BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Alma Errante...


A minha alma está acorrentada à vida que me escorrega entre os dedos...perdida no fundo do tempo...sem corpo e sem mim...como um livro esquecido entre as mãos do destino...pisado e amarrotado no chão...perdido entre as flores arrancadas do meu peito...entre o espelho e a memória...num silêncio sem rosto...escuro e enevoado destino
Já não sei escrever palavras de amor...dos meus dedos ausentaram-se os poemas...naufragaram as rimas...a poesia ficou branca e fria...vestiu-se de vazio e amortalhou os desejos que se desprendiam do meu corpo...quando ainda a noite se vestia de ti e na minha pele não havia este perfume de solidão...os meus lábios não estavam secos de mágoa...e no meu olhar não escorria este mar...onde naufragaram todos os gemidos de amor.
Fecho os olhos e não estou...na manhã do meu silêncio há uma porta que se fechou...na dormência que ficou nos meus braços...há um grito errante nas esquinas de todos os dias...na imensidão de todas as noites... no queixume do meu olhar há um murmúrio de cansaço repleto de memórias naufragadas...num mergulho silêncioso na alma.
Há um sítio na minha alma onde não estou...e no meu corpo há um vazio onde não estás...entre esse espaço há uma imensa solidão a doer...e tantas sombras em silêncio e tantos fantasmas gemendo...e tantas noites errantes...tantos passos em silêncio...tanta ilusão morta e tanto peito sangrando.
Há uma rima nos meus poemas onde não te encontro...mãos que não te sentem...por isso escrevem vazios e soletram mágoas...murmuram tristezas.
Há um espaço no meu leito onde é inverno...o calor não se sente...a luz não rompe a escuridão...onde há um abismo sem fim...uma presença ausente...um deserto onde a noite não me acaricia os cabelos...onde o toque não se faz ternura e apenas a noite se deita sobre o meu corpo.




121 comentários:

  1. Alma errante. que anseia o mundo...
    Que faz da poesia sua janela para o infinito...
    Bjos achocolatados flor

    ResponderEliminar
  2. Oi Rosa querida,

    Mais um poema maravilhoso!

    Há um céu e um inferno em cada alma.
    Que coisa linda escreveste!

    Beijos amiga

    ResponderEliminar
  3. As emoções vão além do que podemos imaginar, belo poetar. Um abraço, Yayá.

    ResponderEliminar
  4. Sabe conheci seu blog através do Álvaro Lins e da forma que ele falou da sua poesia, confesso que gostei muito do que li, seus poemas invadiram minha alma e meu ser.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  5. Oi minha linda
    falar de amor é um bom motivo pra ser feliz, porque no amor a dor vai desparecendo e a solidão fica doce e leve.
    linda poesia .
    deixo abraço grande

    ResponderEliminar
  6. Seus poemas transpiram solidão, vazio e beleza.Parabéns poetisa, é muito bom ler você, beijos.

    ResponderEliminar
  7. Ao fim e ao cabo somos todos almas errantes vaguenado em busca de nós mesmos! Lindo o seu poema, como sempre! Bjs e bom fim de semana!

    ResponderEliminar
  8. Que toda força dessa vida seja usada pra libertar essa alma acorrentada...que ela ganhe enfim a liberdade de voltar a amar...beijos de bom final de semana.

    ResponderEliminar
  9. Olá querida Rosa,

    Mais um belo e mágico poema!

    Há muita sensibilidade em cada verso.

    Ótimo final de semana.

    Beijos.

    ResponderEliminar
  10. A intensidade de suas palavras toca o coração de todos que passam por aqui...
    Sinto vontade de te acolher e dizer: Calma, tudo passa!
    Desejo para você, um ótimo final de semana!
    Um abraço carinhoso

    ResponderEliminar
  11. oi minha querida,

    o que dizer diante de tanta beleza,
    diante de tanto sentimento
    exposto,
    de tantas palavras verdadeiras...
    somente que foi perfeita!!!

    beijinhos

    ResponderEliminar
  12. Minha querida,


    Como uma alma que se refulgia
    No aconchego de um grande amor
    Na solidão da qual eu me via
    Atormentado com muita dor

    Fazia frio, e o frio que eu sentia
    Era um frio mortal e cortante
    Por isso mesmo na alma eu sentia
    O teu calor e um sonho restante

    Sem tua alma agora não passo
    Pois no calor do teu coração
    Aqueço do frio e agora refaço
    A minha vida e minha paixão

    De teus sonhos secretos escrevo
    Um texto tornado em pura emoção
    Retomo a vida, e finda o segredo
    Nesse momento de Inspiração!



