BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS

domingo, 3 de abril de 2011

Noite...minha amante


Noite minha amante...que voluptuosamente me abraças
Silenciosamente...te entrego meu corpo...tão cansado
Ternamente me possuis...e na tua escuridão me enlaças
Vestida de negro...choro e canto...nesta dor o meu fado

Hoje a dor me asfixia...num sorriso amargo...numa lágrima
Deixem-me chorar...quero soltar ao céu o meu lamento
Hoje o passado me doi...e o futuro veste-se de mágoa
Hoje deixem-me só...quero gritar esta dor ao Vento

Não chorem por mim...não me lamentem...triste louca
Deixem-me na treva...não toquem meu corpo sem vida
Deixem-me sem rumo...na poeira do tempo vago envolta
Caminhando entre as pedras...tão magoada...tão dorida

Sou o manto da noite...vagueio num abismo profundo
Não sei quem sou...quem fui...é na treva que habito
Calei o meu grito...amortalhei-me...cheguei ao fundo
Silenciei o meu corpo...calei a voz e morri...nada sinto

Envolta no negro manto...a ti morte...serena me entrego
No meu peito...tudo é escuridão...tudo é tristeza e nada
Neste lamento me vou...e deste mundo nem saudade levo
Entre preces e soluços...na noite deixo a minha mágoa

Vestida de brocado...negra nuvem...minha solidão
Suave sopro de vida...além da margem...além da dor
Vazios eternos...escorrem tão tristes...da minha mão
Rasgando a alma e o corpo...um triste poema de amor

100 comentários:

  1. Triste, mas lindo...
    Um grande bj querida amiga

    ResponderEliminar
  2. Querida Rosa

    "Um triste poema de amor" mas também envolvente e que não deixa ninguém indiferente.

    Um grande beijo

    Olinda

    ResponderEliminar
  3. NOS VAS LLEVANDO A TRAVÉS DE TUS LÁGRIMAS.
    BESOS

    ResponderEliminar
  4. Falas de descrença, sem esperança, de ti esquecida,
    falas alheias a tua identidade, quando acima te lembras quando menina, cheia de encanto e ternura, sorrindo pra vida.
    Mas ela não sei foi, está aí, contigo amordaçada, ferida, triste sem falas, no silêncio que de ti judia...
    Ama minha amiga, a ti mesmo, desanuvia que o amor não se acaba, se renova a qualquer preço...

    Lindo poema... Esse que anos atrás eu me via. Mas dei-me ao banho da noite serena e da parte amarga, deixei perdida nas arestas da madrugada, pegando carona, renovada ao início do novo dia, porque o novo me aqueceu...

    Carinhos de beijos pra ti minha querida
    e um feliz fim de semana pra ti

    Livinha

    ResponderEliminar
  5. Sou o manto da noite...vagueio num abismo
    Não sei quem sou...quem fui...é na treva que habito
    Calei o meu grito...amortalhei-me...cheguei ao fundo
    Silenciei o meu corpo...calei a voz e morri...nada sinto...

    Estas palavras bastam para me definir.

    Bjs!

    ResponderEliminar
  6. belas letras vc tem uma maneira linda de dizer en letras o sentir que de seu coracao nace, aquele que deseja brotar en estas lineas que de forma clara se sente... parabems

    saludos
    otima semana
    abracos amiga

    ResponderEliminar
  7. Querida que lindo!
    Tão triste e lindo!!
    Beijos,
    Carla Fernanda

    ResponderEliminar
  8. Quanta sensibilidade nesse poema!

    Beijos

    ResponderEliminar
  9. Eta poesia bonita! Eu que não consigo fazer assim. Bj

    ResponderEliminar
  10. Belíssima como sempre , tanto sentimento!
    Um belo final de semana.
    É aniversário do meu blog.
    Tem um selinho que tentei fazer, se gostar leva, é com carinho. Obrigada. Bjs Edna

    ResponderEliminar
  11. Um triste poema de amor. Mas que em versos o torna lindo!!!


    Beijos e linda noite querida amiga.

    ResponderEliminar
  12. Seus poemas tocam muito ,bem no fundinho do coração sonhadora.
    Amada amante é a noite , hora do aconchego ou da solidão.
    Parabéns de novo, sempre me surpreende e encanta.
    bom domingo
    deixo meus abraços

    ResponderEliminar
  13. ...Rosa minha querida linda,
    como sempre um poema que sabe
    a dor...mas de qqr forma,
    lindo!

    bjokas, minha flor!

