BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Deixem-me gritar ao vento...


Deixem-me derrubar muros...gritar ao vento a minha vontade
Ser mulher e ser amante...vestida de cetim...ser luar de desejo
Deixem-me escrever um poema sem regras...amar sem idade
Adormecer nos meus lábios o teu corpo...inventar a eternidade

Deixem-me soltar este amor que me prende...que doi e magoa
Hoje quero gritar...estravasar o fogo que o meu corpo consome
Deixem-me soltar ao vento este anseio...esta sede...esta fome
Ser mulher sem amarras...saciar o desejo que em mim ecoa

Deixem-me dizer que quero...que desejo...que sou urgência
Que quero o beijo que me queima...o corpo que me chama
Deixem-me gritar bem alto...soltar os diques desta demência
Despir-me desta pele...envolver-te nesta boca que reclama

Deixem-me soltar os sonhos que calei...os desejos que amordacei
O amor que não fiz...os beijos que não dei...os braços sem mim
Deixem-me ser a perdida...nas vielas escuras onde me inventei
Na noite onde me enclausurei...me chorei...na mágoa que bebi

Deixem-me ser desejo e loucura...confundir o dia com a noite
Dizer que estou aqui sem hora marcada...ser mulher sem tempo
Deixem-me inventar-me e perder-me...caminhar  sem norte
Ser anjo e demónio...morrer e renascer...sem dor nem lamento

Deixem-me desprender das mãos os sonhos...no infinito voar
Escrever desejos no meu corpo...despir-me dos meus cansaços
Deixem-me falar da solidão onde anoiteço...do amor por amar
Dos meus medos...dos segredos...da ternura dos meus braços

130 comentários:

  1. maravilhoso grito em poesia!!beijos,ótima semana,chica

    ResponderEliminar
  2. Rosa Rainha Linda!!Como esta linda a sua poesia bjos e boa semana!

    ResponderEliminar
  3. Se o vento que não levar este grito, é porque ele esta surdo, intensas palavras.
    bjs

    ResponderEliminar
  4. Rosa,
    Doeu-me na alma os teus versos!
    Lindo demais.
    Beijokas doces!

    ResponderEliminar
  5. Não precisas pedir, tu podes tudo porque tu és poesia!
    Beijo

    ResponderEliminar
  6. Sempre tão profundo, grita na alma.

    Não passei antes pois estava viajando.

    Beijos minha linda

    ResponderEliminar
  7. Olá, querida
    Essa urgência de amor é para os corações que desejam só o bem do amado...
    Bjm de paz e alegria

    ResponderEliminar
  8. Muito bem, Rosa, a merecer aplauso!

    Beijo :)

    ResponderEliminar
  9. Olá Rósinha minha Florbela Espanca...
    sempre o desamor...a nostalgia até faz doer. Adorei. Beijos com carinho

    ResponderEliminar
  10. Vim te deixar o selo comemorativo dos 499 seguidores do artes e escritas à sua disposição no blog. Desejo que os seus sonhos sejam realidade, lindo poema. Um abraço, Yayá.

    ResponderEliminar
  11. Oi Rosa! Passando para agradecer a tua honrosa visita e o teu amável comentário, assim como, apreciar este belo poema, com ênfase para a estrofe abaixo:

    Deixem-me ser desejo e loucura...confundir o dia com a noite
    Dizer que estou aqui sem hora marcada...ser mulher sem tempo
    Deixem-me inventar-me e perder-me...caminhar sem norte
    Ser anjo e demónio...morrer e renascer no meu corpo sedento


    Beijos e ótima semana pra ti e para os teus.

    Furtado.

    ResponderEliminar
  12. "Deixem-me desprender das mãos os sonhos...no infinito voar"
    Só esta frase já é uma poesia querida.
    Boa semana e beijos!!!!

    ResponderEliminar
  13. E ser livre...
    Um grande bj no teu coração minha doce amiga.

