BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS

quarta-feira, 13 de junho de 2012

Escrevo...para não gritar


Escrevo para não gritar...escrevo para a noite ser mais suave...para não sentir que estou só...tristemente só...escrevo para não me esquecer e para te guardar dentro das minhas palavras...escrevo para que me acompanhes na noite que vive em mim...escrevo para que as letras te afaguem...para guardar as cinzas de um sonho que foi meu...duma Primavera que escureceu.
Escrevo para guardar dentro do meu corpo todos os silêncios que me vestem...todos os gritos que me emudecem o olhar...para expulsar a mágoa e lavar a amargura em cada poema...ressuscitar-te em cada rima...lembrar-te em cada traço.
Escrevo para calar o inferno que se desprende das minhas mãos...os vendavais que ecoam nos meus lábios...os medos poisados nos meus sonhos...os segredos presos no meu olhar...para não morrer no meu rosto a tua imagem...escrevo para me sentir viva em ti.
Escrevo para silenciar a dor e abrir estas grades que enclausuram o meu peito...soltar as amarras que me prendem...desapertar este nó que cala a minha voz...renascer em cada palavra...vestir de lembranças todos os abismos...soltar das minhas mãos todos os gestos.
Escrevo para soltar ao vento esta solidão que me sufoca...escrevo para aquecer as minhas mãos vazias...para calar este grito que me rasga...esta voz que em mim murmúra o teu nome num eco sufocado de palavras amarelecidas tocando a minha pele...ondas de tempestades arrastadas pelo mar que vive preso no meu olhar.
Escrevo como se as minhas mãos prendessem os farrapos gastos dos sonhos...pedaços de tempo atravessados pelo silêncio...enclausurados no meu corpo mágoa...no céu brumoso do meu olhar...nas paredes nuas da vida...nas mãos ausentes de ti...nos dedos dormentes da ternura.
Escrevo tocando o vazio das palavras que não existem...nas memórias que persistem...na noite que afaga a nudez do meu corpo...embalando o nada que me veste e possuindo a minha alma...gritando o cansaço de um momento perdido...num sorriso esquecido por dentro do silêncio da noite...como uma lágrima a escorrer da minha mão.
Escrevo na outra margem do tempo...no outro lado de mim...no regaço de todas as ausências...nas mãos frias da ilusão...nos braços nús do sonho...no branco silêncio da eternidade.
Escrevo os sons do silêncio...como se toda a ânsia do mundo estivesse presa nas minhas mãos.

133 comentários:

  1. E tuas escritas encantam sempre.Lindas!! beijos,chica

    ResponderEliminar
  2. *
    Amiga,
    ,
    a tua prosa,
    tem a força dos vendavais,
    tempestades de sentimentos,
    furacões de verdade,
    as tuas palavras,
    têm a suavidade das brisas,
    o frescor das aragens,
    sopros de gritos . . . escritos !
    ,
    ventanias de elogios,
    deixo-te,
    *

    ResponderEliminar
  3. PUROS SENTIMIENTOS. SIEMPRE UN PLACER LEERTE.
    BESOS

    ResponderEliminar
  4. Sonhadora, escreve para encantar nossas almas.Poesia triste mas cheia de vida, uma fortaleza que não se deixa abater. Lindo!
    Beijos no coração!

    ResponderEliminar
  5. hoje os versos estão melhores ainda se é que é possível !
    grande beijo!

    ResponderEliminar
  6. Escreves com as tintas da alma. Lindo querida amiga.
    Um grande bj no teu coração

    ResponderEliminar
  7. Olá parceira. É meio por aí, escrevemos para libertar demônios, para desabafar, para demonstrar o que não nos sentimos a vontade para demonstrar na vida real e também para nos sentir bem.
    O importante é escrever, sempre.

    ResponderEliminar
  8. Escrevo para não esquecer a vida!

    Amei o texto, sempre me identifico com textos sobre a escrita!