    ResponderEliminar
  14. Aqui a dor toca-nos levemente e outras vezes parece que nunca nos deixa. Estendeu raízes.

    Calei o meu grito...amortalhei-me...cheguei ao fundo

    Seu jeito de cantar a dor.
    Quem muito ama também muito sofre.

    ResponderEliminar
  15. Excelente e Notável Poetiza Amiga:
    "...Hoje a dor me asfixia...num sorriso amargo...numa lágrima
    Deixem-me chorar...quero soltar ao céu o meu lamento
    Hoje o passado me doi...e o futuro veste-se de mágoa
    Hoje deixem-me só...quero gritar esta dor ao Vento..."

    Mesmo na tristeza é uma linda e esbelta poetiza de sonho.
    Linda e pura.
    Tem sentimentos maravilhosos e sublimes de talento poético fabuloso.
    Parabéns.
    Simplesmente, adorável e terna.
    Beijinhos amigos de respeito imenso pelo seu extraordinário poeder comunicativo em versos magistrais.
    Sempre a admirá-la

    pena

    Bem-Haja poetiza de sonho.
    Fico-lhe grato pela ternura expressa no meu blogue.
    Adorei.
    É maravilhosa.

    ResponderEliminar
  16. Sei que um Dia vais voltar a SORRIR...Mas será que os teus Versos serão,então,diferentes?
    Ñ sei.As marcas no teu "eu" são tão fortes...
    Beijo.
    isa.

    ResponderEliminar
  17. Poema triste e lindo, parabéns e um bom domingo pra você, beijos.

    ResponderEliminar
  18. Prefiro me encontrar com a luz, alegria, diversão.
    A tristeza deve ser lançada no lodaçal das inutilidades.
    Também fico triste, entretanto, mando-a à PQP!

    Bjs.

    ResponderEliminar
  19. "Hoje a dor ma asfixia...num sorriso amargo...numa lagrima Deixem-me chorar... quero soltar ao céu meu lamento Hoje o passado me doi...e o futuro veste-se de mágoaHoje deixem-ms só...quero gritar esta dor ao vento"

    Querida Rosa é nestas palavras que me identifico, é um poema triste tal qual me sinto, vejo-me nas tuas palavras.
    Beijinho amiga

    ResponderEliminar
  20. o eterno bocage te revisita:

    Ó retrato da Morte! Ó Noite amiga,
    Por cuja escuridão suspiro há tanto!
    Calada testemunha de meu pranto,
    De meus desgostos secretária antiga!

    Pois manda Amor que a ti sòmente os diga
    Dá-lhes pio agasalho no teu manto;
    Ouve-os, como costumas, ouve, enquanto
    Dorme a cruel que a delirar me obriga.

    E vós, ó cortesãos da escuridade,
    Fantasmas vagos, mochos piadores,
    Inimigos, como eu, da claridade!

    Em bandos acudi aos meus clamores;
    Quero a vossa medonha sociedade
    Quero fartar o meu coração de horrores.

    a noite é enganadora, mas sacia a dor com a própria dor.
    um beijinho, doce amiga!

    ResponderEliminar
  21. Amante de todos nós, dos nossos sonhos,,,desejos,,,nos conta segredos e nos faz viajar longe....beijos de boa semana pra ti querida.

    ResponderEliminar
  22. "Ainda que haja noite no coração, vale a pena sorrir para que haja estrelas na escuridão..."

    Beijo minha querida e as minhas desculpas se tenho andado ausente.

    ResponderEliminar
  23. O amor tem de se sobrepor á dor, são dois extremos que se tocam mas só um deve ficar e esse é sem duvida o amor pois esse é pleno vive no universo e continua eterno para lá da morte fisica.

    tens uma gatinha Luna tão fofinha, eu tambem tenho duas meninas a Farrusca e a Naya perdi a minha Diana adorada com 13 aninhos ainda hoje choro quando me lembro que partiu~
    beijinhos

    ResponderEliminar
  24. Minha amiga querida, que lindo, triste e lutuoso poema!
    Tua alma está chorosa, porém inspirada, ao ponto de derramar-se em doces palavras?
    Mas que não seja assim... pois...

