BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS

quarta-feira, 21 de março de 2012

Perguntei ao amor...


Diz-me amor...do sal no meu olhar...do grito mudo...da escuridão
Dos lençóis desfeitos...gelados de renúncia...prenhes de mágoas
Do vestido vermelho tecido a fio de desejo...perfumado de ilusão
Diz-me amor...dos laços do meu cabelo...do sorriso...das lágrimas

Diz-me amor...de que sombras é feito o meu corpo...de que noite
De quantos silêncios é feito o meu grito...de que vazio me enfeito
Em que mortalha os meus braços se envolvem...em que morte
Diz-me amor...de que memórias é feito o vazio do meu leito

Diz-me amor...de quantos passos errantes é feito o  caminho
De que vielas são feitos os medos...de que cinza se faz o amor
De que penas são feitos os sonhos de que cardos se faz o destino
De quantas rosas é feito o desejo...de que lamentos é feita a dor

Diz-me amor...de quantos momentos são os instantes...de que frio
De que noite se faz a madrugada...que farrapos tecem os sonhos
Em que nudez se entregam os corpos...de que carne se faz o cío
Diz-me amor...de que vida...de que morte...se fazem os Outonos

Diz-me amor...de quantas ondas se faz tempestade...de que vento
De quanto mar imenso são feitos os meus olhos...de que escuridão
Em que degraus é feita a descida...quantas mortes tem o tempo
Diz-me amor..com que pena se escreve mágoa se desenha solidão

Diz-me amor...de que muros se faz a partida se esquece a chegada
De que esperas se faz a ausência...que laços tecem a amargura
De quanta treva se faz a sombra...quanta luz escurece a alvorada
Pergunto-te...de quanta dor se faz a lonjura...se olvida a ternura

PELO DIA DA POESIA...DEIXO ESTA ROSA !



130 comentários:

  1. Diz-me de que farrapos se tecem sonhos?
    Dos teus melhores poemas, na minha opinião! Perguntas que ficarão sem respostas ou talvez no silêncio...a noite te traga todas as que quiseres.
    Beijo doce.
    Graça

    ResponderEliminar
  2. Perguntas lindas...E as respostas virão? Linda poesia! beijos,tudo de bom e desejo uma linda primavera pra ti!chica

    ResponderEliminar
  3. Acho que nem ele tem respostas para tantas dúvidas e questionamentos. Se tiver é um amor perfeito.
    Linda sua maneira de derramar sua poesia Rosa.
    Beijokas doces

    ResponderEliminar
  4. Certamente respostas lindas virão.
    Lindo este texto.
    Um beijo grande

    ResponderEliminar
  5. Olá, amiga Sonhadora. Que lindo! Perguntei ao amor.A delicadeza e beleza dos versos que tanto nos encanta...amei! Obrigada pela carinhosa visita. Desculpe a falta! Problemas de conexção. Feliz dia do blogueiro um pouco atrasada! Bjos carinhosos no seu coração.

    ResponderEliminar
  6. querida Rosa,

    sua poesia é bela demais...escreves sobre um amor com palavras de saudades...

    não tem como não sentir no fundo da alma seus dizeres...

    um grande bjo e minha admiração sempre Sonhadora!

    Zil

    ResponderEliminar
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  8. Rosa, querida e doce amiga,


    Que beleza de versos!

    "de quanta dor se faz a lonjura...se olvida a ternura"


    Lindo demais! Obrigada por mais uma partilha maravilhosa. Beijos com carinho.

    ResponderEliminar
  9. Rosa-Sonhadora!
    Como é bom passar por aqui na calma da madrugada, sentir teus versos é uma experiência linda!
    Ai, ai, antes o amor nos desse todas respostas, mas quando mais perguntamos,mais nos devolve em perguntas...

    Linda a música, Rosa.

    Beijinhos e ótimos dias!

