BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS

terça-feira, 4 de setembro de 2012

Escrevo-me...


O que escrevo...não escrevo para ninguém...só me descrevo
Apenas um orgasmo amordaçado...lençol feito de palavras
Uma melodia fúnebre...véu de escuridão onde me embebo
Gota a gota...escorre o silêncio dos meus dedos como lava

O que escrevo...é a escuridão onde me afundei...sou eu
Sou um erro...o avesso de tudo o que quiz...apenas poeira
Sou a sombra do meu chão...sou um corpo que anoiteceu
Restos de momentos vazios...uma alma sem eira nem beira

O que escrevo...são folhas soltas ao vento...minha solidão
Páginas negras que escrevi...rimas nefastas que guardei
Livro amarelecido do meu destino...preso na minha mão
Vagando no sonho...envolta na noite...não me encontrei

O que escrevo...são restos de luz e sombras...tudo e nada
Vendaval de palavras...solidão da mulher...punhal da poesia
Um murmúrio...uma prece muda...na minha alma sufocada
Rio obscuro de palavras envoltas em triste e doce melodia

O que escrevo...é o sangue que escorre da palavra ferida
Retalhos do coração...as entrelinhas do que fui...do que sou
Um adeus mudo...uma esperança adiada...uma rima perdida
Livro por escrever...uma história de amor que o vento levou

O que escrevo...não é para ti meu amor...é para a dor
Que tomba do meu peito...que cai triste do meu olhar
Uma melodia em silêncio...escrita num campo em flor
O que escrevo...são restos de mim...doloroso caminhar


De pedra e cal...voltei serena

111 comentários:

  1. O que você escreve Rosa querida, é o retrato da sua alma.
    Doce... meiga... sensível...
    Capaz de captar os sentimentos mais profundos e transformá-los em versos.
    O que você escreve é o que nos algera a alma...

    Beijos Rosa, sempre muito bom ler suas palavras.

    Beijos

    Leila

    ResponderEliminar
  2. palavras.. vidas..
    a tua é verso..
    sempre intenso..
    beijos minha querida.

    ResponderEliminar
  3. "o que escrevo, não é para ti.. meu amor.
    é para a dor."

    excelente.

    lindo texto!

    ResponderEliminar
  4. Lindo como sempre...abraço grande,

    Maria Luísa

    ResponderEliminar
  5. Olá Rosa, bom dia. Ao ler este seu texto ocorreu-me que os caminhares podem ser melhor suportados pela beleza, pela criação de beleza. Quanto a mim, foi o que a minha amiga aqui fez. Obrigado por este seu regresso. Um beijo pleno de admiração e carinho.

    ResponderEliminar
  6. Muito lindo e que bom te ver de volta serena!!É preciso! beijos,tudo de bom,chica

    ResponderEliminar
  7. E, o que a Srta escreve é um mar de emoções que encanta o coração! abraços

    ResponderEliminar
  8. Escreves sentimentos em lindos versos.Parabéns.

    ResponderEliminar
  9. Linda Rosa, escreves a dor do desamor com maestria, pois o que muitos sofrem são mesmo isso, a dor do amor perdido!
    Abraços
    Ivone

    ResponderEliminar
  10. Rosa querida !!! oque tu escreves e descreves é lindooo!!! demais fiquei extasiado com a sequencia
    dos teus pensamentos e neles viajei para muito muito longe de onde estou ... Obrigado e Parabéns Pedro Pugliese

    ResponderEliminar
  11. O que escreves é pura emoção...lindo amiga.
    Beijinhos,
    Valéria

    ResponderEliminar

  12. E escrevendo assim, Rosa, adoças as feridas e vais desbravando as sombras que em noites e dias de solidão, nos impedem de caminhar serenamente.

    Um beijinho grande, num abraço apertado ainda maior.

    ResponderEliminar
  13. Um dia escreverá a mais pura alegria da alma e todos vamos ficar felizes.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  14. Minha querida poetisa, não ficas assim não.
    Pois se teu amado te deixou nesta solidão, nós teus fãs não queremos te ver a sofrer mais.
    Pois,

    Nesta fria tarde, ao som duma Ave-Maria,
    O badalar dos sinos, parece uma canção.
    Um canto choroso, e uma triste desolação,
    Sussurra nesta alma, saudosa melancolia!