    Alma encantadora, amorosa e compassiva,
    Que triste fado, ao som dos teus lamentos...
    Alma meiga, delicada, que das lágrimas cativa,
    Do teu ser angelical, e profundos sentimentos

    Que canta ao amor, com poema de ternura,
    Com a dor, em plangentes guitarras a chorar
    De teu sonho amargo, de secreta amargura
    De teu sonho amargo, em teu peito a pulsar

    Deixo um abraço afetuoso, desejo um bom domingo e muita paz.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  25. Poemas de encontros e desencontros, que se prolongam pela noite da vida.

    ResponderEliminar
  26. " Suave sopro de vida"
    Então ainda és, ainda estás, ainda sonhas...
    Como sempre nostálgico e maravilhoso.
    Beijos

    ResponderEliminar
  27. Querida Amiga.
    Quando se bate no fundo, pensamos que é o fim.
    A vida é um constante renascer e nunca devemos deixar morrer a esperança.
    Podemos emergir, lentamente, e ver de novo o Sol brilhar.
    Triste, lindo e comovente poema.
    Com todo o meu carinho e muita admiração.
    Beijinho
    Janita

    ResponderEliminar
  28. Um dia ainda quero te ver feliz amiga.

    Um gdeeeeeeeeee abraço.

    beijooo.

    ResponderEliminar
  29. Os poemas de amor deveriam ser felizes como ele. Morrer de amor,seria renegar a liberdade que ele dá. Lindo poema! Montaõ de bjs e abraços

    ResponderEliminar
  30. a noite nos sufoca e nos alivia.. nos leva em sonho e nos desperta em pesadelos..
    versos intensos querida..
    beijos

    ResponderEliminar
  31. Apesar de triste o poema é lindo! e espero que a trizteza seja só na escrita...
    Bjs

    ResponderEliminar
  32. Olá, vim agradecer sua visita e te oferecer o selo esse blog tem um ótimo conteudo
    e deixar o meu toque de carinho e amizade
    san

    ResponderEliminar
  33. Poetisa de Além Mar

    Quando aqui chego... duas emoções fazem tremer minha alma: A primeira esta musica, que me encanta... depois seu poema que me cala.
    um grande abraço

    ResponderEliminar
  34. Oiii...
    É sempre bom vir aqui e receber essas energias que fluem de suas palavras.
    Energias que inspiram e acalmam, que agitam e nos poe pensamentos e ideias na cabeça.
    Bjos no coração e tudo de bom pra vc. É bom poder estar aqui...

    ResponderEliminar
  35. Versos doloridos...e lindos!!!!!
    Beijo amiga querida
    Teu poema fala muito por muitos de nós!
    Belíssimo!
    Bea

    ResponderEliminar
  36. Noite amante de tantos nos, mas nem todos tem a mestria de escrever assim a dor da saudade!

    Bjs dos Alpes

    ResponderEliminar
  37. Minha querida amiga:
    Este foi o mais belo e triste poema de amor que li.
    Porque será que a dor, a tristeza e a solidão desperta assim as mais íntimas emoções?
    Só um poeta saberá responder... e eu poeta não sou.

    LINDO!!!!

    Beijinhos tristes

    ResponderEliminar
  38. Sonhadora

    Mais um momento de dor.
    Mais um desejo nas entrelinhas!
    E quantas vezes na noite nos entregamos à morte (a interior).
    Sempre um prazer ler...sempre um rever de...

    Beijinhos querida!

    Luar

    ResponderEliminar
  39. Olá Sonhadora
    Obrigado pela carinho do selo, publicarei oportunamente.
    Beijos

    ResponderEliminar
  40. Triste, mas lindo!

    Tua intensidade é impressionante!

    Beijinho de Luz, moça sonhadora!

    ResponderEliminar
  41. Oi Rosa! Eis que aqui retorno para apreciar muis um dos teus belos poemas. Adorei, com ênfase para a estrofe abaixo:

    Sou o manto da noite...vagueio num abismo profundo
    Não sei quem sou...quem fui...é na treva que habito
    Calei o meu grito...amortalhei-me...cheguei ao fundo
    Silenciei o meu corpo...calei a voz e morri...nada sinto

    Quanto ao selinho, o mesmo já se encontra postado no Arte & Emoções-Prendas. Mais uma vez, muito obrigado.