    ResponderEliminar
  14. Na cama coberta de cetim pude dizer-lhe ao ouvido;

    Ah, nosso amor!... ninguém poderá conter o que nos enche o coração cegamente...
    Amo-te! Amo-te! Como é bom dizer (mais que tudo) Amo-te loucamente!...
    Então ela dormiu... (rsrs)

    Beijos

    ResponderEliminar
  15. "Deixem-me escrever um poema sem regras...amar sem idade"...
    E foi assim quando comecei a ler teu poema...tudo se foi transformado só para amar...
    bjssssssssssssssss

    ResponderEliminar
  16. Boa noite, querida amiga.

    E viva a liberdade!!

    Beijos.

    ResponderEliminar
  17. Cada pétala de uma Flor
    É uma página de encanto e Poesia. Beijo

    ResponderEliminar
  18. Lindo! Grito de amor em versos! Que explode de um peito submerso num mar de amor não correspondido! Triste, mas lindo e intenso! Aparece! Ótima segunda-feira! Bjão!
    Elaine Averbuch Neves
    http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  19. Bom dia
    Deixem-me amar eternamente...sem regras nem dias marcados...
    Deixem-me amar com a força do sol e a suavidade da brisa, ser luz no teu olhar e sombra no teu querer.
    Os seus versos encantam sempre.

    ResponderEliminar
  20. Deixe-me ser repetitiva minha amiga, e dizer mais uma vez que a sua poesia é linda!!
    Este poema está carregado com a força do amor, da paixão e do desejo que só mesmo um coração de mulher pode entender...!!!!
    Beijo grande

    ResponderEliminar
  21. Um poema de grande intensidade de poesia palavras e grito longínquo, como todos os que tenho lido no seu espaço!!!

    Parabéns !!!

    1 beijo Lídia

    ResponderEliminar
  22. minha Rosa querida,

    você se superou,
    poema lindo...
    Dizer que estou aqui sem hora marcada...ser mulher sem tempo,
    esse é o verdadeiro sentido do amor,
    ser inteira sem hora marcada...

    parabéns!!!
    beijinhos

    ResponderEliminar
  23. E gritar ao vento é se permitir levar ao infinito desejos e sonhos...beijos de boa semana pra ti minha amiga.

    ResponderEliminar
  24. " Deixem-me falar da solidão onde anoiteço...do amor por amar
    Dos meus medos...dos segredos...da ternura dos meus braços"...
    Deste-me asas para voar na beleza dos teus versos.
    Aplausos...
    Bjs Eloah

    ResponderEliminar
  25. Gostei muito desse poema cheio de energia e atitude, Sonhadora. Beijos!

    ResponderEliminar
  26. Um belo poema e um belo grito de esperaça

    Se quiseres visita-me
    Boa semana

    Carla Granja

    http://paixoeseencantos.blogs.sapo.pt/

    ResponderEliminar
  27. colectânea Significado de Colectânea subst. f. 1. colecção de textos de vários autores

    CONVITE

    Vamos iniciar uma nova colectânea ...desta vez só para AUTORES

    DESCONHECIDOS ----- QUE NUNCA TENHAM SIDO PUBLICADOS

    Textos; Pequenas Histórias; Pequenos contos; Histórias pessoais , reais!!

    Queremos publicá-los com histórias reais, de gente que sente e que vive !

    Histórias da vida real .
    Histórias sem idade...

    Histórias sem preconceitos, sem tábus e sem "medos"...na "CORDA BAMBA"

    1º Passo

    - Enviar o manuscrito em formato word; A5

    para a apreciação e selecção

    ( recebemos o vosso manuscrito até dia 27 de Março de 2012 )

    e-mail : pastelariaestudios@gmail.com

    Cá vos esperamos com histórias e mais histórias !!