    :)
    beijos

    ResponderEliminar
  9. Que seja assim minha amiga,que nas palavras possa encontrar a paz que lhe faça varar a noite sem os fantasmas que esta carrega,quando as horas cismam em não passar.Mas que fica lindo,isto fica sua inspiração e construção.Assim bom sempre vir ler suas criações que me parece saindo do fundo do coração.
    Uma bela noite e muita paz.
    Carinhoso abraço.
    Beijo de luz nos seus dias.

    ResponderEliminar
  10. CHEGAR AQUI É SENTIR O UNIVERSO DO NOSSO LADO,DESE OS FADOS ATÉ TEU POETAR...
    E HOJE SENDO O DIA DOS NAMORADOS,É DIA PARA SE REFLETIR UM POUCO,SOBRE O AMOR E O FUNDAMENTAL É QUANDO TEMOS UM AMOR PARA CHAMAR DE MEU...
    BJSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS

    ResponderEliminar
  11. como escreves lindo!!!

    escrever é sua sina...é seu dom...seu talento...seu presente...

    "como se toda a ânsia do mundo estivesse presa nas minhas mãos"

    que sejam abençoadas essas mãos!

    bjo querida Rosa!

    Zil

    ResponderEliminar
  12. ...escreve, minha querida flor.

    escreve sim,
    e assim encanta-nos
    com suas letras.

    bjs, alma delicada!

    ResponderEliminar
  13. Bom dia minha doce e querida amiga, em forma de comentário de mais esta bela poesia sublinho só esta frase inicial.

    Escrevo para não gritar...

    Penso que é o que acontece um pouco com todas as pessoas que escrevem poesia.


    Bjs!

    ResponderEliminar
  14. oi minha querida,

    escreve porque te sobra talento,
    porque seu coração transborda sentimentos...

    beijinhos

    ResponderEliminar
  15. O ato de escrever é dar forças a alma,,,aos sentimentos contidos...na realidade a escrita já é por si um imenso grito que ecoa no infinito da alma...beijos de bom dia pra ti amiga.

    ResponderEliminar
  16. A escrita é uma boa companheira nesses dias e noites...
    Beijos

    ResponderEliminar
  17. Oi amada amiga, escrever faz muito bem para a alma, serve para colocar para fora todos os sentimentos, gosto muito de escrever e também de ler textos bonitos assim como este, beijos linda☻

    ResponderEliminar
  18. Olá Sonhadora, boa tarde. Escrever como alternativa a gritar, como um sussurrar que queima por dentro de quem o balbucia e de quem o ouve. Mais uma vez: gostei muito. Um beijo.

    ResponderEliminar
  19. Escreves para nos encantar com a sua sensibilidade.

    Beijos

    ResponderEliminar
  20. A escrita é um grito silencioso, que liberta a alma.
    Beijito.

    ResponderEliminar
  21. .

    .

    . escrever . tão só . como respirar .

    .

    . um beijo meu .

    .

    .

    ResponderEliminar
  22. Rosa minha querida
    Escreves para encantar a minha alma.

    Como entendo as tuas palavras.

    Beijinho e uma flor

    ResponderEliminar
  23. « escrevo para não gritar
    escrevo para a noite ser mais suave »
    e escreve para nos encantar
    a linda Rosa, com poesia e amizade!
    Um beijinho amiga e obrigada pelo carinho!

    ResponderEliminar
  24. simplesmente maravilhoso! Beijos minha querida Sonhadora, continues sonhando brilhantes poemas.

    ResponderEliminar
  25. olá, faz tempo que não passo por aqui, mas por apenas contratempos da vida. Porem sempre quando venho lhe visitar não me arrependo, adoro cada palavra.bjs..e até

    ResponderEliminar
  26. Com o seu talento e a habilidade de trabalhar as palavras, até os farrapos dos sonhos se transformam em filigramas rendadas.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  27. Escreve divinamente... Faz levitar com apenas palavras. Dom! Parabéns.

    Uma abençoada tarde de quarta-feira.
    Um grande abraço.
    Tati.

    http://tatian-esalles.blogspot.com.br/

    Att.