    ResponderEliminar
  10. Seus versos são lindos e nos envolve com beleza e sentimento.Beijos

    ResponderEliminar
  11. Rosa minha querida amiga perguntas de amor que tocam a nossa alma. Hoje é Dia Mundial da Poesia, que a inspiração de todos os
    poetas seja sempre uma fonte inesgotável para assim nos maravilhar e nos levar a divagar e a sonhar. Um dia muito Feliz.
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
  12. À minha poetisa do coração, no dia
    Internacional da Poesia eu quero
    deixar um beijinho muito especial,
    ainda por cima adorei esta sua
    poesia. Não há palavras para se
    descrever o que a sua poesia
    transmite.
    Tenha um dia muito feliz.
    Irene Alves

    ResponderEliminar
  13. oi Rosa querida,

    cada dia que venho aqui me encanto,
    e hoje você vem confirmar
    uma coisinha que eu desconfiava...
    não existe amor sem saudades...

    beijinhos

    ResponderEliminar
  14. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  15. São tantas indagações,
    tanto que rebuscamos em nosso interior que as respostas falam por si mesmas, brindar o amor para que sejam dissipadas as dores da alma e dar entrega ao tempo que nos devolve em sabedoria, o que julgamos de todo ser tão difícil de momento. O que não vemos na cegueira dos nossos tormentos...

    Rosa minha querida, queria te agradecer o carinho, a presença de tua dedicação e afeto, o teu blog na linha do tempo mantendo unido nossos corações.
    Busca pra ti em meu espaço o selinho blogueiros fixado do lado direito ao lado de minha postagem.

    Lindo resto de semana pra ti

    Bjs

    Livinha

    ResponderEliminar
  16. .

    .

    . o amor . e a lonjura dos equinócios .

    .

    . um beijo meu .

    .

    .

    ResponderEliminar
  17. Oi Rosa, cá estou com minha vela alumiando o caminho de volta.
    Somente voltamos a algum lugar, se este é especial e nos traz bons fluídos, acalma o coração, proporciona bem estar.
    Seu espaço é um desses lugares e estou feliz em sempre que posso aqui estar a admirar seu trabalho, bjs daqui do Brasil!

    ResponderEliminar
  18. Somente o amor, em nossa pura entrega de alma,terá as respostas para nossas dúvidas do mundo,,,dos sonhos,,,dos desejos a serem realizados...beijos de bom dia pra ti amiga.

    ResponderEliminar
  19. Um de seus melhores poemas, Sonhadora. Gostei muito do verso "Diz-me amor...de que vida...de que morte...se fazem os Outonos". Parabéns!

    ResponderEliminar
  20. Minha querida Rosa.
    Neste Dia da Poesia, não podia deixar de passar por aqui, para deixar o meu abraço poético e deixar claro está o meu carinho especial pela minha amiga. Claro que aproveito sempre para ler as tuas sempre sensíveis palavras.
    Beijinhos
    Victor Gil

    ResponderEliminar
  21. Os seus versos são de uma envolvência fascinante! Bjs

    ResponderEliminar
  22. Neste dia em que li Eugénio de Andrade nas actividades comemorativas do dia da poesia, sentiria um orgulho imenso em ter lido também "Perguntei ao amor" da minha amiga Sonhadora...
    Beijo amiga e mais uma vez parabéns!

    ResponderEliminar
  23. Oi flor poética, encantada com esse poema.
    Fiz uma fantástica viagem nos seus versos.
    Maravilhoso esse final:

    "De que esperas se faz a ausência...que laços tecem a amargura
    De quanta treva se faz a sombra...quanta luz escurece a alvorada
    Pergunto-te...de quanta dor se faz a lonjura...se olvida a ternura".

    Que outono que começa seja de muitas alegrias.

    Que outono que começa seja de muitas alegrias.

    "Quando algo acabar ou simplesmente for embora
    lembre-se que as folhas do Outono não caem
    porque que querem.. Mas sim porque chegou a Hora"

    Ótima semana pra ti!
    Beijos grandes!

    ResponderEliminar
  24. Minha querida Rosinha
    Já estive no Face e deixei comentário.
    Foi um prazer enorme conhecer-te, ainda que apenas virtualmente.
    Quem sabe se no lançamento do meu próximo livro não nos conheceremos pessoalmente??? Eu ia adorar...

    Quanto a este teu poema... estavas particularmente inspirada, pois considero-o um dos teus melhores poemas.
    Parabéns.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  25. "Pergunto-te...de quanta dor se faz a lonjura...se olvida a ternura"
    Querida que maravilha de poema! É um grito de amor, solidão e saudades.Saio daqui encantada com a pena que escreve mágoa e desenha solidão.
    Bons dias iluminados.Bjs Eloah

    ResponderEliminar
  26. Tantas são as perguntas que por vezes fazemos a este grande sentimento - O Amor.

