dor.
    Bjs de sua amiga d'além mar,
    Maria Luiza

    ResponderEliminar
  92. Um poema servido a frio
    com imagens impressivas

    como por exemplo

    "as cinzas do orgasmo"
    (singular e sugestivo)

    "corpo seja arrancado à terra"
    (um movimento súbito do corpo imóvel)


    Um poema que é um grito mudo
    do verso silenciado

    Bjo.

    ResponderEliminar
  93. Hola amaiga SONHADORA (ROSITA)

    Pasando por aquí para leerte y desearte un feliz día.

    Besos, beijos na alma

    “NO LUCHES CONTRA TUS SUEÑOS. ELLOS SON MÁS FUERTES QUE TÚ". (Paulo Coelho).

    ResponderEliminar
  94. Não é fácil libertar-nos de um amor...
    Deixo o meu beijito.

    ResponderEliminar
  95. Sempre tocante a tua poesia querida Rosa. Um prazer ler-te.

    Beijinho
    cecilia

    ResponderEliminar
  96. Minha querida amiga deste-nos um momento mágico com esta sublime poesia.
    Um beijo que não vou esquecer.

    beijinho

    ResponderEliminar
  97. Querida Rosa, vim agradecer as tuas visitas quando estive ausente, e hoje estou aqui para mais uma vez falar da beleza dos teus poemas , eles são lindos!! bravo amiga, sois uma poetisa de valor sou tua fã. um abraço carinhoso Celina.

    ResponderEliminar
  98. Palavras fortes, por entre elas se lê sensualidade, tristeza, recordações...alguns dos ingredientes do amor...!

    ResponderEliminar
  99. Ah, Sonhadora!
    A noite é a metade mais profunda da vida, porque é nela que o sonho inspira o fado e a poesia...e o silêncio donde brota este teu intenso poema...

    Deixo-te o meu abraço carinhoso e amigo.

    Véu de Maya

    ResponderEliminar
  100. Lindíssimo! Afastar os fantasmas uma coisa que necessito como nunca fazer. Adorei. Um grande beijinho.

    ResponderEliminar
  101. Rosinha, meu anjo, o teclado do meu pc está problemático e até que compre outro, estou me virando com o virtual, isso me dificulta muito tecer os comentários.
    Enfim, mas como já sou sua fidelíssima admiradora, agradeço-te por mais essa tocante criação.
    Amo até às lágrimas tudo que escreves...
    Beijinhos!!!!

    ResponderEliminar
  102. Melancolico, saudosista, triste,
    mas que gosto sempre de ler...
    Vamos sonhando sempre..
    Beijo

    ResponderEliminar
  103. A excelência da tua poesia é uma constante.
    Quando te leio, já só espero isso...
    Beijo, querida amiga.

    ResponderEliminar
  104. ler e sentir não se separam nunca dos teus versos querida..
    me deixo envolver nos versos e melodia..
    saudades..
    beijos de carinho.

    ResponderEliminar
  105. Rosa, minha querida, um poema noturno, onde o céu é rasgado e dele cai o silêncio da boca que um dia foi beijo.
    arrebatador!
    bjs carinhosos

    ResponderEliminar
  106. O que dizer? Diante de tão bela inspiração as palavras faltam, então leio, releio e te aplaudo, as fibras de minha alma foram tocadas, obrigada por tanta beleza, beijos Luconi

    ResponderEliminar
  107. Um bom final de semana pra ti minha amiga....beijos.

    ResponderEliminar
  108. Noite... dor de amor que nunca passa!...
    Boa sexta-feira!
    Ótimo fim de semana!
    Beijinhos do Brasil.
    ♡♡♡♡

    ResponderEliminar
  109. Para mim é sempre complicado comentar a tua poesia, pois sou uma fiel seguidora de tudo quanto escreves mas sinceramente esta está simplesmente maravilhosa!!!!!
    bj

    ResponderEliminar
  110. Excelentes "gritos" poéticos da alma arrancados...

    Sempre profundos e imagéticos teus versos.

    Bjo, querida Rosa :)

    ResponderEliminar
  111. OLÁ MEU AAMOR, VENHO TARDE MAS VENHO SEMPRE QUE POSSO, POIS MAIS VALE TARDE QUE NUNCA, OBRIGADO PELO CARINHO SEMPRE CONSTANTE EM MINHA VIDA, AMIGO É AQUELE QUE FICA QUANDO TODOS SE VAO EMBORA , BEIJINHOS DE LUZ E MUITA PAZ.

    ResponderEliminar
  112. olá olá querida sonhadora rosamaria,eu adoro receber beijinhos antes de adormecer,beijinhos da minha mãe e do meu pai e também do meu namorado,é muito bom adormecermos a sabermos que alguem nos adora,só devido a isso podemos ser felizes,fica bem amiguinha!!

    ResponderEliminar
  113. Venho do CVC deixar meu carinho,linda tarde pra vc!

    ResponderEliminar

Amigos são velas acesas ao fundo da escuridão
alumiando o caminhode volta...a presença doce e
serena numa noite de tempestade...são o abraço
suave da vida...palavras ditas muitas vezes em
silêncio aquecendo a alma e o coração.

Um beijinho carinhoso a todos que por aqui passam.
Sonhadora