    ResponderEliminar
  28. É tão difícil dizer, seja o que for, pois tens o condão de nos deixares presos nos teus gritos dos teus versos.
    Mesmo em prosa sinto a tua poesia.
    Um beijo

    ResponderEliminar
  29. Escreves para não gritar, mas os teus poemas são verdadeiros gritos de dor, de solidão, de tristeza, mas de infinita beleza e talento.
    Saio sempre daqui comovida.
    Adorei este poema. Adorei.
    Bem hajas

    ResponderEliminar
  30. Rosa, admirável Rosa, tu exorcizas na escrita, e tua escrita é sensacional, mesmo que tu escrevas para não gritar, a poesia grita por ti, e arrasta olhares encantadores ao teu redor.

    Deus te abençoe sempre.

    ResponderEliminar
  31. Olá!Boa noite!
    ...lindos versos...
    ...ah...eu escrevo para desabafar, me distrair e sonhar...consigo realizar nos meus textos meus sonhos impossíveis...consigo aprender com o que eu escrevo...e escrevo quando meus silêncios estão muito pesados para mim...
    Obrigado pelo carinho da visita!
    Boa quinta!
    Beijos

    ResponderEliminar
  32. Escrever é uma maneira de libertar o sentimento, bastante significativo e indulgente, bonito. Um abraço, Yayá.

    ResponderEliminar
  33. OI ROSA!
    SEMPRE NOS ENCANTANDO COM TEXTOS FORTES E INTENSOS.
    LINDO!
    ABRÇS

    zilanicelia.blogspot.com.br/
    Click AQUI

    ResponderEliminar
  34. Olá Rosa! Passando para agradecer a tua visita e o teu amável comentário, bem como apreciar mais uma das tuas belas criações.

    Beijos,

    Furtado.

    ResponderEliminar
  35. Lindo poetar minha amiga.
    Escreves com alma e coração.
    Passei para te deixar
    Um abraço apertadinho
    Um cheirinho bem docinho
    Uma carícia de mansinho
    E para dizer que...
    Eu adoro você!
    Beijinhos encantados
    Gracita

    ResponderEliminar
  36. Lindo poetar minha amiga.
    Escreves com alma e coração.
    Passei para te deixar
    Um abraço apertadinho
    Um cheirinho bem docinho
    Uma carícia de mansinho
    E para dizer que...
    Eu adoro você!
    Beijinhos encantados
    Gracita

    ResponderEliminar
  37. Lindo poetar minha amiga.
    Escreves com alma e coração.
    Passei para te deixar
    Um abraço apertadinho
    Um cheirinho bem docinho
    Uma carícia de mansinho
    E para dizer que...
    Eu adoro você!
    Beijinhos encantados
    Gracita

    ResponderEliminar
  38. Sua poesia nos enche o espírito de emoção. E escrever é uma forma de gritar, colocar pra fora tudo o que sentimos.
    Continue gritando assim tão lindo amiga!
    Bjinhos no seu ♥

    ResponderEliminar
  39. Minha querida amiga,

    Leio o que escreves agradecendo aos deuses este maná poético. Brilhante!



    Beijos com carinho

    ResponderEliminar
  40. Rosa-Sonhadora!
    Que lindo!
    Escrever porque temos na ponta dos dedos todos os sentimentos que razão nenhuma escolhe ou explica, apenas organiza em letras que são levadas por nossa alma a lugar algum dentro de quem as lê, e dentro de nós mesmos.
    Beijos e ótimos dias!

    ResponderEliminar
  41. Oi Sonhadora

    Eu também escrevo para não gritar
    E a ânsia está sempre em nossas mãos, escrever não a retira, apenas alivia.

    Ainda bem... assim podemos lê-la e à sua maravilhosa poesia.

    Beijos com carinho!

    ResponderEliminar
  42. Sonhadora,

    O que escreves absorvo pra vida.
    Que por vezes mais triste que pareces são pequenos momentos dedicados a nós leitores,

    Beijos

    ResponderEliminar
  43. Amiga, a melhor forma de nos esquecermos das duras realidades é caminhando pela magia das palavras que tudo ameniza...
    Lindo poema. Beijinhos e grata pelo seu carinho de sempre...