    Lindo querida amiga.
    beijinhos
    cvb

    ResponderEliminar
  27. Quanta beleza! Vc é demais!
    Abraço amigo,
    Maria Luiza

    ResponderEliminar
  28. QUANDO SE TEM AMOR, TUDO FICA MAIS BONITO, LINDO AMIGA, BEIJOS

    ResponderEliminar
  29. OI LINDA NÃO ME CONFORMO DE VC NÃO TER IDO PARA A SEGUNDA FASE DO PENA, MERECIA TER IDO, MAS DEIXO OS MEUS APLAUSOS AO SEU EXCELENTE TRABALHO, DIGNO DE TODA HOMENAGEM, BEIJOS

    ResponderEliminar
  30. Rosa minha querida
    Um poema lindo de amor, saudade e solidão com tantas perguntas, será que as algum dia respostas virão.

    beijinho e uma flor
    Adélia

    ResponderEliminar
  31. O Poeta é um fingidor,
    finge tão completamente que chega a
    fingir que é dor a dor que deveras sente .
    *Fernando Pessoa*
    Um Feliz Dia Internacional Da Poesia
    Creio Que Existe Em Todos Nos Um
    Cantinho De Poetar No Coração.
    Mais Esse Dom Não Foi Dado
    A Todos.
    Um Abraço Carinhoso Pelo
    Dia Internacional Do Poeta.
    De Um Dia Tão Importante Para Todos Nos.
    Tem Um Mimo Na Postagem .
    Caso Gostar Foi Feito Com
    Muito Carinho.
    Beijos e Beijos.
    Evanir.
    Madrinha quanto encanto nesse poema sua alma é linda.
    Pegue meu mimo no blog vou ficar feliz em ver aqui.

    ResponderEliminar
  32. Será que existem estas respostas, Sonhadora?

    Tão lindos seus versos, ao som do fado, uma combinação que nos inebria.

    Beijos

    ResponderEliminar
  33. Soberbas as perguntas ....não sei as respostas , alguém as saberá?
    Tão lindo ...musical até!
    Estava a ler e a lembrar-me da "Feiticeira " do Luís Represas
    Beijinho minha querida

    ResponderEliminar
  34. "De que penas são feitos os sonhos de que cardos se faz o destino"
    E talvez
    os sonhos sejam feitos das tuas penas poéticas que vão tecendo destinos!
    No dia da Poesia, não podia ter melhor presente!
    Terno abraço, Sonhadora de cardos!

    ResponderEliminar
  35. Minha querida, são tantas indagações, são tantas as perguntas.
    Será que há tantas respostas para tantas perguntas?
    No cerne do coração da poetisa há uma dor que só o tempo vai curar, creio.
    As respostas talvez venham com elas.
    E no dia mundial da poesia, essa é um presente para nossa alma.
    Um abraço afetuoso e um beijo em teu coração.

    ResponderEliminar
  36. Sempre belos, intensos, marcantes seus versos minha querida...
    Meu carinho e admiração à ti poetisa, neste dia mundial da poesia.
    Beijos,
    Valéria

    ResponderEliminar
  37. Fosse eu, teu amor
    e tinha de encontrar as respostas
    antes de novo dia madrugar

    Assim, tenho mais tempo para as pensar...

    (Não levo a rosa que ofereceste, prefiro aquele cravo vermelho junto do teu rosto)

    ResponderEliminar
  38. Amiga Sonhadora, obrigada pelo carinho! Significa muito pra mim! Que poesia linda! Parabéns! Parabéns pelo gesto delicado ofertando o botão de rosa! Grande e carinhosos abraço! Elaine Averbuch Neves
    http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  39. Que lindeza, minha querida! Só mesmo o amor para provocar tão belos versos.

    Beijos,
    Inês

    ResponderEliminar
  40. Obrigado pelas duas belas rosas.
    A do dia da poesia e a outra, quiçá, a mais bela, o teu magnifico poema.

    ResponderEliminar
  41. Hoje não digo nada

    vou aderir à greve geral

    ResponderEliminar
  42. Querida Sonhadora!