    Senti tua ausência, e que tanto me acalentou,
    Nas letras do poema e o amor que não morreu.
    Agora com a lembrança do amor que foi só teu,
    E uma lágrima vertida por quem tanto te amou.

    Um abraço. Beijos.

    ResponderEliminar
  15. Que bom que você voltou a publicar, Rosa! Os desonestos não podem tirar os talentosos da internet. Beijos!

    ResponderEliminar
  16. Rosa minha querida
    O que escreves, são as emoções, os teus sentimentos de uma tristeza que não te abandona.

    beijinho e um beijinho

    ResponderEliminar
  17. siempre lindo todo lo que usted nos comparte.
    un abrazo

    ResponderEliminar
  18. Belissima postagem como sempre.

    Aguardo voce entre nossas palavras:
    "Enquanto os seus dedos desalinhavam os meus cabelos o meu pranto adormeceu entre os seus seios.silvioafonso

    ResponderEliminar
  19. E é tão bom nos escrevermos a cada dia, Rosa!!! Tornar nossos contornos como realmente são...
    Lindo poema, minha amiga!!!
    Depois de uma grande Ventania Selvagem a calmaria se impera.
    Beijinhos e meu carinho!!!!

    ResponderEliminar
  20. Que feliz eu fico ao ler "de pedra e cal...voltei serena" era isso mesmo que eu esperava. Um grande abraço querida amiga

    ResponderEliminar
  21. Olá!Boa noite!
    Tudo bem por aqui?
    Rosa!
    ..o que tu escreves é o teu verdadeiro eu, uma verdadeira imperfeição de sentimentos,te vemos ouvir, sentir, rir, doer, sangrar, chorar, amar... inspirada... faz você parar e pensar, saber que tu não escreve só para você, escreve para mim e para todos que se emocionam com seu coração em forma de versos...
    Obrigado!
    Boa quarta feira!
    Beijos

    ResponderEliminar
  22. Olá Rosinha, que sonha e não é pouco!

    É o avesso de mim? Ah! Então, comigo é "tudo" às claras, tipo: "tem namorado um burro com um chapéu na cabeça". Sei que me entendeu, porque nós temos uma linguagem própria, só nossa.
    Mas, isto é da calma. Que dia esteve, hoje! E por aí?

    O que escreve é fruto de vivências e recordações.
    Falou de um orgasmo amordaçado? Esse não conheço (olha, que figura triste, eu estou fazendo, mas eu sou sempre, quem sou).

    Um dia vou tentar escrever um poema soturno e a "menina" um sensual/erótico, mas não vulgar.
    Vamos trocar as penas? Estou a falar de canetas, neste caso, teclados.

    Gostei muito da riqueza da sua poesia, que é barroca, literariamente falando, mas não rococó.

    Ai, mas essa tristeza, consome-me o coração!

    Beijinhos da Luz, com apreço e carinho.

    ResponderEliminar
  23. Andei perdido alguns dias pelo nosso Alentejo, passei pela terra que viu nascer esta (tu) poetisa e dei graças a Deus.
    Obrigado por tudo.
    Um beijo grande

    ResponderEliminar
  24. Minha Amiga boa noite

    Tuas letras caminham entre o dia e a noite,pois apesar deste tão grande vazio a grandeza de teu coração é o limite de teus sentimentos e a caneta tua aliada dos momentos de grande perfume que exala tua alma minha querida amiga..

    Tenha de teus amigos a confiança para escrever e lutar por dias melhores de esperança..

    Um grande beijo minha querida Amiga

    Rachel Omena

    ResponderEliminar
  25. OI ROSA!
    MAS, PRINCIPALMENTE O QUE ESCREVES SÃO
    PALAVRAS SENTIDAS E DITADAS POR TEU CORAÇÃO, DAÍ A BELEZA DE TEUS TEXTOS.
    ABRÇS
    zilanicelia.blogspot.com.br/
    Click AQUI

    ResponderEliminar
  26. Muito sentimento querida. Lindo, lindo, lindo em cada verso... muito o que dizer.... restos... tristes... mas lindos!!