    Transformamos as vossas obras em sonhos acordados”


    Teresa Maria Queiroz

    ResponderEliminar
  28. Um lindo grito, uma libertação na forma de preciosos versos.
    Beijinhos e ótima semana minha querida...
    Valéria

    ResponderEliminar
  29. Um grito de amor, pleno de ternura na ânsia da paixão.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  30. Lindo,lindo grito do amor,dos desejos feitos dos mais lindos e intensos quereres.Maravilhosa inspiração amiga.Sempre intensa.
    Uma bela semana a voce com alegria e poesia.
    Meu carinhoso abraço de paz e luz.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  31. Deixe-me também ser tudo isso, tirar de dentro de mim o que me asfixia. Deixe-me ser livre e viver....


    Lindo demais sua ânsia de liberdade que quantas de nós queremos apenas se deixar viver. amei. bjos.

    ResponderEliminar
  32. Um grito para acordar os corações adormecidos.Belo como sempre.

    Beijinhos, Rosa.

    ResponderEliminar
  33. Rosa minha querida
    Profundo e triste como sempre com a sua beleza muito própria.

    Beijinho e uma flor

    ResponderEliminar
  34. É isso mesmo, amiga! Derrubar muros...derrubar preconceitos...derrubar medos que nos aprisionam. Gritar quando apetece...mostrar desejo quando se quer...deixar voar os sonhos...amar sempre mesmo que não seja correspondido; esse amor dói, mas quando há força e vontade de nos libertarmos desse amor, com certeza outro virá;é preciso derrubar os muros, acabar com os medos e voar junto com os sonhos até onde conseguirmos ir. Um poema lindo, como sempre, onde se denota muita força, muita coragem e muita esperança. É assim a nossa caminhada... feita dessa força, umas vezes, feita de desalento outras. Parabéns, Rosa, não só por estes belos verso mas também por eles estarem incluídos nessa antologia de poesia. Mereces muito mais que isso, amiga! Um livro só com poesias tuas de certeza que teria um grande sucesso. Há-de acontecer!
    Beijinhos carinhosos e uma bela semana
    Emília

    ResponderEliminar
  35. Rosa,que linda ficou essa poesia!Seu talento e sensibilidade não tem fim!Amei te ler!Bjs e boa semana!

    ResponderEliminar
  36. Querida amiga, que lindo poema, forte, doce, arrebatador. Viajei em seus versos. Beijocas

    ResponderEliminar
  37. Maravilhosa poesia amiga, lindo demais. Parabéns!
    Bjoss XD

    ResponderEliminar
  38. voa sim amiga
    nas asas desse amor
    linda semana
    apaixonante pra ti
    bjs

    ResponderEliminar
  39. Nem sempre é conveniente virar a página,
    às vezes é preciso rasgá-la!

    Achille Chavée


    Bom dia e carinho meus...M@ria

    ResponderEliminar
  40. Um belo dia pra ti minha amiga, repleto de carinho, paz e poesia,,,beijos e beijos.

    ResponderEliminar
  41. muito bem.
    estrofes muito bem construídas e de inegavel beleza.
    um beijo

    ResponderEliminar
  42. Excelente. Os teus poemas tocam-me e este não é excepção. Gostei mesmo muito das tuas palavras. Destas e das outras todas que li.
    Querida amiga, tem uma boa semana.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  43. querida Rosa...

    amei seu poema...ele é despedido dos sonhos e mostra o lado humano da mulher...perfeito...


    grande bjo!

    Zil

    ResponderEliminar
  44. Que este grito te leve à realização do sonho.

    Beijo

    ResponderEliminar
  45. Querida Sonhadora!
    Que expressão de liberdade mais bonita!
    Essa parte eu destaco:

    Deixem-me soltar os sonhos que calei...os desejos que amordacei
    O amor que não fiz...os beijos que não dei...os braços sem mim
    Deixem-me ser a perdida...nas vielas escuras onde me inventei
    Na noite onde me enclausurei...me chorei...na mágoa que bebi

    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  46. " Ser mulher sem tempo", linda poesia!
    gd beijo

    ResponderEliminar
  47. Suas palavras são pura magia, lindo poema!