    Agradeço sua inspiração, sua amizade e seus comentários
    Muito me honra sua poesia
    Aqui nasce a magia da vida
    Muito amor,muita a´lma... desamor é uma poetiza de muitos fulgores,... verseja o mais sublime poema
    PARABÉNS.
    Bjs carinhosos em seu coração.

    ResponderEliminar
  43. Olá querida, um poema triste,mas lindo!

    Feliz dia internacional da poesia!

    Bjinhos XD

    ResponderEliminar
  44. ROSITA

    No dia da poesia deixo um beijo e...

    PRIMAVERA


    Amor...
    Florir...
    Sorrir...
    E...


    Na Primavera...
    As flores...
    Florescem...
    Sorriem...
    E...


    Cativam o Amor...
    E nós...
    Deixamo-nos
    Embalar...


    E continuamos...
    A Amar!...


    LILI LARANJO

    ResponderEliminar
  45. Oi Rosa! Mais uma vez, passando para apreciar mais um dos teus belos poemas, principalmente a estrofe abaixo:

    Diz-me amor...de quantos momentos são os instantes...de que frio
    De que noite se faz a madrugada...que farrapos tecem os sonhos
    Em que nudez se entregam os corpos...de que carne se faz o cío
    Diz-me amor...de que vida...de que morte...se fazem os Outonos

    Beijos,

    Furtado.

    ResponderEliminar
  46. Belíssima expressão de amor vinda de uma linda sensibilidade. Feliz Dia da Poesia a você! Um abraço, Yayá.

    ResponderEliminar
  47. Parabéns, minha amiga poetisa maravilhosa!!!!
    Beijocas!

    ResponderEliminar
  48. Rosa querida.
    Você já é uma bela poesia.
    Leio-te e saio daqui encantada.

    Beijo poetisa.

    ResponderEliminar
  49. "O amor é eterno na poesia."

    Parabéns poetisa.

    Bjos.

    ResponderEliminar
  50. Oi Rosa, o amor pra mim é luz, é felicidade, é esperança, é tudo de bom, sofrimentos e desventuras não fazem parte dessa energia maravilhosa.
    Feliz dia da poesia também, obrigada pelo carinho!

    ResponderEliminar
  51. Um bom dia pra você minha amiga,com ótimos acontecimentos e muito carinho...beijos e beijos.

    ResponderEliminar
  52. Tantas perguntas que não sabemos responder.
    O amor é um grande laço, um passo pr'uma armadilha
    Um lobo correndo em círculos pra alimentar a matilha
    Comparo sua chegada com a fuga de uma ilha:
    Tanto engorda quanto mata feito desgosto de filha

    O amor é como um raio galopando em desafio
    Abre fendas cobre vales, revolta as águas dos rios
    Quem tentar seguir seu rastro se perderá no caminho
    Na pureza de um limão ou na solidão do espinho

    O amor e a agonia cerraram fogo no espaço
    Brigando horas a fio, o cio vence o cansaço
    E o coração de quem ama fica faltando um pedaço
    Que nem a lua minguando, que nem o meu nos seus braços...

    Parabéns pelo dia do poesia, pra mim vc é uma das melhores,

    Beijos

    ResponderEliminar
  53. Rosa,sempre um encantamento as suas poesias!Obrigada pela linda flor!Salvei e irei postar no meu cantinho de mimos!bjs,

    ResponderEliminar
  54. Tudo muito lindo e no meu momento de questionamento.
    Tem selinho pra vc.
    Bjo no coração.

    ResponderEliminar
  55. O meu pranto escondeu as sílabas de uma palavra
    O meu céu não precisa de Sol para ser azul
    A minha emoção transbordou nesta clara manhã
    Tal como as incontidas águas que correm para sul

    Este Inverno que o meu querer instaurou
    Tem o rosto coberto por densa bruma
    Tem a força de todas as marés esta emoção
    Que devolvi hoje à espuma

    Doce beijo

    ResponderEliminar
  56. Quanta intensidade nos seus versos Rosa, amei!

    Beijos

    ResponderEliminar
  57. Um poema de grande classe para festejar o dia da poesia !

    Beijinhos
    Verdinha

    ResponderEliminar
  58. Oi!

    Lindo!

    Perguntas que um dia...quem sabe,teremos todas as reaspostas.

    Parabéns! Feliz vida! Beijos!