    Beijos!

    ResponderEliminar
  27. Rosa-Sonhadora, querida!
    Sempre com seus poemas encantadores, cantados em versos que me fazem muito bem.
    Fiquei pensando que o escritor, seja um poeta ou prosador, e mesmo que utilize ficção, ao contrário do cronista, sempre estará de alguma forma ou de outra, se descrevendo um pouco entre as linhas, em uma que outra palavra.
    Muito sensível!

    Beijos e ótimos dias!

    ResponderEliminar
  28. Olá Rosa, se não me falha a memória esta é a primeira vez que visito tua página, já tive o prazer imediato de encontrar alguns amigos e conhecidos por aqui. Quanto ao poema, eu não sei muito o que dizer, pois acho difícil descrever o que senti lendo ele, é como se eu de alguma forma me identificasse com suas palavras e com a beleza doída de seus versos... lindo!

    http://sublimeirrealidade.blogspot.com.br/

    https://www.facebook.com/sublimeirrealidade

    ResponderEliminar
  29. Rosa

    No teu estilo muito pessoal, como sempre, achei uma imagem poética, muito atraente que se resume nisto: "uma melodia do silêncio... escrita num campo em flor...". A meu ver, é marcante.
    Beijos

    ResponderEliminar
  30. querida amiga Rosa

    obrigado. flores para ti.


    beijos ternura.

    ResponderEliminar
  31. Rosa querida, feliz que tenhas voltado serena.
    Seus versos são ricos, mas tão tristes...
    Um dia quero ver aqui versos de alegria, tomara Deus.

    Um beijo grande e obrigada pelo carinho lá no rabiscos, amei.

    ResponderEliminar
  32. Ola meu anjo! como estás? estava sentindo falta de vc...
    Lindo seu poema e triste...
    彡✿✿⊱╮彡✿✿⊱╮彡✿✿⊱╮A verdadeira pessoa é aquela que fica marcada pela sua presença, não por ser uma pessoa diferente, mas sim aquela que faça a diferença. 彡✿✿⊱╮彡✿✿⊱╮彡✿✿⊱╮

    beijinhos em seu coração
    Lucinha
    http://sonhosecarinhosdetimel.zip.net

    ResponderEliminar
  33. voltei.. esqueci que agora tem um numero 3 após timel.. rsrsrs
    http://sonhosecarinhosdetimel3.zip.net
    beijos

    ResponderEliminar
  34. Querida Rosinha
    Estive fora dez dias (os meus filhos "arrastaram-me" e eu deixei-me levar), por isso só agora venho agradecer o teu beijinho e teu carinho sempre presente.

    Gostei imenso do teu poema. Lindo! apesar de toda a melancolia.

    Beijinho carinhoso

    ResponderEliminar
  35. Continuares a escrever-te talvez vá suavizando o caminhar...

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  36. O que escreve traz a sensibilidade maravilhosa de quem conhece os caminhos tristes deixados por sentimentos vazios, a dor que machuca corações. E nem é preciso viver essa solidão para colocá-la em versos profundos e belos. É a arte dos poetas. Grande beijo!

    ResponderEliminar
  37. Ah Poeta Linda, aqui navegando deliciosamente na sua poesia. Obrigada por você existir...!

    Saudações Poéticas...!

    bja!

    ResponderEliminar
  38. Boa Noite
    A Rosa brinca com as palavras fazendo-as lavas incandescentes
    Os sentimentos soltam-se do seu interior num grito de angústia e desenham nos poemas a seiva que lhe brota dos dedos.

    ResponderEliminar
  39. Querida amiga o que escreve é com alma, deixando sempre um pouco de si em cada poema. Maravilhoso como sempre.
    Estou regressando de férias e lamento muito toda a sua dor e tristeza por ver o seu trabalho plagiado. É tão triste ver como o ser humano por vezes desce tão baixo.
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
  40. Querida Rosa Maria,seus poemas atravessam o Oceano para nos encantar com doces palavras.Nos levam à sonhos além da imginação!