    E assim captei teus lamentos.
    Beijos

    ResponderEliminar
  13. [Há na minha alma...dores por "te"ler...palavras por "dizer"]...e vir aqui me deixa triste. Não gosto de te visitar.Desculpe.

    ResponderEliminar
  14. solidao nunca é uma boa companhia...ela destroi a alma em pedaços e espalha as migalhas...quem se diz feliz sozinho,apenas mostra que nunca fostes capaz de encontrar novamente e juntar essa imensidão de pequenos pedaçoes em sua alma.bjks

    ResponderEliminar
  15. Rosa, a alma tem necessidade de se ausentar para depois vir mais forte e corajosa.
    Bjo no coração.

    http://www.umcantonocoracao.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  16. Simplesmente sensacional, cheio de muita emoção. De fazer calar!

    Lindo, lindo!
    Meu carinho!
    http://pequenocaminho.blogspot.com

    ResponderEliminar
  17. querida Rosa...

    eu digo que vc foi além...muito além...das palavras...é algo divino...


    meu abraço...meu carinho...


    Zil

    ResponderEliminar
  18. Rosa,quantas vezes tb não nos sentimos assim feito alma errante?Maravilhosa e sensivel poesia!bjs,

    ResponderEliminar
  19. Tocar a solidão não é fácil,
    é muito doloroso e difícil,
    quando acontece sair dela
    é difícil. A solidão são estados
    de alma muito complicados e que
    quase sempre se vivem em silêncio
    e os que estão à n/volta nem sempre
    se apercebem.
    Beijinhos.
    Bom fim de semana.
    Irene

    ResponderEliminar
  20. Olá Rosa! Passando para agradecer e retribuir a tua visita e comentário, bem como, me deliciar com este belo poema.

    Beijos e um ótimo final de semana pra ti e para os teus.

    Furtado.

    ResponderEliminar
  21. QUE MARAVILHA DE POEMA SOFRIDO, MUITO BONITO QUERIDA, LINDO!! VIM AGRADECER A TUA GENTILEZA PARA COMIGO E O NOSSO AMIGO ANTONIO LIDIO, CONCORDO CONTIGO QUANDO DIZ DA ALMA BOA QUE ELE É. UM ABRAÇO CARINHOSO CELINA

    ResponderEliminar
  22. oi amiga
    uma maravilhosa noite na presença de Deus, bjs

    ResponderEliminar
  23. E na solidão, continua a falar de amor....
    Vim através do blog "A Sombra que me persegue"...
    Lindo...
    Beijos e abraços
    Marta

    ResponderEliminar
  24. Querida amiga Rosa. A poesia neste blog é realmente uma janela de vida e amor.Beijinho e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  25. Belo demais para comentar

    Tocaste a solidão

    ResponderEliminar
  26. há tanto fado, crepúsculo em tons sépia, voz de asa carregada e palavras por morder a pairar, leves, no teu canto, querida amiga sonhadora!
    beijinho!

    ResponderEliminar
  27. Há em minha alma falta de palavras para te dizer como seu poema me tocou.
    bom final de semana.

    ResponderEliminar
  28. ir além...
    taõ visceral, tão íntimo...

    que lindo !!!

    beijo amiga querida !!!!

    ResponderEliminar
  29. Rosa, boa noite!
    Uma alma errante a sangrar de dor, tão triste todo este sentir!

    Beijinho,
    Ana Martins

    ResponderEliminar
  30. Nossa quase me deprimi!
    Eu não sinto solidão. Gosto de ficar sozinha comigo mesma.
    Seu poema me dá a impressão de um vazio imenso que precisa urgentemente ser preenchido!
    Sobre a solidão, gosto desta frase da Clarice Lispector:
    "Minha força está na solidão. Não tenho medo nem de chuvas tempestivas nem de grandes ventanias soltas, pois eu também sou o escuro da noite".

    Beijos

    ResponderEliminar
  31. Quando tua alma despertar a solidão não terá resposta.

    Tudo lindo poetiza,és a contante dentro de um universo..

    Beijo carinhoso amiga

    ResponderEliminar
  32. A solidão deprime e espreme-nos a alma.

    Bjs!

    ResponderEliminar
  33. Rosa sonhadora estou de casa nova:
    http://transfiguracoes.blogspot.com/

    assumindo faces...