    Beijos e ótima semana pra ti.

    Furtado.

    ResponderEliminar
  42. Rosa!

    Leio seus poemas e minh'alma viaja e persegue sonhos deixados para trás e irrecuperáveis!

    Você é fantástica!!!

    Os versos da abertura de seu bolg me fizeram chorar...muito,muito lindo!!

    Um beijo carinhoso e minha admiração!

    Sonia Regina

    ResponderEliminar
  43. Um poema para meditar!
    ---
    Felicidades.
    Manuel

    ResponderEliminar
  44. Querida Sonhadora,

    Muitas vezes a gente quer ficar sosinha...longe de tudo e de todos...mas depois quando sente que alguêm ficou conosco e nos limpou as lagrimas e escutou a nossa feridas...ficamos mais aconchegadas e menos sofridas,eu sou uma dessas pessoas que está aqui junto de tantas te aconchegando.
    O teu poema um dos tantos que já li lindo!

    Bjinho cheio de luar

    ResponderEliminar
  45. Ah,que música linda...Quando entro aqui, ela me invade, me abraça e eu ouço versos e canto poesia...Bom demais seu espaço Rosinha Sonhadora. Bjs amiga.

    ResponderEliminar
  46. Bom dia,Rosa!!

    Ah!...Que triste!!É a sensibilidade que grita!!!Que exige!!A poética é linda!
    Que a vida lhe traga mais motivos para sorrir!
    beijos querida!

    ResponderEliminar
  47. Muito lindooo amei o poema,teu blog é muito lindo,uma semana iluminada pr vc bjks!

    ResponderEliminar
  48. Doce Sonhadora: lindo poema: Mas uma tristeza com sensibilidade de quem grita, como gosto de ler os teus poemas. peço desculpa por andar um pouco fugido, mas não tenho tido vagar sabes que fui ordenado Diácono no dia 8 de Dezembro e agora tenho tido mais que fazer me desculpa.
    Beijos
    Santa Cruz

    ResponderEliminar
  49. Boa tarde, querida amiga.

    Triste e bonito...
    Parece "Fado" Eu adoro fado.

    Um grande abraço.
    Tenha uma linda semana, cheia de paz e realizações.

    (Muito obrigada pela honra da sua visita, e pelo comentário gentil)

    ResponderEliminar
  50. A noite, sempre a nos iludir com suas nuanças , como os perfumes trazidos pelo vento, a nos fazer lembrar de um amor que tanto nos faz falta...

    Fiz inúmeras poesias ilumina por uma noite com muitas ou poucas estrelas...

    Que Deus abençoe a tua semana...

    Abraços mil.

    ResponderEliminar
  51. Uma semana linda amiga querida.
    beijos meus,Evanir.

    www.aviagem1.blogspot.com

    ResponderEliminar
  52. Amiga estou passando para lhe agradecer o carinho que me tem dedicado nas suas palavras, seja sempre esse ser abençoado por Deus e posto ao serviço dele, para amar o próximo.
    Beijos de luz e muita paz

    ResponderEliminar
  53. Essa dor estampada na noite, que mistura solidão e abandono, faz de um triste poema, como o seu, um grande cúmplice a tantos e tantos que também murmuram seus desencontros...

    E essa cumplicidade tanto suporta quanto mete medo... Será que esse amargo abandono será também colocado na caminhada, enquanto tropeços ocasionados por visões turvas e passos trôpegos?! Tenho medo dessa noite um dia...

    Meu carinho a você, Sonhadora!

    ResponderEliminar
  54. Minha querida rosa rainha,quanta beleza ,amor ,dor ,tristezas ,mãos dadas entrelaçadas,uma busca ...em cada verso,vim te dar um bjo e desejar otima semana !

    ResponderEliminar
  55. As vezes nos vestimos de noite...
    Mas devemos sempre nos lembrar que temos bordado em nosso vestido o brilho das estrelas a nos iluminar...
    beijos achocolatados

    ResponderEliminar
  56. Querida Rosa
    Tem um miminho no meu cantinho.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  57. Minha querida amiga,
    Quanta tristeza..., sinto cada palavra, cada lamento que te veste essa alma linda de negro, esse coração doce de dor...
    Sinto como tu, mas temos que olhar o céu e pedir às estrelas que nos iluminem o caminho.