    Bjos.

    Carmen Lúcia

    ResponderEliminar
  41. Versos pungentes e doloridos, mas que te trouxeram de volta serena e calma. beijos Rosa.

    ResponderEliminar
  42. Descreves; - gotas...gotas...
    Passos, passos!...

    ResponderEliminar
  43. Escrevemos de nós e para nós, para nos reconhecermos, e, para nos libertarmos para o mundo.
    Um beijito.

    ResponderEliminar
  44. Quantos sentimentos descritos nas suas suas palavras...

    Gostei muito!

    Bjos querida amiga

    ResponderEliminar

  45. Um retrato de ti, da tua alma, do teu sentir, do coração que tem sangrado.

    Um poema belo espelhado com o teu sentir.

    Bom resto de semana minha amiga

    Bjgrande do Lago

    ResponderEliminar
  46. Minha tão querida amiga,
    O que escreves não te descreve porque tu és a poesia impossível de escrever E tudo é ruído para além da beleza incapaz de descrever esse imenso caudal de desamor de todos os nortes que deixam desnortes. Sendo as nossas "leituras" tão gémeas, como compreendo a forma como te escreves!És sublime.
    E roubarem-te é um rapto quase sacrílego!
    Vai até ao fim! Quando tal vi, fiquei tão confusa que não voltei para não me magoar!
    Por isso te compreendo.Mas com os apoios que tiveste, estes tiveram o condão de confirmares o que és , o que tu vales querida Rosa!
    Um terno e amigo abraço

    ResponderEliminar
  47. Rosa Maria continuas em grande !!! fatalista , cheia de desgraça mas somando êxitos!!! todas as quadras são lindas e tu estás muito bem nessa fotografia!!Beijinhos e feliz setembro

    ResponderEliminar
  48. Olá Rosa Rósea, flor singular da literatura. Decepcionante se ver copiada, imitada, roubada em seus anseios e versos. Poemas se assemelham a filhos e é muito triste vê-los raptados, levados de junto de seus irmãos e de quem os trouxe a luz e os gerou. Amiga essa tristeza vai passar e aos plagiadores agora descobertos só restará uma saída, desaparecerem da net. Escreva Rosa, escreva ainda com mais vontade, escreva, descreva seus temas, suas tramas, seus risos e dores. Sua alma esta no teclado e seus sentimentos são as letras mágicas que formam e se transformam em poemas. Não detenha a sua escrita, a sua sede de por no papel, na tela, num livro o que vive e transpira.Deixe vir a tona vocábulos expressando sentimentos que como aragens vem do coração.Não desanime por conta destes "salteadores" que querem encontrar a obra pronta. Eles passarão e você ficará, porque quem tem uma obra escrita como a sua já possui a eternidade e ficará na história. Amiga eu vim e fiquei feliz em vê-la novamente postando seus rebentos, agora vou, mas prometo voltar sempre. Saudações Poéticas - Mario Neves.

    ResponderEliminar
  49. O sentir feito escrita .
    Mas de uma forma bela e intensa .

    E belo remate . . . de pedra e cal...voltei serena .

    Beijo grande , Rosa Maria ,
    Maria

    ResponderEliminar
  50. Um poema sublime de um sujeito poético que exprime um doloroso sentir, no qual é ressaltado um campo semântico ligado à dor, aqui quase personificada e acompanhante como se fora uma sombra...

    Um prazer ler!

    Bjo :)

    ResponderEliminar
  51. Tudo que escrevemos são nossos sentimentos,,,nossas horas,,sonhos,,,mas muitas vezes quando os soltamos pelo mundo....eles se misturam com as outras pessoas,,,,beijos amiga e um belo final de semana pra ti.

    ResponderEliminar
  52. Quem escreve se liberta. É o que você faz. No fundo, quem escreve tem o tuíto de compartilhar o que sente, pensa ou almeja. Lindo texto. Beijinhos.