    ResponderEliminar
  59. Talvez o amor possa dizer-te com que pena se escreve mágoa,se desenha solidão; mas aqui sem dúvidas foi com a pena da almas que a poetisa falou tantas emoções..
    Minha amiga, que lido talento este seu de juntar estas letrinhas e dar voz as suas emoções tão lindamente!
    Aqui um pouco atrasadinha venho para felicitar a poetisa no dia da poesia.
    Uma linda noite para você!
    Obrigada por seu carinho la na minha página!
    Lembranças!
    Ange.

    ResponderEliminar
  60. como sempre minha querida amiga..
    teus poemas,sempre falam da tristeza
    de que eu necessito para ser feliz..
    belo!!

    bjs.Sol

    ResponderEliminar
  61. Ternura não se esquece.
    Um grande bj querida amiga, um prazer ler-te.

    ResponderEliminar
  62. Os sonhos tece-se como um fio de lã entre dedos...
    belo como sempre!
    um abraço
    tulipa

    ResponderEliminar
  63. Que o amor te responda, que a paixçao te ouça e que teu coração se acalme para viver todos os encantos dos sentimentos. Poesia de extrema beleza, parabéns. Abrçs.

    ResponderEliminar
  64. Poemas que são longas viagens sem pressa de chegar.
    Poemas que são perguntas meditadas sem as respostas desejadas.
    As figuras literárias são o tecido fino e colorido que vestem cada frase

    A leitura não se quer apressada. Tem de encarnar as imagens criadas e deixar-se navegar no perfume das palavras escritas.

    Bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  65. Querida amiga

    seràs sempre flor

    ternura de Amor

    beijos com carinho!!

    ResponderEliminar
  66. Como sempre....um belo hino ao amor.
    Um prazer de ler...
    Beijo

    ResponderEliminar
  67. iupii!demorei mais cheguei!Rosa!gosto do seu espaço de poesias..por conta disto mesmo estando te seguindocolocarei seu link no eternamente-contigo e no Toque-me com amor que é mais diferecionado a poesia!assim fica mais fácil o contato...pois infelismente não dá para mim visitar todos os blogs que sigo...

    Amanhã estarei postando a dança do ventre aqui e no meu blog da uol!se gosta apareça...mesmo porque deixarei a postagem uma semana...então dará para todos curtirem bastante!

    Feliz final de semana e seja bem vinda aos meus links favoritos!Beijo!

    ResponderEliminar
  68. Há perguntas que, julgo, não deverem ser feitas...

    As respostas, quando as há, são tão tristes.

    Beijo

    ResponderEliminar
  69. Gracias mi buena amiga por acariciarnos el corazón con la sublime belleza en cada verso de tú hermosa poesía, y por concedernos el privilegio de ser testigos de ello. Que tengas un feliz fin de semana lleno de sensaciones positivas. Un beso desde la distancia de un amigo.

    ResponderEliminar
  70. Agradeço a rosa e te digo que o poema me agradou, deixando votos de bom final de semana, linda

    ResponderEliminar
  71. Olá menina!
    Com saudades estava eu de mergulhar nas profundezas deste teu mar de letras e surfar nestas ondas abissais dos teus versos!

    Receba meu carinho amada amiga!

    Beijos de Luz e Paz

    ResponderEliminar
  72. Se nessa vida existissem respostas para todas as nossas perguntas!...
    Mas sabemos que não é bem assim...

    Belíssima e inspirada poesia, querida amiga sonhadora.
    É sempre muito bom vir até aqui.
    :)

    Beijinhos, e que você tenha um lindo e feliz final de semana.

    Cid@

    ResponderEliminar
  73. Perguntamos ... e ele permanece silente. Deixa que nos embriaguemos na paixão e na entrega. E nos deixa viver as emoções da dor e da saudade.
    Lindo!!!!!

    Grande beijo!

    ResponderEliminar
  74. Um poema à altura do Dia que se celebra.
    Lindo.

    Beijo doce, querida Rosa.

    ResponderEliminar
  75. Querida Sonhadora!
    Mais uma bela poesia!
    A parte que se destacou foi:



    Diz-me amor...de quantos momentos são os instantes...de que frio

    De que noite se faz a madrugada...que farrapos tecem os sonhos

    Em que nudez se entregam os corpos...de que carne se faz o cío

    Diz-me amor...de que vida...de que morte...se fazem os Outonos

    Grata pela visita e pelo carinho!
    Beijinhos e bom fim de semana!