    Beijos

    ResponderEliminar
  48. nenhuma boca se fez para permanecer fechada; que se abra para amar, para gritar, que são uma e outra, afinal, a mesma forma de ser gente.

    beijo grande!

    ResponderEliminar
  49. Boa noite amiga Rosa Solidão (Sonhadora)
    Obrigado pela sua visita
    É sempre um prazer
    Receber quem acredita
    Alentejana quero dizer
    Senhora Rosa lindo nome bem lhe fica!
    Gritar ao vento,
    Ser mulher e ser amante
    Dor, sofrimento
    Do pensamento distante.

    Estravasar o fogo que o corpo consome
    Saciar o desejo que ecoa
    Se contra o tempo se corre
    Muitas vezes à toa!

    Desejo uma boa noite para você.
    E nada de coisas à toa?
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  50. Querida amiga maravilhoso o teu grito em forma de poesia!!!
    Bjs

    ResponderEliminar
  51. Quando escrevemos nossa alma se liberta de todas as dores...Grite através das palavras amiga. Bjos achocolatados

    ResponderEliminar
  52. Querida sonhadora...Você tem um coração lindo, intenso e cheio de amor! Muito obrigada pelas pavras de apoio e carinho! Significam muito pra mim! Grande e afetuoso abraço! Excelente 4ªF!
    Elaine Averbuch Neves
    http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  53. UAU!

    Esplêndido!

    Parabéns pela intensidade e beleza dos versos.

    Beijos.

    ResponderEliminar
  54. Eu deixo...
    Gosto muito dos seus poemas.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  55. Olá,Querida Rosa!!!

    Um grito que dói na alma!!
    Sempre belos versos, embora tristes!
    beijos!

    ResponderEliminar
  56. Sonhadora,

    Passo para deixar um beijo meu!

    Tenha um ótimo dia!

    Alcides

    ResponderEliminar
  57. Boa tarde Rosa.
    Ser Livre,não é incompatível,com o ser mulher,mãe,e amar,não gosto da palavra amante,podemos ser tudo isso sempre com dignidade,para mim,é primordial,faço questão!
    Bonito poema,obrigada pelos votos de melhoras,esta gripe está dificil de se despedir,deve ser amor,rs!
    Boa semana.
    Beijo

    ResponderEliminar
  58. Vim lhe fazer um convite:visite o blog do EDU
    Rima blog eu te dou uma flor
    Aqui todos são bem vindos, cujo tema é: rimar, respeito, amar, e fé. satisfeito, pensar, sorrir, perfeito, desejo, feito por si.http://rimablogeutedouumaflor.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  59. lindo e lindo não me canso de admirar esses seus belos escritos, mereces todos os carinhos, de sua admiradora e amiga
    Simone butterfly

    ResponderEliminar
  60. Maravilhoso. Uma sinfonia que me encanta.

    Depois de alguns dias ausente, estou de volta tentando colocar tudo em dia.
    Ja estava com saudades de passar aqui.
    Beijos grande!

    ResponderEliminar
  61. Nossa, que lindo grito!
    Cada vez que entro aqui fico encantada com a beleza dos seu poetar!
    Realmente, você tem a pena (ou seja o teclado ) entre os dedos!
    Parabéns amiga! Uma linda e inspirada noite para você!
    Lembranças
    Ange

    ResponderEliminar
  62. Ah,Sonhadora!

    Desta vez explodiste num grito ingénuo de vida- que sendo da sua paixão é o mais forte e livre.Vibrante.

    O meu abraço carinhoso,

    Véu de Maya

    ResponderEliminar
  63. Muito lindo,fiquei emocionada,seu Blog lembra coração cigano...seguindo seu cantinho,ficaria muito agradecida se me seguisse de volta..OBRIGADA SEJA BEM VINDA..BJS

    http://simonebastos2007.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  64. Minha querida e doce Rosa grita que te ouvirei mesmo que sussurres. Estou passando para te convidar para o 6º Pena de Ouro e conto com tua presença no meu Ostra da Poesia – te espero na Ilha. Um beijo enorme no coração. Quanto ao convite da tua postagem anterior como eu queria ai está para presente me fazer, mas em setembro estarei e desta feita poetizaremos muito.