    ResponderEliminar
  53. Que extração forte que tirastes das palavras. Sublime.
    Aproveito para desejar-te um belo fim de semana e receba meu abraço com carinho.
    Beijo!

    ResponderEliminar
  54. Minha querida sempre atenta, linda confesso que estive aí ontem para comentar, mas como vi a caixa do correio tão cheia e vi que tudo que eu lá podia meter seria lixo, ao pé do que ai tem dei meia volta e deixei para comentar noutro dia e realmente aqui estou eu no dia seguinte, a responder às suas palavras. Meu bem a sua escrita é a distancia do sol à lua porque até nem nunca se chegam a ver, mas acredite que além de o poeta ser um fingidor nem sempre ele finge, deita muito dos seus sentimentos cá para fora; até por vezes fazendo rir quem está triste, é meu amor parece mentira mas muitas vezes temos até nariz de palhaço, isto no meu caso claro, tenha um dia cheio de amor e muita paz porque luz, eu acho que a que tem lhe chega muito bem olhando os seus lindos poemas.

    ResponderEliminar
  55. E a escrever com alma....porque viver é cheia de momentos de luz e mágoa...
    Obrigada pela visita...
    Beijos e abraços
    Marta

    ResponderEliminar
  56. Gosto que voltes. Um grande bj no teu coração querida amiga.

    ResponderEliminar
  57. oI amiga, nasceste com o dom de escrever, e nós teus fãs admirar,adorar tudo que escreves, é pena que é tão sofrido, um dia ainda. vou vou ver fazeres um poema de amor de pura felicidade, estarei esperando. Obrigada amiga pelo carinho, a minha filha está se recuperando, graças a Deus. Um abração bem grande de puro carinho. Celina.

    ResponderEliminar
  58. 彡♡` Olá, amiga!

    Seus versos destilam sentimentos em forma de poesia...

    Linda noite!
    Bom fim de semana!
    Beijinhos.
    Brasil ♡彡.
    ¸.•°`♥✿⊱╮

    ResponderEliminar
  59. Escreves duma forma sublime.

    parabéns.

    Voltarei.

    beijinho

    ResponderEliminar
  60. Tu escreves o teu coração e nos encanta demais com isso.

    Muitos abraços pra ti minha querida Rosa

    ResponderEliminar
  61. Rosa querida! Obrigada pelo carinho! O que você escreve é lindo! É a sua essência pura! Seu coração, sua alma!
    Desculpe a demora em responder!....
    Um abençoado e feliz final de semana!
    Abraço carinhoso!
    Elaine Averbuch Neves
    http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  62. O que escreve Rosa Maria, é a poesia que lhe vai na alma... e que é só sua... e de mais ninguém...
    Lindo e profundo!
    Um abraço, Rosinha... tenha um lindo e tranquilo FS :)

    ResponderEliminar
  63. Uma das grandes bênções da vida
    é a experiência que os anos vividos nos concebem.
    Aniversariar é uma amostra das oportunidades que temos de aprender a contar os nossos dias.
    mais uma janela e abre diante dos meus olhos,
    mais um espinho foi retirado da flor,
    restando somente a beleza de tão bela data.
    Com fé, na esperança e no empenho por ser melhor a cada dia.
    Seguindo pelos caminhos da verdade e do amor.
    Um dia encontrarei o mais belo jardim, o jardim que representará a realização
    dos meus maiores sonhos.
    Com saudades .
    desejo um feliz final de semana
    venha curtir meu aniversário.
    Beijos na sua Alma sua afilhada,Evanir.
    Amada já respondi seu email vou deixar recado aqui eu mandei um livro pra Isa pela Lindalva por favor escolhe outra pessoa.

    ResponderEliminar
  64. Querida amiga!
    Lindo poema!
    Amei o verso:
    O que escrevo...não é para ti amor...é para a dor
    etc...
    Fiquei chateada com o que li na outra postagem.Que ousadia da pessoa copiar a maioria dos seus poemas sem colocar o seu nome!Ainda bem que você conseguiu uma maneira de impedir isso a partir de agora.
    Não desanime,amiga pois o que é seu ninguém tira que é esse dom maravilhoso,esse potencial que cada vez jorra mais.