    Beijinho carinhoso!

    ResponderEliminar
  34. Olá Sonhadora, boa noite! Sempre vejo seus comentários em algumas páginas de amigos em comum, então hoje tomo a liberdade e venho aqui conhecer seu espaço.
    Muito bom gosto por aqui! Parabéns!
    Eu gostaria de passear mais vezes por aqui se desejar...
    Uma linda noite para você!
    Lembranças.
    Ange

    ResponderEliminar
  35. Sonhadora,
    uma alma que viaja na incompletude do ser, procurando uma leveza, o complemento, o simplesmente Ser, com "S" maiúsculo!

    Muito obrigada pela visita!
    Aqui um texto muito reflexivo e profundo. Gostei bastante.

    Beijos e ótimo fim de semana!

    ResponderEliminar
  36. Minha linda Rosa Sonhadora!!!!
    Ler-te é encontrar o âmago de uma vida intensa e apaixonada!
    Beijocas, amiga!

    ResponderEliminar
  37. Rosa

    Este mundo é de feito de silêncios doridos, de enorme solidão. Quantas vezes são visíveis alegrias que escondem tristezas.
    Temos de convir, o silêncio e a solidão, encontram em ti uma grande poetisa a evocá-los, como se com eles vivesse em permanente união.
    Beijos

    ResponderEliminar
  38. Que nesse teu leito desponte a primavera!
    Um bj
    BS

    ResponderEliminar
  39. Lindo como sempre!!!beijos praianos e tuuuuuudo de bom!chica

    ResponderEliminar
  40. '...falei de amor
    ...chorei a ilusão
    ...falei de dor
    ...toquei a solidão'

    A inspiração e beleza de sempre....
    Beijo

    ResponderEliminar
  41. Lindo, eu adorei a força do poema.
    Beijossssss

    ResponderEliminar
  42. A alma possui toda liberdade que possa existir, só que ela está presa em uma jaula de carne e ossos, e só terá esta liberdade quando chegar a hora certa.
    Lindos versos, como sempre.
    Bjs e bom final de semana.

    ResponderEliminar
  43. Oi amiga

    Sua forma de escrever lembra alguns poemas da minha mãe...
    Hoje fui reparar isso...rs...talvez pelo sentimento sempre abordado, feito saudade e solidão

    Um abraço na alma

    Bjo...bom fim de semana

    ResponderEliminar
  44. Há na minha alma...palavras por escrever...Silêncios por gritar...mãos por tocar...abraços por sentir...Beijos por dar....
    amor por fazer...noites por dormir.

    Que o amor toque a sua alma e que os momentos felizes aconteçam.
    Bebejucos

    ResponderEliminar
  45. "Há um céu e um inferno em cada alma...em cada vida
    Uma cicatriz em cada dor...um grito mudo em cada rosto
    Por entre as sombras da noite...vagueia tanta alma ferida
    Em cada rua...em cada viela...vivem sombras de desgosto"

    Querida Rosa, dos seus dedos jamais se ausentarão os poemas.

    Bjs, amiga. Bom fim de semana. Inté!

    ResponderEliminar
  46. Querida Sonhadora,

    Há momentos onde as feridas doem, as ausências magoam, os vazios martirizam mas pouco a pouco as dores vão suavizando, as feridas vão sarando mas fica sempre uma cicatriz com a qual temos que viver.
    Só as almas más é que são errantes e a tua de certeza não é !

    Agradeço as tuas palavras e o teu abraço apertado na altura em que eu sofria muito.

    Vês, a dor suavizou e estou de volta à blogsfera !

    beijinhos
    Verdinha

    ResponderEliminar
  47. Uma alma que conhece o seu próprio corpo.


    Beijo meu.

    ResponderEliminar
  48. "Há um céu e um inferno em cada alma...em cada vida
    Uma cicatriz em cada dor..." Há sim isso tudo, amiga em cada alma, em cada vida. Há dias em que vemos o céu...às vezes muito escuro, com nuvens que não deixam passar qualquer luz, mas mesmo assim vemo-lo; outros porém só vemos abismo...solidão e sofrimento. Não temos coragem para procurar o céu, ou talvez o sofrimento seja tanto que não arranjamos força para isso. Só nós a podemos arranjar por muito que nos tentem ajudar, só nós mesmos é que podemos fazê-lo.. Poema doído...um grito de impotência, mas extremamente bem escrito e belo. Um beijinho, amiga e espero que consigas ver o céu; é só olhar para cima! Mas às vezes custa tanto!!!
    Emília

    ResponderEliminar
  49. E que alma não terá trocado os passos um dia?
    Maravilhoso errante!
    Bj, minha querida Rosa

    ResponderEliminar
  50. Que tanto assim não seja,
    Como a amiga Rosa escreve
    Das pisadelas se proteja
    Pelo chão não escorregue!