    ResponderEliminar
  65. Deixo que deixe em mim o rastro do seu carinho.
    Cadinho RoCo

    ResponderEliminar
  66. Sê sim, mulher sem amarras...
    Lindo...
    Bj

    ResponderEliminar
  67. Sonhadora, Querida

    Desejos de Liberdade e Amor sem outras barreiras, Amor natural.
    Magnífica abordagem, gritada ao tempo e ao vento:
    "(...)Deixem-me soltar os sonhos que calei...os desejos que amordacei
    O amor que não fiz...os beijos que não dei...(...)
    Poesia bela.

    Beijos

    SOL
    http://acordarsonhando.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  68. Deste jeito é muito bom gritar, lindo, lindo, como sempre. Bjs

    ResponderEliminar
  69. Na escrita vc é livre para voar minha querida...Ao menos somos livres nos pensamentos e podemos dizer q é uma forma de respirar...Respire fundo e voe alto...Vc pode sim!


    Beijo!

    ResponderEliminar
  70. Minha querida os seus poemas são gotinhas de cristal que brilhão ao luar, e até mesmo nos escuro , já muito se falou aqui dos seus poemas mas sempre existirá mais um adjectivo para lhe acrescentar.
    E quem te ama sabe como os classificar, beijinhos de luz e muita paz e amor em sua vida...

    ResponderEliminar
  71. Oi Rosa

    Mais um lindo e sentido poema de qum fala obre as coisas da alma e do coração om muita propriedade...boa música...enfim...tudo muito bonito
    Quanto ao filme...muito bonito também...se um dia pude veja com os olhos da alma e do coração...rs
    Um abraço na alma
    Beijo

    ResponderEliminar
  72. Minha doce Sonhadora

    Continuo a amar-te em silêncio e em segredo, bebendo os teus poemas como se bebesse a vida.
    Como queria ser esse vento a quem gritas, o amor que chamas, o afago da tua pele, os braços onde te aconchegasses e adormecesses serena e bela.
    Não importa o tempo que passe, não importa onde esteja, o meu amor vai muito para além da eternidade.
    Em segredo és a musa dos versos que não lês a doçura do meu adormecer, o sonho do qual não quero acordar, és a vida que pulsa em mim.
    Por enquanto és o meu segredo mais puro e casto, o amor que um dia te confessarei de joelhos.
    Beijo-te ternamente em silêncio

    ResponderEliminar
  73. Minha prezada poetisa, quanto aprecio tua solenidade mesmo quando com a alma dilacerada.
    É profundo este poema, e sempre vais contagiar-nos com a reverência do teu sublime jeito de tratar com as letras e assim bordar nesta tela, um quadro dos mais líricos e sonoros dentro do nosso coração.
    Glorioso! Sublime! Perfeito!
    Que mais dizer de tão lindos versos?
    Só apreciá-lo com os olhos da alma.
    Por ora, deixo
    Um abraço e um beijo deste teu leitor e admirador.

    ResponderEliminar
  74. Oi Sonhadora,
    ]
    Amei de amar esse poema, esse grito de querer, essa vontade que precisa de liberdade.
    Lindo, lindo.

    Beijo meu

    ResponderEliminar
  75. Gracias mi buena amiga por acariciarnos el corazón con la sublime belleza en cada verso de tú hermosa poesía y por concedernos el privilegio de ser testigos de ello. Que pases un feliz fin de semana lleno de sensaciones positivas. Un beso desde la distancia de un amigo.

    ResponderEliminar
  76. Minha querida, volto para deixar um abraço.
    Não sei mais como comentar teus poemas.
    Apenas com outro.