    Beijinhos com carinho!

    ResponderEliminar
  65. Boa noite amada Rosa, teu poetar é de uma sensibilidade emocionante, palavras que brotam da Alma. Parabéns, beijokas e um bom final de semana.

    ResponderEliminar
  66. oh.......encanto

    Amo

    bom fim de semana flor


    beijos.





    ResponderEliminar
  67. Rosa,
    ler-te é sempre um refletir.
    Na entrega doce de tua alama exposta, tua sensibilidade a flor da pele, tua poesia tatuada com delicadeza.

    Belo e muito profundo o que escreves.
    Bjo

    ResponderEliminar
  68. Alma nua que se adivinha na tua poesia...

    Beijo, minha amiga.

    ResponderEliminar
  69. Querida amiga

    Perdoe-me
    discordar de ti,
    querida amiga...

    O que escreves
    não são restos
    de ti...
    Mesmo que haja dor,
    o que escreves
    é o melhor de ti...
    O que traz outros
    olhares
    sobre tua vida...
    Teus sentimentos...
    Teus sonhos...
    Tuas verdades
    sem fantasias...


    Vamos semear esperanças pelo mundo
    com os nossos mais bonitos sonhos.

    ResponderEliminar
  70. palavras doloridas, com sentimentos profundos.

    um beij

    ResponderEliminar
  71. O que escrevo...não escrevo para ninguém...só me descrevo
    Apenas um orgasmo amordaçado...lençol feito de palavras
    Uma melodia fúnebre...véu de escuridão onde me embebo
    Gota a gota...escorre o silêncio dos meus dedos como lava


    Como sempre excelente, Rosa.

    Beijinhos e bom fds.

    ResponderEliminar
  72. muito triste o que cantas, quando cantamos a tristeza a alegria teima em não entrar
    beijinhos

    ResponderEliminar
  73. Amiga querida:
    GOSTEI DO TEU VOLTAR!
    Serena e firme e sensível como sempre!
    Tenho muito orgulho em levar o teu selo e rezar para ser a feliz sorteada :)

    beijinhos

    ResponderEliminar
  74. Rosa,o que escreve nos encanta sempre!Mais uma bela poesia!bjs e bom final de semana!

    ResponderEliminar
  75. Confessional e bonito, mesmo que desenhado por letras tristes!

    Meu carinho,
    Anderson Fabiano.

    ResponderEliminar
  76. ROSA MARIA teus escritos são especiais, escritos com as dores de uma alma sofrida, e a dor normalmente é a responsável pelas mais lindas inspirações, beijos Luconi

    ResponderEliminar
  77. Escrever para a nossa alma é bom, funciona como catarse.

    Bom domingo, ROSINHA.

    ResponderEliminar
  78. Bom dia de domingo!!!!
    Que bom ver minha amiga de volta e trazendo com mais força e mais garra o seu poetar...
    Sabias que fico feliz por vc ser essa grande poetisa e não se deixar levar,mas sempre trazer seu mundo poético pra nos encantar...
    bjsssssssssssssss

    ResponderEliminar
  79. Uma tela, uma imagem tua, pintada com a dor do Amor.
    Sublime.


    Beijos

    SOL

    ResponderEliminar
  80. .

    .

    . a escrita como bafejo . e sempre,,, de dentro para fora .

    .

    . um beijo meu .

    .

    .

    ResponderEliminar
  81. Olá Rosa Rósea dos versos! Aqui de novo demonstrando o meu carinho e amizade. Com a alegria natural de uma criança, como um verso enriquecendo uma estrofe, como uma nota musical dando ênfase a melodia, como uma rosa se desprendendo dos espinhos eu chego aqui em sua página saudando você e seus visitantes.Venho sempre aqui com a alma solta e sem pressa para viajar em seus poemas como uma pluma na brisa de uma tarde de verão e ler cada verso como se fosse uma taça de um precioso vinho. Depois disso deixo aqui a minha amizade, o meu carinho e admiração e que o seu domingo seja brilhante como o sol e doce como um favo de mel e a nova semana que se iniciará nas primeiras horas de segunda feira seja produtiva e feliz. Vim até aqui e agora vou, mas prometo voltar sempre. Saudações poéticas - Mario Neves.