    Não queira ser como livro amarrotado,
    Perdido entre as flores arrancadas
    Rosa Solidão de talento bem formado
    Que lindas são suas pétalas perfumadas.

    Deixam muitas mentes encantadas,
    Floridas no jardim
    Nas lindas noites de luar visitadas
    Loucuras de amor sem fim!

    De dia Rosa Solidão,
    De noite Sonhadora
    O seu coração
    Pertence a uma linda senhora.

    Desejo para você, minha amiga Sonhadora.
    Um fim de semana repleto de lindos sonhos.
    Um beijo do amigo
    Eduardo.

    ResponderEliminar
  51. ________________________________


    Um dia, quando menos esperar, o pássaro vai se libertar e ganhar o céu novamente! Então, todos os seus versos se abrirão em risos...


    Beijos de luz e o meu carinho!!!

    Zélia(MundoAzul)

    _______________________________

    ResponderEliminar
  52. Boa noite!

    Há um céu e um inferno em cada alma...em cada vida
    Uma cicatriz em cada dor...

    querida perfeita verdade!
    diante dessa maravilha só me resta aplaudir!

    ResponderEliminar
  53. Há um sítio na minha alma onde não estou...

    Profundamente belo.

    Beijos

    ResponderEliminar
  54. ... E como os sentimentos são livres! Só nunca poderemos nos perder de vista. Haverá sempre uma cor, uma rosa branca, uma canção a ligar nossas antenas!

    ResponderEliminar
  55. °º✿
    º° ✿✿
    "A vida é um verdadeiro mar de rosas, com perfume e espinhos."
    Bom domingo, amiga!
    Beijinhos.
    Brasil

    º° ✿ ✿⊱╮

    ResponderEliminar
  56. .

    .

    . eloquente . e sentidamente belo .

    .

    . de.dentro.para.fora .

    .

    . poeticamente .

    .

    . um beijo meu .

    .

    .

    ResponderEliminar
  57. Um lindo poema, um tanto triste...

    Bom domingo poetisa querida.

    beijooo.

    ResponderEliminar
  58. " Já não sei escrever palavras de amor...dos meus dedos ausentaram-se os poemas..."
    Rosinha, tu o dizes mas não se nota nada mesmo, continuas sublime!
    Beijo nessa alma linda e tão triste!

    ResponderEliminar
  59. Rosa minha querida

    Não vou comentar para não estragar.

    Deixo o meu beijinho e uma flor

    ResponderEliminar
  60. tantas vezes o corpo se perde da alma e a solidão é eterna companheira
    bjs

    ResponderEliminar
  61. Minha linda querida,
    Quando vamos além de nos
    tocamos o infinito da alma.

    Voce é magnifica

    Beijos

    ResponderEliminar
  62. Alma sem sonhos é uma solitária... convém regressar ao amor, ao desejo, aos sonhos que dão cor às nossas emoções.
    Belo, como sempre.
    Querida amiga, bom resto de domingo e boa semana.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  63. trago-te beijo e abraço, alma errante, e um carinho :)))
    belissimo o teu poema, Sonhadora, como sempre.

    ResponderEliminar
  64. Bonito y tierno blog, con hermosas palabras que llenan el corazon de buenos sentimientos. Un placer pasear por el y perderse entre escritos tan bellos.
    Un saludo.

    ResponderEliminar
  65. A nossa alma dá-nos vida, saudade, prazer e dor, alegria, felicidade e muita tristeza...

    Sem alma nada somos.
    Não nos foge entre os dedos mas entre os dias que nos despontam no olhar

    ResponderEliminar
  66. Minha amiga hoje sou tristeza, dor e solidão. Venho especialmente agradecer a sua presença e carinho nestes momentos tão dificeis da minha vida. Os AMIGOS são anjos, que nos iluminam com a sua luz ajudando-nos a encontrar o caminho no meio da escuridão.
    Muito obrigado pela sua amizade.
    Um beijo
    Maria

    ResponderEliminar
  67. Querdida Sonhadora

    A cada amanhecer há um novo raiar
    ...de felicidade
    ....de amor
    ...de inspiração
    E uma longa vida para viver
    Seja FELIZ
    Bjs carinhosos.