    ResponderEliminar
  44. Maravilhoso, Sonhadora! Gostei especialmente de "Escrevo para calar o inferno que se desprende das minhas mãos". Era assim que eu me sentia quando comecei a escrever. Beijos!

    ResponderEliminar
  45. o José Luis Peixoto escreveu:
    se nada tens para dizer, escreve

    beijinho

    ResponderEliminar
  46. Rosa querida,muito linda sua poesia,sempre coração!Tem poesia sua no Recanto dos autores tb!Bjs,

    ResponderEliminar
  47. Minha querida amiga Rosa,
    Escreves-te e deixas a tua marca inconfundível por onde quer que passe o teu cansaço, as tuas memórias, os teus gritos...Mas deixa que viaje contigo no silêncio daquele vazio que se sente e onde sentimos "o branco da eternidade"
    Sabes que depois de ler-te, vou saindo, sorrindo com a beleza das tuas palavras tão belamente nostálgicas!
    Aquele abraço ternurento, Rosa!

    ResponderEliminar
  48. E escreves sempre tão bem...
    Este poema, como é habitual, é magnífico.
    Minha querida amiga, tem um bom resto de semana.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  49. Querida Rosa, você escreve com maestria e para encantar quem te visita.
    Somente duas pessoas me agradam quando desfolham as mágoas em poesia
    Florbela Espanca de outrora e sempre e você hoje em dia.
    Esterei em férias apartir de 26/06 e visitarei Portugal durante alguns dias, pretendo conhecer o máximo que for possível. Em 2010 estive em Guimarães, Porto, Fátima e Almerim. bjs e bom restante de semana!

    ResponderEliminar
  50. Olá Rósinha, pensas tu ou não o queres admitir, que este teu poema é mais um grito do teu sentir. Embrenhei-me nele e acabei bebendo a tua amargura. Lindo como tudo o que te sai da alma. Beijos com carinho

    ResponderEliminar
  51. Lindo e tocante como sempre!

    Abraço grande

    ResponderEliminar
  52. Querida Rosa,
    Obrigada pelo carinho da tua meiga passagem pela nossa página e também por nos proporcionares o prazer em ler a tua maravilhosa escrita. Palavras feitas de uma gama fantástica de emoções, uma beleza ímpar.
    Beijos...

    ResponderEliminar
  53. Escrevo-te porque sei que tu existes. Vejo o papel branco ser modificado, constantemente, à medida que entram letras do teu nome!
    Grande Abraço, querida Amiga!

    ResponderEliminar
  54. Boa noite, Rosa. Fico a imaginar o que te inspira a escrever desse modo tão forte, tão entranha, tão sofrido e ao mesmo tempo belo?
    És poeta nata, sem dúvida, e escreve sobre ti, sobre o amor e o desamor, sobre o que quiseres!
    A sua profundidade não me permite delongar o meu comentário, apenas dizer-te, parabéns!
    Um beijo na alma, e fique na paz!

    ResponderEliminar
  55. A escrita é como uma companhia, ela transmite o sentimento do coração.

    Um grande beijo!

    ResponderEliminar
  56. Olá Rosa querida,

    E como você escreve!!!!!
    Difícil até encontrar palavras que traduzam o encantamento que emana de suas letras.

    Maravilhoso!

    Beijo.

    ResponderEliminar
  57. ...Escrevo para soltar ao vento esta solidão que me sufoca...
    ......................
    Este lamento que não abandona---
    Beijo

    ResponderEliminar
  58. E não devemos parar de escrever... a vida... com força, enquanto ela nos permitir.

    Bj

    ResponderEliminar
  59. Escreves, pois tua alma transborda e falar é sempre tão pouco.
    Emocionada aqui, Rosa querida.
    bj imenso

    ResponderEliminar
  60. Tus escritos siempre son magníficos.
    feliz fin de semana.
    un abrazo.

    ResponderEliminar
  61. Olá,Querida Rosa!!!

    E tuas escritas nos envolvem!São versos tão intensos, fortes, densos!!
    Cheios de emoções!!
    Beijos,minha amiga!