    ResponderEliminar
  82. Sim, você escreve com a alma e com a dor da solidão!

    Beijos e bom domingo!

    ResponderEliminar
  83. Minha querida Rosinha
    A minha sincera gratidão,pela tua visita

    Poesias, auroras dançantes

    Sejam elas tristes mas muito sentidas

    Um beijinho Rosinha

    ResponderEliminar
  84. "de pedra e cal... e serena" voltaste!!!

    gostei:))) Sonhadora!
    escrevemos como quem expurga a sua alma, quase vício, necessidade.
    também escrevemos para que nos leiam: satisfação, alimento, também para quem nos lê :))

    beijo, querida amiga.
    até logo.

    ResponderEliminar
  85. .


    Eu vim trazer um beijo
    e dar um cheiro nessa
    Rosa, tão querida.

    silvioafonso





    .

    ResponderEliminar
  86. Querida Rosa
    Mais um belíssimo poema, uma semana repleta de alegrias, beijos

    ResponderEliminar
  87. Olá Rosa e que tudo esteja bem contigo, sempre!

    O que escreve são sentimentos,
    Que ninguém vê, mas,
    Mas que são sentidos, até compreendidos,
    Por quem cá vier, e ler,
    E vai entender o teu viver e sentir, nestes momentos!

    Obrigado pela gentil visita e comentário, e por compartilhar sentimentos intensos neste teu deveras agradável espaço.
    Assim desejo a você intensa felicidade neste teu intenso viver, abraços e até mais!

    ResponderEliminar
  88. Olá Rosa

    Como fico feliz por sua volta serena!

    Me alegra muito podermos ler o que escreves, o que te descreve, que é seu só seu. Podem copiar letras, mas sentimentos jamais copiarão, são únicos, são seus!

    Bem vinda de volta! Bem vinda ao seu lugar!

    Um beijo com carinho!

    ResponderEliminar
  89. Rosa,

    É o melhor de nós quando damos com alma e com o coração;

    Por isso não são restos e sim dores.
    Dores que todos nos temos.

    Um beijo com carinho

    ResponderEliminar
  90. ...Rosinha minha linda e perfumada
    flor,
    o que é bom deve ser copiado,
    mas não neste nível de plágio,
    e eu estou contigo nesta
    mágoa.

    tome sim todas as providências
    para que estes 'ladrões'
    encontrem dificuldades
    nesta arte tão nojenta.

    um beijo, minha querida!

    ResponderEliminar
  91. .


    E disse o poeta aos pés do
    leito derradeiro de sua ama-
    da:
    "Trago-te flores - restos
    arrancados da terra que nos
    viu passar unidos e ora
    mortos nos deixa e separados".

    Machado de Assis à Carolina
    que jazia morta, sua eterna
    namorada.

    Beijos,

    silvioafonso




    .

    ResponderEliminar
  92. E que dor é essa Rosa solidão? É daquelas que trespassam o corpo e a alma?Reli-te... Beijinhos :)

    ResponderEliminar
  93. A volte è bello scrivere a se stessi, ma molto meglio scrivere a un'altra persona!! felice inizio settimana...ciao

    ResponderEliminar
  94. Quando tu escreves para tua dor Rosa querida, tenho certeza que a encantas, torná-a, agridoce, como um outono tomando conta da natureza.

    Muitos abraços meus para ti

    ResponderEliminar
  95. Olá Rosa, que sonha!

    Como tem passado?
    Só falta um para cem, falo de comentários.
    Que bom! Tanta gente a ler o que escreve.
    Passei por aqui, para lhe desejar uma semana de harmonia e paz e porque já tinha saudades.
    Apareça quando quiser e lhe for possível. Tem muita gente para visitar.

    Beijos carinhosos da Luz.