    Tens uns miminhos para o teu cantinho no meu atomovida :)

    Beijinhos com amizade e carinho

    ResponderEliminar
  58. Um sentir profundo...
    Amiga Sonhadora, passando para te ler e te desejar uma feliz semana!
    Meu carinho de sempre, beijo azul! RO

    ResponderEliminar
  59. osa, minha amiguinha querida e grande poeta, você é um espetáculo constante, menina linda.

    Obrigado pelas suas visitas. Beijão do Zé Carlos

    ResponderEliminar
  60. Por engano saiu errado - Rosa, minha amiguinha .....

    ResponderEliminar
  61. Amei, adoro poemas meio punk, com misterios, dor e sofrimentos...amo falar sobre solidão, adoro momentos tristes para poder escrever, mas sempre direi: Nao confundas os personagens com realidade, pois as vezes, escrevemos o que sentimos ou nao vivemos...sei la....amo textos punks....vou fazer alguns mais tarde....bjin e Parabens!

    ResponderEliminar
  62. Uma bela imagem alida a lindas palavras. Boa noite, amiga sonhadora. Bjs

    ResponderEliminar
  63. Olá Rosa,

    Te vi no blog da Anita e vim conferir, me senti deslumbrada com tudo que vi por aqui, belas poeisas, me encantou.

    Beijos e boa noite.

    Maria José.

    ResponderEliminar
  64. Rosa,


    Versos lindos e carregados de suave melancolia ...
    Pura beleza além da dor.


    Bjo e um Dia de Paz.

    ResponderEliminar
  65. lindo como sempre..
    triste também..
    dias alegres estão chegando.

    bjs.Sol

    ResponderEliminar
  66. Olá

    A noite não tem porque ser escura e triste!

    Um abraço e um sorriso

    ResponderEliminar
  67. Querida Rosa, minha doce amiga!

    Mais um triste poema e eu impotente vejo-te, sinto-te e desespero-me por tanto sofrimento imerecido.
    Que fazer Rosa? Li o teu comentário e chorei... porque quando escrevi aquele texto mal te conhecia, mas ele a ti podia ter sido dedicado.
    Considera-o teu. Se ele te ajudar a fortalecer, mesmo que seja junto dum velho carvalho, terá valido a pena.

    Beijo enorme e doce, como tu.

    ResponderEliminar
  68. Um triste não Sonhadora, mais um triste e lindo poema de amor, isso sim!

    Beijinho,
    Ana Martins

    ResponderEliminar
  69. Sonhadora

    Decerto acabo de ler um bonito poema, que ao mesmo tempo que pode suscitar triteza, deve ser entendido como de amor, considerando o temperamento poético da poetsa.
    Beijos

    ResponderEliminar
  70. Como diz o Poeta, um poema de amor só é bonito se for triste.

    É bonito!

    Um beijo

    ResponderEliminar
  71. Querida Rosinha
    É um poema de amor, triste, sim, mas muito bonito, apesar de tanta tristeza e solidão.

    Uma boa semana. Beijinhos

    ResponderEliminar
  72. Rosa querida,

    Encantador seu verso, mas sempre tão triste!

    Sou o manto da noite...vagueio num abismo profundo
    Não sei quem sou...quem fui...é na treva que habito
    Calei o meu grito...amortalhei-me...cheguei ao fundo
    Silenciei o meu corpo...calei a voz e morri...nada sinto

    Um grande beijo e grata por sua visita!

    Reggina Moon

    ResponderEliminar
  73. É a tristeza vestida de beleza.
    um beijo

    ResponderEliminar
  74. ...vagueio num abismo
    ...é na treva que habito
    ...cheguei ao fundo
    ...nada sinto...
    Poema lindo....mas tão triste....como é seu
    estilo aliás....
    O mesmo digo do cabeçalho...tão Negativo...Terá
    mesmo que ser assim...??
    Beijo

    ResponderEliminar
  75. todo poema de amor, mesmo se for triste, ele é lindo.
    somente o amor pode explicar esta contradição.