    ResponderEliminar
  62. Teu texto é quase exato. E só não o é, pq a exatidão não existe. É fato. Escrevemos na outra margem do tempo. Assim o pensamento tenta a arte de sentir o tempo na própria carne.

    Como filho de portuga... Visitar-te é atravessar o tempo ao som de fados

    ResponderEliminar
  63. Querida amiga, muitas escrever e dizer aquilo que não conseguimos falar abertamente. O papel é nosso amigo e companheiro, aceita tudo, não retruca nada, até recebe as lágrimas que muitas vezes deixamos cair sobre ele. Lindo poema. Tenha um excelente final de semana. Beijocas

    ResponderEliminar
  64. Assim comecei a escrever... para não gritar as tristezas, a solidão, as desilusões, as lágrimas... Continua, faz um bem incrível escrever. E vc escreve lindamente. Um bj

    ResponderEliminar
  65. Escrevo ... porque tem talento e sensibilidade para tal .

    Gosto !

    Beijo grande Sonhadora ,
    Maria

    ResponderEliminar
  66. E está nas suas mãos o grito que não encontra conforto na ausência do amor. Você o colocou em palavras molhadas e silenciosas, mas que retumbam na leitura,
    proporcionando-o.

    Bjs.

    ResponderEliminar
  67. E os sons do silêncio têm a sua voz.

    Beijos,

    Inês

    ResponderEliminar
  68. Querida amiga!
    Continue escrevendo tão lindamente assim!Que maravilha!
    Beijinhos com carinho!

    ResponderEliminar
  69. Oi minha doce amiga
    Seu poema tem tanta força poética que comentá-lo torna-se mais difícil ,não há mais palavras, dissestes todas.
    Que lindo!
    'grades que enclausuram o peito' tenho-as aqui! rs
    abraços sonhadora _ és uma rosa vermelha ,intensa intensa!
    beijinhos

    ResponderEliminar
  70. Seus poemas leio com emoção
    Da comovida sua prosa
    Porque os escreve com paixão
    Da sincera saudade amiga Rosa!

    Desejo bom fim de semana para você,
    um beijinho
    Eduardo.

    ResponderEliminar
  71. Escreve como quem lança encantos e nos encanta.

    Beijos

    ResponderEliminar
  72. Bom,muito bom,Sonhadora Minina,termos voce como fraterna,amada amiga,aussi poeta,aff Marie,Mére de DIEUX!

    BZUZ

    RE E RI!

    AMAMOS VOCE!

    ResponderEliminar
  73. Escrevo os sons do silêncio...como se toda a ânsia do mundo estivesse presa nas minhas mãos.

    É lindo o que escreve...

    Beijinhos e bom fds.

    ResponderEliminar
  74. E que dom maravilhoso você tem.
    Belo poema.

    Bjos.

    ResponderEliminar
  75. E escrever palavras que se escrevem em nós, na solidão do Vento e na loucura da chuva....
    Lindo...
    Obrigada pela visita
    Beijos e abraços
    Marta

    ResponderEliminar
  76. Querida amiga Rosa escreve com alma e toca assim o nosso coração, maravilhoso como sempre.
    Um excelente fim de semana.
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
  77. Que poema mais lindo amiga...vc é maravilhosa...adoro tudo o que vc escreve...vim te deixar um beijinho aqui também!e te desejar um feliz final de semana!

    ResponderEliminar
  78. Continue escrevendo amiga...

    Bom fim de semana pra vc.

    beijooo.

    ResponderEliminar
  79. Escrever por si só já é um grito da alma...é a mais perfeita forma de expressar os sentimentos contidos no peito...beijos de bom final de semana pra ti amiga.

    ResponderEliminar
  80. Na escrita esvaziamos a alma....O que nos atormenta ou o que nos alegra ou ainda doces recordações.

    É um modo tão bom de sentir alivio nos sentires.

    Belíssimo este teu texto assim como o fado...

    Bom fim de semana

    Bjgrande do Lago com carinho

    ResponderEliminar
  81. fico feiz pelas suas escritas, mas, se um dia você resolver gritar com a força das suas palavras acredito que irei ouvi daqui em são paulo(em outras palavras o mundo vai párar para te ouvir).
    beijos.