    ResponderEliminar
  76. que o amor possa te
    responder tudo aquilo
    que queres saber.
    lindo dia de poesia
    maravilhoso final de semana bjs

    ResponderEliminar
  77. *
    e as respostas do amor,
    são díspares . . .
    porquê ?
    porque o amor é louco,
    simplesmente . . .
    ,
    perguntadas conchinhas,
    ficam !
    *

    ResponderEliminar
  78. Amiga sonhadora tens um talento incrível, nesse poema as palavras compõem uma harmonia.Amei!
    Desejo-lhe um ótimo final de semana de muita paz!
    Bjs

    ResponderEliminar
  79. Amiga Rosa, me encantei de cara com seu pseudonimo, com sua poesia e muito mais
    agora com seu blog. Lindos poemas aqui encontrei! Serei tua seguidora! Virei aqui buscar inspiração. Obrigada pela visita!

    ResponderEliminar
  80. Ah, Sonhadora!

    Vim ler o teu poema de amor, ao teu jeito de sagitariana curiosa,
    e deixar-te o meu abraço carinhoso,
    já que vou estar ausente um tempinho.

    Véu de Maya

    ResponderEliminar
  81. Rosa,

    Perguntamos... perguntamos e o amor nada responde. Apenas ama e sente.

    Beijos!
    Alcides

    ResponderEliminar
  82. Querida Poetisa; Versos Poéticos!


    Tu és a soma dos meus outonos.
    Chegaste ao meu mundo feliz, e, no cio da primavera.
    Abrigaste-me nos grandes frios dos invernos.
    Com teus carinhos eu disse adeus àquela dor latente.
    Ah, meu mundo, tu marcas os dias do meu destino!
    Tu és o meu grande Amor com flores que aquecem meu caminho.
    Ao me deitar, no aconchego do leito, corro feliz e sem norte,
    mas sei que é um sono eficaz.
    Nos sonhos estelares entro em teu corpo perfeito, pois sei que;
    - tu és a alegria de todas as noites!
    - Tenhas um sono perfeito!

    Beijos!...

    ResponderEliminar
  83. Bom dia, Rosa. Caminhos errantes, e como o são.
    Muitas vezes pensamos que o nosso amor está livre de tais perguntas, mas enganamo-nos e muito, pois todos certa hora vivenciam tais perguntas, frias, doridas e vazias, pois a maioria das vezes não conseguimos obter resposta alguma.
    Lindo demais!
    Um beijo na alma, e fique na paz de um fim de semana abençoado!

    ResponderEliminar
  84. diz-me o indizível.

    muito belo!

    bom fim de semana

    beij

    ResponderEliminar
  85. rosa-poema, como tu, querida amiga!

    beijinho!

    ResponderEliminar
  86. quantas perguntas se tornam, elas mesmas, a única resposta? sabe-a o vento que aparece, agita e estremece... mas logo passa.

    beijinho!

    ResponderEliminar
  87. Um sábado de muita paz e muita poesia pra ti minha amiga...beijos e beijos.

    ResponderEliminar
  88. Lindo querida!!
    Beijos e bom final de semana!

    Carla

    ResponderEliminar
  89. onde estão as respostas ??
    o amor, ah, são sempre só perguntas...

    belissima poesia !!!
    beijo carinhoso

    ResponderEliminar
  90. Sonhadora, Amiga

    Uma teia de questões pertinentes, na esperança de uma resposta envolvente.
    Bem concebido, o teu Poema, e a merecer uma séria reflexão.

    Beijos

    SOL
    http://acordarsonhando.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  91. Perguntar ao amor,
    O que ele anda fazer
    Foi buscar uma flor
    Para a ti a oferecer!

    Como prova de amizade,
    Para que não fiques triste
    Para ti vou buscar a felicidade
    Porque eu acredito que ela existe.

    Bom fim de semana desejo para você.
    A miga Rosa Solidão
    Encantada sonhadora
    Porque tem bondoso coração
    Simpática, elegante senhora.

    Um beijo,
    Eduardo.

    ResponderEliminar
  92. Querida amiga

    E quantas vezes
    perguntamos ao amor,
    e só escutamos
    o silêncio do vazio,
    da dúvida,
    da solidão,
    da falta
    que a falta faz em nossa vida...