    ResponderEliminar
  96. Minha querida amiga Rosa Sonhadora ( Solidão), quanto mais te leio mais admiro a tua poesia. Não é comum encontrar um poeta que consiga dar voz aos sentires. Divino.
    Os meus sinceros parabéns.
    Um beijinho e uma flor. Boa semana para ti.

    ResponderEliminar
  97. Uauu q belo, intenso, adoro chegar aqui e encontrar estas pérolas q vc oferece a cada um de nós, pra bjos, bjos e bjosssssssssssss

    ResponderEliminar
  98. escreve-se e dá-se a ler,
    serenamente


    um beijo

    ResponderEliminar
  99. Minha querida. Defraudada dos teus poemas, que são na verdade filhos d'alma, é crime! um crime que deveria ser punido com mão de ferro. Quem não cria não sabe o quanto dói expor-se, mostar a alma nua e crua. Ninguém tem o direito de copiar nada de ninguém, pelágios são uma coisa muito mesmo muito baixa!
    Mas ninguém supera a tua forma de escrever Rosinha. A tua escrita é de uma intensidade marcante, de uma beleza unica de verdade! Não escreves para o amor, escreves para ti em "voz alta" e nós, que te seguimos, bebemos essa fonte inesgotável de vida que das tuas mãos brota.

    Parabens por mais um momento belo e intensamente tocante.
    Beijinho e optima semana. Estás de PEDRA E CAL! Sempre

    ResponderEliminar
  100. Boa tarde, querida amiga Rosamaria.

    O que você escreve é lindo!!
    Combina com a voz da grande AMÁLIA RODRIGUES.

    Tenha uma bela semana abençoada.

    Beijos.

    ResponderEliminar
  101. Uma bela semana repleta de poesias pra ti minha amiga,,,beijos e flores....

    ResponderEliminar
  102. Escrever para alguém ou não é secundário.
    O importante é a excelência da tua poesia. Do primeiroao último verso.
    Rosa Maria, querida amiga, tem uma boa semana.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  103. Boa Noite Madrinha Rosa..
    Hoje é meu aniversário creio que esqueceu de dizer quem vai ganhar o livro.
    A Isa vai receber o dela através da Lindalva mandei de presente para ela
    preciso saber quem eu coloco na postagem do meu blog.
    Todos os blogs já enviou seus sorteados .
    No caso de Portugal o Daniel e eu chegamos num acordo pelo MSN já vou avisar agora a noite a todas.
    Madrinha caso estiver difícil a escolha tem amigas muito querida por mim e por vc também .
    Concorda em ser a ♥✿Franciete-✿♥??
    Eu já enviei 3 email creio ñ ter recebido por isso vim direto no blog.
    Caso concordar por favor me avisa no meu blog mesmo.
    Ou outra pessoa que a madrinha queira só preciso postar todos juntos .
    E o livro já disse esta com a Lindalva já em Portugal.
    Estou super feliz com o lindo mimo da Lindalva tão longe de mim chorei da surpresa feita por ela nossa amada moça da Ilha do Brasil.
    Linda semana madrinha a querida beijos,Evanir.

    ResponderEliminar
  104. Adorei! A cadência, o fluir de ideias, tudo! Simplesmente lindo! Bjs

    ResponderEliminar
  105. Boa noite amada amiga, passei para te desejar um bom final de semana com alegrias e realizações, doces beijokas com carinho

    ResponderEliminar
  106. Um despir da alma...
    Um dizer tudo...
    Um sofrimento transposto para
    palavras e palavras dizendo muito
    daquilo que é preciso ter muita
    coragem para dizer.
    Apenas da Rosa Solidão.
    Beijinhos
    Irene Alves

    ResponderEliminar
  107. Você escreve emoção, sentimentos duma beleza ímpar.

    Beijinho

    ResponderEliminar

Amigos são velas acesas ao fundo da escuridão
alumiando o caminhode volta...a presença doce e
serena numa noite de tempestade...são o abraço
suave da vida...palavras ditas muitas vezes em
silêncio aquecendo a alma e o coração.

Um beijinho carinhoso a todos que por aqui passam.
Sonhadora