    ResponderEliminar
  82. mas, minha querida, não é a escrita também um grito?...

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  83. Minha querida Solidão se ela fosse tão querida como tu toda a gente a queria e não seria obrigada a aceita-la.
    Meu bem da saúde cada dia se espera menos vamos indo um, dia de cada vez porque os projetos só mesmo para os arquitetos, por que nós apenas esperamos pelo comboio da partida, isto para te dizer que continua tudo igual, beijinhos de los e muita paz...

    ResponderEliminar
  84. Escreve falando...
    Fala/escrevendo...
    Sente de uma maneira tão única...
    e tem uma capacidade ilimitada
    de as passar para a folha branca...
    e partilhá-las connosco aqui no
    Blogue. Quem diz palavras com uma
    força destas? Quem sentiu para
    ter a possibilidade(de conseguir
    dizer tais coisas...)
    Aqui respira-se sensibilidade...
    e coragem de dizer coisas que por
    vezes podem arrepiar...
    Um grande beijinho da sua sempre
    amiga Irene(apesar de ser apenas
    da Net).

    ResponderEliminar
  85. que lindo querida
    escrever para não gritar
    para não sucumbi
    lindo final de semana bjs

    ResponderEliminar
  86. °`♥✿✿⊱╮
    ♡¸¸.•
    Tu escreves porque tens um dom muito especial... que nos encanta.
    Bom fim de semana!
    Beijinhos.
    Brasil
    ¸.•°`❤✿⊱╮

    ResponderEliminar
  87. Sem me comparar, pois eu "escrevinho", revejo-me no teu excelente texto!
    Bjo

    ResponderEliminar
  88. Toda a tua escrita é um grito; de desespero, de solidão, de angústia e medos, muitos medos.
    Ainda espero ler de ti algo sempre belo mas totalmente diferente.
    Espero e acredito.

    Beijo Rosa.

    ResponderEliminar
  89. Boa noite menina querida. Obrigadão pela visita pois estava com muitas saudades de ti.

    Beijão do ZC

    ResponderEliminar
  90. Escrever é se libertar.
    Adorei o seu texto.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  91. Ah, Sonhadora!

    A urgência da tua vida liberta-se no mar da poesia. Que a inspiração nunca te falte.

    O meu abraço com carinho,

    Véu de Maya

    ResponderEliminar
  92. Escreves porque tua solidão
    está repleta de versos
    que transbordam do teu triste
    coração
    versos que confundem o roteiro
    da tua vida
    porque eles estão contigo
    e tu necessariamente
    não estás só
    mas eles estão contigo
    junto com tuas outras almas
    porque percebo em ti
    uma linha florberliana
    e outras linhas de tantos Pessoas
    todas são lindas
    porque fazem lindos versos
    apesar dos dedos confusos
    de Drummond travar tua
    mão trêmula
    turvar tua retina fatigada
    e teu coração transbordar
    versos verborrágicos
    de solidão e desespero
    tens aquele Eu fichiano
    autentico
    que penso ser ele
    quem esculpe a forma
    dos teus lindos versos
    como este que está mui belo
    e sai rasgando nosso ser.

    Luiz Alfredo - poeta

    ResponderEliminar
  93. Revisitando, para reler o teu imenso grito.

    Beijos

    SOL

    ResponderEliminar
  94. Um post profundo, e encantador
    como tudo que vc escreve, adorei
    Deixo um abraço de bom domingo
    Rita!!!!

    ResponderEliminar
  95. Escreve não só lindos poemas, mas também sentimentos, vida.Beijos.

    ResponderEliminar
  96. O SILÊNCIO LIGA-ME AO MUNDO
    Vem ouvir mil palavras do meu silêncio


    Mágico beijo

    ResponderEliminar
  97. Minha querida amiga, quem escreve como tu nunca está só.
    Sempre que te leio sinto a tua presença.

    beijinhos

    ResponderEliminar
  98. Olá!Bom dia!
    ...ah..já comentei acima...
    bom domingo!
    Boa semana!
    Beijos com carinho!