    ResponderEliminar
  76. Rosa,
    as madrugadas testemunham sempre o amor..
    Obrigada pela visita e seu comentário.
    Desejo-lhe:Boas energias,paz,saúde e sucesso!
    abraço,
    Mari

    ResponderEliminar
  77. Vejam! Faço magia!
    Com esta caixinha de simples cartão
    Não se iludam, nem pombas ou coelhos
    Não há truque...perdão!?

    E então?! Que emoção
    Encontrei algo aqui neste bolso esquecido e roto
    Espera aí o que é isto meus senhores?!
    Ah...! É uma pedra mágica que pensei ter dado em mar revolto

    E vou cantar uma adivinha
    Vou desenhar uma ideia minha
    Vou inventar uma musica em surdina
    Vou dançar sem bailarina


    Mágico beijo

    ResponderEliminar
  78. Poema triste, muito triste, mas lindo, repleto de sentimentos profundos. Obriada pela visita, querida, é um prazer sempre.
    Beijos!!

    ResponderEliminar
  79. oi vim te convidar para meu novo blog
    http://indicandonovidade.blogspot.com/
    te espero la bjs!

    ResponderEliminar
  80. Envolta no negro manto...a ti morte...serena me entrego...é qdo nos entregamos,deixamos nossos lamentos,volta a serenidade.....
    Vestida de brocado...negra nuvem...minha solidão
    Suave sopro de vida...além da margem...além da dor
    apesar de toda tristeza a vida te oferece um novo sopro,uma nova chance para ser feliz....agradeço sua visita no meu espaço,aguardo um comentário....beijos meus....

    ResponderEliminar
  81. Noite minha companheira
    nesta minha triste solidão
    sozinha na minha roseira
    e uma rosa ainda em betão

    beijo,
    José.

    ResponderEliminar
  82. Éh! minha querida! Muitas vezes nos resta somente os abraços da noite que nos é companheira por excelência.
    Mas um dia a Lua brilha mais forte e saímos desses abraços, para os de alguém a nos embalar com amor e carinho.
    Abraços e beijinhos, sempre

    ResponderEliminar
  83. Sonhadora

    Essa "dor" e esse pedido de "Não me lamentes"

    está ligado aos meus dois últimos poemas.

    Adorei o que escreveu, como sempre e pedia, se possível, lesse esses meus dois poemas,

    Coincidentes, diferentes, mas irmãsos!

    Um beijo e agradeço,

    Maria Luísa

    ResponderEliminar
  84. Passei para lhe dar um abraço de: BOM DIA!!!

    ResponderEliminar
  85. Uma viagem linda pela tua capacidade criadora.

    BeijooO*

    ResponderEliminar
  86. Já tinha lido e me encantado com esse poema...

    Dei aqui uma passarinha porque estou indo viajar, daqui a pouco estarei de volta para ler-te mais.

    Abraços mil para ti.

    ResponderEliminar
  87. Passando pra te deixar o meu abraço
    banhado em teus maravilhosos poemas...

    Carinhos de beijos

    Livinha

    ResponderEliminar
  88. O tempo que diferença faz????
    Beijo no coraçáo.

    ResponderEliminar
  89. Minha amiga
    obrigada pela visita

    Linda a noite..
    um beijo

    ResponderEliminar
  90. Olá Sonho!!

    Pedir como apelo que nos deixe só... encarar a fome de um tempo a sós- ser mais no menos confessando o querer de um colo que não vem.

    Adoro seus textos!...Gosto de brincar com as palavras desenhando encima dos seus!

    Que vc tenha um ótimo fds!

    Te espero no Alma!

    ResponderEliminar
  91. Olá, amiga, como está?

    Hoje passei simplesmente para lhe desejar

    BOA PÁSCOA!

    Bjjss

    ResponderEliminar
  92. Minha querida amiga...seus poemas me invadem a alma..você escreve o que seu coração lhe dita.
    Bjs no seu coração e feliz páscoa.
    Com carinho
    Valéria

    ResponderEliminar
  93. Senti falta ao entrar em seu blog...daquelas músicas portuguesas lindas!!

    ResponderEliminar

Amigos são velas acesas ao fundo da escuridão
alumiando o caminhode volta...a presença doce e
serena numa noite de tempestade...são o abraço
suave da vida...palavras ditas muitas vezes em
silêncio aquecendo a alma e o coração.

Um beijinho carinhoso a todos que por aqui passam.
Sonhadora