    ResponderEliminar
  68. EM NINHO NOSSO A POUSAR, PARA A NOITE PASSAR,AQUI CHEGAMOS PARA TE ASPIRA E NOS INSPIRAR!

    BZUZ NESSE CORAÇON CALIENTE, AFF MARIE!

    VIVA LA VIE

    REGINA E RICARDO

    ResponderEliminar
  69. Rosa, depois de te ler...cheguei à conclusão que estás no inferno!!!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  70. Querida Sonhadora!
    Espero que você esteja assim só na poesia!
    É linda mas muito triste!
    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  71. Você é admirável com a poesia! Eu já sabia disso, só vim confirmar. A postagem é digna de aplausos. Beijo

    ResponderEliminar
  72. Uau, sensacional! Sempre com sua escrita cativante e inspiradore. Gostei muito e vou me atualizar com tudos os seus posts.

    Eu me ausentei por um tempo e voltei, para a volta fiz um post e gostaria da sua visita e comentário. Obrigado.

    http://paulobouvier.blogspot.com/2012/01/voltei_27.html

    ResponderEliminar
  73. Ainda não perdi a esperança de um dia te saber feliz, amiga Rosa, a poetisa da dor.
    Beijinho doce

    ResponderEliminar
  74. linda alma que se perde e se acha nos versos..
    que encanta na dor..
    beijos linda amiga.....

    ResponderEliminar
  75. Hola, felicitaciones por tu gran blog, ha sido un enorme gusto leer tu blog. Te invito de manera cordial a que visites el Blog de Boris Estebitan y leas uno de mis escritos titulado “La Balada de Dracula”, espero que tu también te diviertas leyéndome, saludos cordiales.

    ResponderEliminar
  76. Ah, Sonhadora!
    As vestes da tua poesia são tão puras como o modo como sentes a tristeza e a solidão.Felizmente a vida retorna sempre com novas ilusões.
    Vibrante, como é teu timbre.
    Conta com o meu abraço amigo e carinhoso.

    Véu de Maya

    ResponderEliminar
  77. ... só pra deixar um abraço
    boa semana com bons sonhos da sonhadora

    ResponderEliminar
  78. Os gemidos são lancinantes, ainda assim de beleza lírica contundente... E a música faz um par pefeito nesta dança dolorida... Se as letras jorrassem sangue, seríamos irmãs de triste poesia...Beijos amada poeta.

    ResponderEliminar
  79. Estimada e Preciosa Poetiza Amiga:
    Escreve variadas "explosões" poéticas de encanto que fazem maravilhar e deslumbrar.
    Com carinho e ternura pelo seu ser extraordinário de imenso valor.
    Beijinhos amigos ao seu estar sublime e repleto de beleza e pureza.
    Com respeito e sempre a admirá-la.

    pena

    ResponderEliminar
  80. Alma errante que corre infinitos em busca do amor...beijos de boa semana pra ti querida amiga.

    ResponderEliminar
  81. Oi Rosa, é bom estar aqui e navegar nesses versos tão inspirados.

    Beijos

    ResponderEliminar
  82. Oi, Sonhadora! Voltei do pós-operatório e estou quase ótima. Que bom voltar a seguir seus lindos poemas! Beijos!

    ResponderEliminar
  83. Olá,querida Rosa!!!

    Vir aqui é garantia de emoções fortes, tempestuosas!!É sentir as emoções a flor da pele!É ver tudo com os olhos da poetisa!
    Lindo, triste mas intenso como sempre!!!
    Beijos minha linda!!!
    *Te vi lá no Álvaro Lins!Parabéns,mais que merecido!!!!

    ResponderEliminar
  84. Olha Rosa:
    "Já não sei escrever palavras de amor...dos meus dedos ausentaram-se os poemas...naufragaram as rimas...a poesia ficou branca e fria...vestiu-se de vazio e amortalhou os desejos que se desprendiam do meu corpo"

    Imagina quando sua inspiração voltar! rs

    Você é muito boa em seu estilo de poesia, eu diria: insúperável. bjs

    ResponderEliminar
  85. Tocaste a solidão e o nosso coração, amiga Rosa.
    Obrigada pelo carinho da tua visita e tenha uma semana de belos sonhos...beijos!