    ResponderEliminar
  99. °`♥✿✿⊱╮
    ♡¸¸.•

    Boa semana!
    Beijinhos.
    Brasil
    ¸.•°`❤✿⊱╮

    ResponderEliminar
  100. escrevo, porque respiro. "logo existo", diria descartes, sem erro, por certo :)

    beijinho, minha querida!

    ResponderEliminar
  101. escrevo para não gritar, e, escreves muito bem.

    mais um bom trabalho.

    um bom fim de semana

    um beij

    ResponderEliminar
  102. Rosa

    todo o pensamento é vão, se não der origem à palavra escrita. Para que esta se produza, temos de recorrer à solidão. Nesse particular sempre achei, interess





































































































































































































































































































































































































































































































































































































































































































































































































































































































































































































































































































































































































































































































    0 teu fio condutor.
    Beijos



    nte e de talento

    ResponderEliminar
  103. Escreves com a alma as grandezas do teu coração que fluem como flores perfumadas aos olhos de quem lê.....muito lindo

    Beijos minha amiga

    ResponderEliminar
  104. Rosa,
    Há tanta riqueza interior nessa alma...!

    Beijo :)

    ResponderEliminar
  105. Escreves porque a tua escrita encanta!
    Boa semana querida amiga
    Bjs

    ResponderEliminar
  106. Olá Rosita

    Após ausência por motivos de saúde, passo para deixar um beijinho e informar que, embora ainda em recuperação, estou de volta à blogosfera e aos poucos, dentro das minhas possibilidades, visitarei todos os amigos de quem já tenho muitas saudades.

    Tétis

    ResponderEliminar
  107. Suas mensagens me fazem flutuar,amo seu cantinho...bjs

    http://simonebastos2007.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  108. Uma bela segunda feira pra ti minha amiga,,,muita paz, carinho e poesias,,,e uma semana repleta de bons acontecimentos...beijos e beijos...

    ResponderEliminar
  109. .



    Rosa,
    Eu tenho um selo referente aos
    1000 seguidores da minha pági-
    na e como você faz parte desse
    sucesso, ele é seu de direito e
    de fato.

    Um beijo do,

    Palhaço Poeta






    .

    ResponderEliminar
  110. Olá querida Sonhadora!

    Uma vez mais venho pra me deliciar em tua poesia!

    Disseste perfeitamente o que ocorre na alma daquele que escreve pra conter o grito! E quando a alma é de uma sonhadora feito tu, as letras respingam luz de poesia para o mundo, iluminando as frestas escuras e obscuras dos que amam e gritam ou amam e sufocam o grito...
    Mas a poesia é como se fosse a fotossíntese do poeta, que vive através dela, em silêncio ou gritando!

    Te gosto muito querida amiga, porque inspira-me o desejo de poetar mais e mais e mais ...Aprendo contigo, mas ainda sou imperfeita nessa arte que admiro no teu povo amigo!

    Beijos poeticos da Lu...

    ResponderEliminar
  111. Oi Rosa,
    Quem escreste como tu, jamais poderá deixar de escrever um dia. Você tem a escrita tatuada na tua alma. Tudo que escreve toca a alma.

    Beijos e ótima semana!

    ResponderEliminar
  112. Querida Rosinha escrever é também falar
    calar-se e gritar em silencio

    Um beijinho

    Obrigada pela passagem nos lírios do campo

    ResponderEliminar
  113. A escrita é como um sussurro da alma, vertendo pelas pontas dos dedos...

    Abraço

    Runa

    ResponderEliminar
  114. O teu acto de escrita é um acto de amor! Tu és sensível, muito sensível minha amiga!

    Boa semana.

    bj

    ResponderEliminar
  115. Às vezes, escrever é mesmo nossa melhor companhia.
    Beijos!

    ResponderEliminar
  116. Boa Noite Madrinha.
    A saudade me traz aqui para ler seus poemas nos últimos tempos tenho estado em falta nas visitas.
    Espero que tudo se normalize agora caso precisar me afastar será por pouco tempo.
    estou com saudades de si madrinha.
    Linda e feliz semana beijos no seu doce coração.