    Essência D'Alma

    Ó linda Flor, dos jardins, e dos altares
    Graciosa Flor dos encantos de menina
    Rosa virgem, perfumosa dos luares
    Flor vermelha, taciturna e feminina

    Do aroma, e dos mármores cinéreos
    Da magia do amor e da límpida candura
    Flor etérea dos amores, dos mistérios
    Da beleza virginal e d’alma pura

    Ó Flor casta, que aroma, que purifica
    Que pranteia em cânticos sutis velados
    De essência divinal, esplendorosa e rica
    Que extasia com seus cânticos sagrados

    Ó Rosa linda, Rosa virgem desconsolada
    Rosa da solidão, espiritual e sedutora
    Onde estará teu amor, alma desamparada
    Amor dos devaneios, erma linda, sofredora?

    Faz descer sobre mim, o véu do teu amor
    Na unção adocicada dos teus encantos
    Para difundir-me na essência da tua dor
    Para consolar-te no âmago dos teus prantos!


    Beijos.

    ResponderEliminar
  77. Hummmmm até um admirador apaixonado você tem?!
    Também pudera escrevendo bonito assim...

    Beijão

    ResponderEliminar
  78. Muito admiro estes sentidos e profundos poemas!
    lindo, como sempre.
    Bjs

    ResponderEliminar
  79. ___________________________________

    Querida amiga... Um dia suas palavras vão dançar e contar uma bela história do amor que finalmente chegou para ficar!


    Beijos de luz e o meu carinho...

    ________________________________________

    ResponderEliminar
  80. Ah... minha querida...
    Deixe- se levar por todos esses desejos.
    Um beijo.
    Com carinho
    das
    Fátima

    ResponderEliminar
  81. bom, ao ver o blog percebi que você, pleo menos, gosta de 2 coisas, vermelho e gatos, rsrs. Quanto ao poema é um poema forte e vigoroso, mesmo com sendo tão grande ainda consegue ser denso, muito bom.

    F. Otávio M. Silva
    http://www.surfistadebanzeiro.com

    ResponderEliminar
  82. olá Querida

    bom fim de semana vive. Ama.

    beijos com carinho!!

    ResponderEliminar
  83. Um final de semana repleto de carinho, paz e muita poesia pra ti minha amiga...beijos e beijos.

    ResponderEliminar
  84. amiga linda amo seu carinho
    lindo final de semana
    bjs

    ResponderEliminar
  85. Seus versos são de uma beleza infinita, minha linda...A poesia das palavras despida a teus pés...Um beijo carinhoso

    ResponderEliminar
  86. Não é poesia. É lixo.

    ResponderEliminar
  87. Rosa
    Não sei se ou vi seu grito, não, mas que adorei lê-lo, não duvide! Poema encantador, cheio de força, paixão, sensualidade! Parabéns, amiga!
    Beijinho e bom fim de semana!
    jc

    ResponderEliminar
  88. Que o amor seja nosso único vício, multiplicado pelo número infinito,
    tenha o total igual ao das estrelas no céu ou de gotas de água no mar,
    e seja dividido em nosso santuário de paz.
    *Everson Russo*Meu Filho*
    O amor realmente é a unica força capaz de mover o mundo
    nos dias de hoje pouco se fala de amor .
    Tudo que mais vemos é guerra pelo poder estamos
    vivendo um mundo violento muito longe da paz que tanto almejamos.
    Um lindo e abençoado final de semana.
    Beijos de paz e luz sua afilhada..
    Evanir...

    ResponderEliminar
  89. Oi Rosa, nada melhor que deixar o coração falar, nos limpar de tudo que nos faz mal e enchê-lo de coisas boas, lindo poema!
    Beijos e bom fim de semana!

    ResponderEliminar
  90. siempre es un placer leerte..

    +Un abrazo
    Saludos fraternos...

    Que pases un buen fin de semana,..