    Que haja sempre
    perfume de sonhos
    em tua vida.

    ResponderEliminar
  93. Poesia envolvente com a solidão e a saudade...

    Bom fim de semana!
    Beijinhos.
    Brasilº°❤
    °º✿
    º° ✿ ✿⊱╮

    ResponderEliminar
  94. De uma grande sensibilidade e beleza este post.
    Que o teu amor saiba responder-te!

    Beijinho, amiga.

    ResponderEliminar
  95. Fico muito agradecida pela sua visita.
    AMIZADE É COMO FLORES EM BOTÃO. AO CULTIVAR VÃO ABRINDO E LIBERANDO O SEU PERFUME.
    POR ISSO LHE OFEREÇO UMA ROSA CHEIA DE PERFUME AINDA EM BOTÃO PARA QUE, SE ABRIR EM SUAS MÃOS POSSA DEIXAR TODO O PERFUME DA NOSSA AMIZADE.
    CARINHOAMENTE AGRADEÇO A SUA VISITA.
    SANDRA

    ResponderEliminar
  96. Sinto-me frustrada por não conseguir fazer um comentário que expresse o sentimento que este poema me fez sentir. Gostei muito.
    Um abraço e bom Domingo

    ResponderEliminar
  97. Lindo texto. Emocionante.
    --
    atualmente estou vivendo uma fase complicada na minha vida. Não estou sabendo discernir se o que eu sinto é amor ou outra coisa. Seria tão mais fácil se eu pudesse perguntar para o próprio amor se ele está morando no meu coração... mas infelizmente, o amor não responde nada pra mim. Por isso permaneço confuso sem saber o que eu sinto.
    ----
    seus textos sempre me fazem refletir sobre a minha própria vida.

    ResponderEliminar
  98. Uma bela semana pra ti minha amiga, cheia de poesia carinho e paz...beijos e beijos.

    ResponderEliminar
  99. Lindo,lindo!!! Obrigada sonhadora pelo carinho deixado no blog de meu maridinho querido....
    Beijinhoss

    ResponderEliminar
  100. Minha querida simplesmente extasiada diante de tão eloquente poesia, vai ao nosso mais íntimo recôndito e cala profundamente os nossos devaneios. Lindo!

    ResponderEliminar
  101. Mais um poema de excelência.
    Já não sabes fazer por menos...
    Querida amiga, tem um bom resto de domingo e uma boa semana.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  102. Boa noite...Diz-me amor...de que vida...de que morte...se fazem os Outonos.
    Do amor esquecido...do abandono.Pois como folhas caidas, o vento se desfaz e carrega teu amor para bem longe...Bjinhos e obrigada pelo teu carinho.

    ResponderEliminar
  103. Olá Rosa!
    Belo poema...Tanta pergunta sem resposta que satisfaça...
    Grande sensibilidade poética.

    ResponderEliminar
  104. querida Rosa..
    são teus versos de intenso sentir sempre..
    de luz e amor..
    beijos de carinho..
    obrigada..

    ResponderEliminar
  105. Boa noite amiga querida!
    VC nos faz enxergar o quanto é linda seus versos que transcende sempre no mais belo poetar...
    bjssssssssssssss

    ResponderEliminar
  106. De tantas perguntas já padeci, minha amiga Rosa, mas o amor só sabe amar ou não.Quem nos dará todas as respostas?
    Um poema de rasgar pele.
    Bj grande e viva a poesia

    ResponderEliminar
  107. De tão intenso eis que o amor acolhe questionamento por questionamento da alma aflita.
    Cadinho RoCo

    ResponderEliminar
  108. Não queria ser repetitivo, porém, é impossível não ser. Lindíssimo! O fado também. Beijo

    PS: Obrigado por visitar o amigo Bergamo, nem sempre ele consegue digitar para comentar, mas ele sempre te visita.