    ResponderEliminar
  117. Rosa querida,

    Você escreve porque é talento, porque tens a poesia na alma, porque tem a arte da escrita em suas veias!

    Lindo!

    Grande abraço e obrigada pelo carinho de sempre no Palavras

    Leila

    ResponderEliminar
  118. Quantas emoções, quantos pensamentos na tua escrita! Nasceste para escrever, minha amiga!
    Beijinhos carinhosos!

    ResponderEliminar
  119. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  120. Uma excelente terça feira pra ti minha amiga,,,cheia de paz e carinho...flores e beijos...

    ResponderEliminar
  121. Querida Sonhadora

    Estive aqui há uns três dias; estive a apreciar este seu lindo poema, não cheguei a comentá-lo porque, entretanto, tive uma quebra na luz, logo, tudo se desligou...

    Escrever é uma excelente forma de extirpar de dentro de nós a tristeza, sentimentos que trazem frustração e todo aquele mundo de sofrimento de um amor não correspondido, de um amor ansiado ou de um amor perdido. O papel e agora o computador com a 'folha' à nossa frente, é o nosso mais fiel confidente e que nos aceita a nossa dor e queixumes.

    Adoro a sua escrita e a maneira como nos faz entrar no nosso íntimo e tomar consciência de tantos sentimentos escondidos.

    Beijos

    Olinda

    ResponderEliminar
  122. Tão lindos teus versos, tem uma melancolia tão suave...Bjos achocolatados

    ResponderEliminar
  123. Reli com agrado e continuei a gostar imenso das tuas palavras.
    Minha querida amiga, tem um bom resto de semana.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  124. Olá Rosa querida


    Saudades de você por aqui.

    Beijos
    Ani

    ResponderEliminar
  125. Já eu... Grito qdo estou com vontade e qdo me fazem raiva...
    Tenho escrito palavras bonitas e tristes, mas a minha palavra não tem ido mto longe...
    Seria preciso eu virar outra pessoa para tirar essa tristeza de dentro de mim!!!

    bjos

    ResponderEliminar
  126. Venho deixar um beijinho e o desejo de uma boa semana.

    ResponderEliminar
  127. Passei para te trazer um abraço apertadinho e um gostoso cheirinho de bom dia!
    Que o seu dia seja iluminado.
    Beijokinhas docinhas
    Gracita

    ResponderEliminar
  128. Escreves por que teu destino é ser
    Poeta
    E não teces teus poemas de amor
    E paixão com a pena do pássaro negro
    Que trazes no teu lírico coração
    Mas com as lágrimas tristes solitária
    Que vais derramando nas páginas brancas
    Da tua existência abandonada
    Confeccionando rimas para musicar
    Teu poema ornando de madrugadas
    E noites tragadas de tristezas
    São estas lágrimas que compõem
    Teus poemas de solidão
    O luar e as lamparinas apenas reluzem
    Nas gotas de lágrimas o colorido
    Da beleza dos teus versos
    Feitos com olhos de pura melancolia
    Numa doce poesia de amor
    Versos que trazem de volta
    O longínquo amado
    Naufrago de outros destinos
    Agora jaz no poema de lágrimas
    Escrito com dedos confusos
    Pelo piscar dos olhos fatigados
    Por que não escreves versos
    Com tintas
    Mas com os olhos chorando
    Por isso choro ao ler-te
    Por que teus versos têm a rubra
    Cor das lágrimas
    Que escorrem do teu profundo ser
    Pelos rios das tuas entranhas
    Que guardam tuas reminiscências
    E as essências dos teus momentos
    De amor.

    Luiz Alfredo - poeta

    ResponderEliminar
  129. Olá, Rosa. Boa, noite! Uma linda semana pra vc. Obrigada amiga pelo carinho e partilha! Bjos.

    ResponderEliminar

Amigos são velas acesas ao fundo da escuridão
alumiando o caminhode volta...a presença doce e
serena numa noite de tempestade...são o abraço
suave da vida...palavras ditas muitas vezes em
silêncio aquecendo a alma e o coração.

Um beijinho carinhoso a todos que por aqui passam.
Sonhadora