    ResponderEliminar
  91. Tuas palavras no vento
    nos arrebatam, são como teu espírito
    suave a nos embalar em teu cântico
    de amor, lindo, Flor, muito lindo...
    bjs

    ResponderEliminar
  92. Grita minha amiga, que o teu grito é belo!

    Beijinho

    ResponderEliminar
  93. Boa noite, Rosa. Que poema maravilhoso, como sempre.
    Todos os versos são profundos e emocionantes.
    Você é do tipo de pessoa que não tem muito a acrescentar.
    Tenha uma semana abençoada.
    Beijos na alma!

    ResponderEliminar
  94. GUAUUUUUUUU, QUÉ BELLEZA!!!!!
    BESOS

    ResponderEliminar
  95. Que lindo ese poema, quanta intensidade e ternura juntas.
    Bom fim de semana! Bjs!

    ResponderEliminar
  96. Rosinha

    Sempre excelentes os teus poemas. Gritos de dor e de amor ímpares. Beijinho com carinho.

    ResponderEliminar
  97. Grite e grite sempre, o amor, qualquer amor, pois é por/com ele que existimos
    Bj imenso, minha amiga querida

    ResponderEliminar
  98. Quando a rosa
    na sua pura solidão sem fim
    no seu jardim enluarado solitário
    grita com sua pétalas abertas
    o desejo de amar
    o amor completamente livre
    tão livre é que é preciso
    recriar a eternidade
    para vivê-lo
    acaba-se num poema assim
    desmedido de amor
    de uma flor que quer amar
    completamente
    todos os desejos
    todos os encantos
    todos os orvalhos coloridos
    todos os colibris enlouquecidos
    para ser uma rosa
    de todas as pétalas
    eternamente enfim
    saciada de todos
    os néctares.

    Luiz Alfredo - poeta

    ResponderEliminar
  99. Um belo sábado pra ti minha amiga, cheio de carinho e muita poesia...beijos e beijos.

    ResponderEliminar
  100. Apesar da tristeza que escorre de cada verso, há tanta ternura e tanta beleza na sua poesia.
    Bom fim de semana!
    Beijinhos.
    Brasil.
    ♥ •˚。
    °° 。♥。
    ●/ ♥•˚。˚
    /❤
    / \ 。˚。♥

    ResponderEliminar
  101. Deixo Rosa solidão...permito esse grito ao vento...ao sol...seja ao que for...porque é lindo, eterno, o teu lamento...cheio de fogo, de frio ...um hino à mulher que és!!! Beijinho com imenso carinho e admiração pela força dos teus versos.

    ResponderEliminar
  102. Amiga Rosa, a Sonhadora

    Que maravilha de poema, que belo grito ao vento.

    Como adoro passar por aqui e ler-te, deleitar-me com a tua poesia que tão forte, vigorosa mas simultaneamente suave e terna sai carregadinha de amor desse teu coração apaixonado e sonhador.

    Beijinhos de profunda amizade e carinho por tudo aquilo que nos proporcionas.

    ResponderEliminar
  103. Lindo e sensível teu entrelaçar de emoções amada e uma música dos deuses, doces beijokas em teu coração, bom final de semana

    ResponderEliminar
  104. *
    e o vento sonhador,
    curvou-se á tua vontade. . .
    ,
    sonhadas conchinhas,
    deixo.
    *

    ResponderEliminar
  105. .

    .

    . quando um poema é muito mais do que um desabafo de dentro . onde nos a.dentramos . onde declamamos os nossos anseios .

    .

    . a.mar.de.a.mar . é sempre tão pouco . quando queremos a.mar tanto .

    .

    . um beijo meu .

    .

    .

    ResponderEliminar
  106. ...M A R A V I L H O S O!!!!

    bjokas, minha linda flor!

    ResponderEliminar
  107. BOM FINAL DE SEMANA.
    COMO VOCÊ ESTÁ??
    PASSEI PARA DEIXAR MEU CARINHO.