    ResponderEliminar
  109. ESTOU HOJE AQUI COMO MUITAS OUTRAS VEZES... MAS HOJE VOU COMENTAR!!!
    AO LER A IMENSIDÃO DA SUA POESIA MINHA AMIGA... EU SINTO ME INTIMIDADE... PELA GRANDEZA QUE NELA ENCONTRO!!!
    DEPOIS QUANDO OLHO OS COMENTÁRIOS...MAIS INTIMIDADE FICO AINDA.... QUE VOU...QUE POSSO... EU ESCREVER MAIS, QUE NÃO TENHA JÁ AQUI SIDO DITO!!!
    MAS HOJE COM CORAGEM DISSE... ESCREVI... DEIXEI... PARA ALEM DE TUDO O MAIS UM GRANDE BEIJO!!!
    OBRIGADO PELA SUA VISITA NO MEU HUMILDE ESPAÇO!!!
    1 BEIJO LÍDIA

    ResponderEliminar
  110. O amor é o balsamo para a nossa alma, sentimento lindo, esse sentimento maravilhoso ao qual Deus nos fornece, beijos linda amiga, estou levando a minha rosa! beijos carinhosos

    ResponderEliminar
  111. Eu apenas queria dizer … “diz-me meu amor”
    E ele podia ficar em silêncio…mas pelo menos, era, seria, é o meu amor.
    O resto, tão típico seria igual a mim…dito, no silêncio de um olhar.
    Está sublime, e poemas destes maria não sabe fazer, mas … sabe vir agradecer o estares aí…como sempre estás.
    Também irei dar uma volta á minha escrita…a seu tempo, porque disse-me o “meu” amor para assim ser e fazer (ou seja disse e fi-lo eu)…
    Beijo n´oteudoceolhar.

    ResponderEliminar
  112. Amada, vim lhe deixar carinhos e lhe desejar uma ótima semana!

    Beijos

    ResponderEliminar
  113. Querida amiga passei para desejar uma excelente semana.
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
  114. Rosa,hoje passei para reler sua poesia!Já está no meu blog de selinhos sua postagem!bjs e boa semana pra vc!

    ResponderEliminar
  115. Às vezes dá vontade de
    mergulhar nesta linda poesia
    e ficar por aqui.Muitos PARABÉNS Querdda SONHADORA!
    Votos de uma boa semana.
    Bjs em seu coração.

    ResponderEliminar
  116. São tantas as respostas que se procuram...
    Beijito :)

    ResponderEliminar
  117. Rosa, minha querida!
    Se ao amor perguntaste, acredite, ele há de lhe responder...
    Uma semana gostosa!Beijos!

    ResponderEliminar
  118. Sonhadora escrevi… apaguei… escrevi… apaguei… A tua sinceridade é forte!... Da mesma forma que a vida é uma oportunidade, o teu poema é um hino à vida. Acredito que o amor verdadeiro não morre. Acredito que quando não estamos com esse sentimento preenchido questionamos o tal sincronismo. Precisamos de dar razão à nossa existencia. Estamos desenhados para amar eternamente. Acredito que o amor não se procura.... encontra-se!.... Um beijo noite Antonio

    ResponderEliminar
  119. Dizer sobre teus olhos
    é como falar de inúmeras
    galáxias
    é escrever poemas
    com teus cílios negros
    manchados
    pelas nupcias do luar
    pelos teus beijos molhados
    pelo mar azul
    pelas nuvens que voam
    nas asas dos albatrozes
    pelos teus abraços atrozes
    que tenta alcançar
    meus destino
    pelos dedos das tuas mãos
    que começam traçar
    a teia da minha vida
    consultando os acordes
    diapasão
    transcender as metáforas
    anáforas metonímias
    o que posso dizer
    teus olhos sempre me deixam
    mudo
    completamente transtornados.

    Luiz Alfredo - poeta

    ResponderEliminar
  120. Oi minha solidão, lindo; Sem palavras:só o silêncio! Há uma primavera em cada vida: é preciso cantá-la assim florida, pois se Deus nos deu voz, foi para cantar! E se um dia hei-de ser pó, cinza e nada que seja a minha noite uma alvorada, que me saiba perder...para me encontrar....Sou chama e neve branca misteriosa… E sou talvez, na noite voluptuosa, Ó meu Poeta, o beijo que procuras!

    Florbela Espanca Bjos c/carinho..

    ResponderEliminar

Amigos são velas acesas ao fundo da escuridão
alumiando o caminhode volta...a presença doce e
serena numa noite de tempestade...são o abraço
suave da vida...palavras ditas muitas vezes em
silêncio aquecendo a alma e o coração.

Um beijinho carinhoso a todos que por aqui passam.
Sonhadora