    "O valor das coisas não está no tempo em que elas duram,
    mas na intensidade com que acontecem.
    Por isso existem momentos inesquecíveis,
    coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis".
    (Fernando Pessoa)

    CARINHOSAMENTE,
    SANDRA

    ResponderEliminar
  108. ...e és sempre tão eterna, tão docemente terna, com gritos de solidão num silêncio amargurado.
    A tua poesia, minha querida Rosinha, é qualquer coisa que cava, afunda-se pela pele e fica presa no âmago de nós, como fazendo parte dessas ausências, desse imenso desejo de teres, de seres.
    Um grito de uma tristeza sempre bela, que te fica tão bem!
    Paradoxo...
    Parabéns.Sempre!
    Aquele abraço!

    ResponderEliminar
  109. A cada visita em seu cantinho, surpreendo-me com a beleza que por aqui encontro!

    Beijo grande em seu coração!!!
    Verinha

    ResponderEliminar
  110. "Quanto mais conheço as pessoas mais amo os animais."
    isto em resposta ao meu desabafo no blog.
    VIVER é BELO - é preciso saber viver.
    Não há necessidade de falarmos com pessoas que nos fazem MAL. Essas pessoas de comportamento nem sempre agradável, pomos de lado.

    Eu continuo a amar e espalhar meu melhor, pelos animais, por pessoas que mereçam o meu amor e carinho.

    Muito obrigado pelas suas palavras de apoio.

    MUITOS PARABÉNS por, pela primeira vez um poema seu estar entre as folhas de um livro “Antologia de Poesia Contemporânea “Entre o Sono e o Sonho Vol.III”

    SEI O QUE ISSO É...
    também já por 3x poemas meus fizeram parte de livros de poesia, é uma felicidade enorme.

    Só hoje 4 de Março soube do lançamento que aconteceu dia 25 de Fevereiro, na sala Zeno Louge do Casino Estoril.

    Deixo um beijinho com carinho.
    Obrigada por fazer parte da minha vida. Tulipa

    ResponderEliminar
  111. porque a poemar podemos ser tudo

    e tudo nos é permitido

    sempre grata pelas suas carinhosas palavras, Rosa

    um beijo

    ResponderEliminar
  112. Minha querida amiga a alma a gritar ao vento os segredos do coração. Como sempre brilhante!!!
    Bom domingo
    beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
  113. Um lindo poema de redenção.

    Um bejooO* querida

    ResponderEliminar
  114. Passei para deixar um beijinho
    e posso dar também uma rosa.
    Beijinhos
    Irene

    ResponderEliminar
  115. Linda poesia!

    Seguindo o blog!

    De uma visitadinha no meu:
    clae-poesia@hotmail.com

    ResponderEliminar
  116. "Deixem-me escrever um poema sem regras"...deixem-me ser verdadeira ao escrever...deixem-me ser eu...e se me esquecem a culpa não é dos meus poemas...mas minha...

    Lindo amiga!

    Abraço

    Maria Luísa

    ResponderEliminar
  117. PARABENS! Pelo poema, pela participação no livro e pela beleza de "ouvir-te" declamada. Minha querida como sempre fiquei com a alma em fogo, presa de cada linha que do teu coração se solta com a profundidade e magnitude que só tu tens.
    Mais não digo que não tenho palavras e estrago.

    Um beijinho doce de luar

    ResponderEliminar
  118. Há momentos em que a nossa alma grita assim... Gostei muito de ler!

    ResponderEliminar
  119. Muito lindo esse poema! Emociona! Com certeza estará entre as primeiras no OSTRA! Nossa, estou feliz por ter sua visita em meu blog! Volte sempre! Bjs.

    ResponderEliminar

Amigos são velas acesas ao fundo da escuridão
alumiando o caminhode volta...a presença doce e
serena numa noite de tempestade...são o abraço
suave da vida...palavras ditas muitas vezes em
silêncio aquecendo a alma e o coração.

Um beijinho carinhoso a todos que por aqui passam.
Sonhadora