    ResponderEliminar
  86. assim sem avisar. Meu nome é Fabrício e cheguei até vc através do Blog Krasivo. Bom, tanta ousadia minha é para convidar vc pra seguir meu blog Narroterapia. Sabe como é, né? Quem escreve precisa de outro alguém do outro lado. Além disso, sinceramente gostei do seu comentário e do comentário de outras pessoas. Estou me aprimorando, e com os comentários sinceros posso me nortear melhor. Divulgar não é tb nenhuma heresia, haja vista que no meio literário isso faz diferença na distribuição de um livro. Muitos autores divulgam seu trabalho até na televisão. Escrever é possível, divulgar é preciso! (rs) Dei uma linda no seu texto, vou continuar passando por aqui...rs

    Narroterapia:

    Uma terapia pra quem gosta de escrever. Assim é a narroterapia. São narrativas de fatos e sentimentos. Palavras sem nome, tímidas, nunca saíram de dentro, sempre morreram na garganta. Palavras com almas de puta que pelo menos enrubescem como as prostitutas de Doistoéviski, certamente um alívio para o pensamento, o mais arisco dos animais.

    Espero que vc aceite meu convite e siga meu blog, será um prazer ver seu rosto ali.

    Abraços

    http://narroterapia.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  87. Boa noite, Rosa, querida amiga. Enquanto estivermos aqui na Terra, a nossa alma será errante.
    Um pouco mais, um pouco menos, porém errante.
    Estamos a aprender com erros, conflitos, emoções dúbias, e com acertos também.
    O importante é deixarmos a nossa alma fluir, isso sim.
    Agradeço pelo seu carinho habitual, e venho te prestigiar, deixando o meu comentário, registrando o seu talento!
    Um beijo na alma, e fique na paz!
    Tenha uma semana abençoada!

    ResponderEliminar
  88. Lindo, apesar de triste...profundo poema, versos que brotam do âmago do seu ser e se transformam em palavras de pura intensidade...
    Minha querida tenha uma ótima semana, beijinhos
    Valéria

    ResponderEliminar
  89. Rosa
    Continuo na esperança de "ver a luz ao fundo do túnel"... mas, com prazer sempre renovado, continuo a ler, aqui, emoções sofridas, dolorosas, maravilhosamente "cantadas"!
    Beijinho
    Quicas

    ResponderEliminar
  90. Muito linda sua poesia amiga... sempre muito tocante!
    Bjinhoss XD

    ResponderEliminar
  91. Ao Amigo Álvaro Lins prometi fazer-lhe uma visita. Fiquei surpreendido com a qualidade da sua poesia.
    De tantas belas imagens poéticas permito-me destacar as seguintes:
    «Há um espaço no meu leito onde é inverno...»
    «...e apenas a noite deita-se sobre mim.»
    Como diria Garrett:
    Ó solidão, amparo de infelizes,
    Confidente de mágoas !
    Continue com a sua solidão...ela é bela !

    ResponderEliminar
  92. Minha querida quase que aqui não chegava, tropecei por tantos amigos teus pelo caminho mas o mais importante foi chegar. Apenas e só para te deixar aquele abraço,
    beijos de luz e muita paz.

    ResponderEliminar
  93. A sintonia que se sente deste lado ao ler-te deixa-me a olhar-te na miragem de tentar descobrir de onde te vem essa veia silenciosa e sofrida numa foto que se mostra despretenciosamente alegre!
    As tuas emoções não são lago nem rio manso! São cataratas que correm em palavras em vertigem, mas com uma beleza maior que todas as margens floridas.
    E fico a olhar-te na tua poesia imensa!
    E revejo-me nos teus silêncios, sim!
    Grande abraço

    ResponderEliminar
  94. Querida Rosinha
    Muito obrigada pelo teu apoio lá na minha «CASA».
    O conselho que me dás, minha querida, já eu experimentei - Internet Explorer, Google Chrome, Mozilla... aliás, a Central de Ajuda aconselhou-me a fazer isso, entre outras coisas que segui à risca, e nada!
    Vou continuar a aguardar, quem sabe dum momento p'ro outro a coisa não se resolve?

    Gostei imenso do teu poema, como sempre...

    Uma semana feliz. Beijinhos

    ResponderEliminar
  95. «Já não sei escrever palavras de amor...dos meus dedos ausentaram-se os poemas...naufragaram as rimas...a poesia ficou branca e fria...»

    Minha querida amiga, tudo o que escreves é pura poesia.
    Fico sempre fascinada como consegues arrancar dentro do teu peito estas palavras que formam os mais belos poemas que aqui leio.
    Que nunca te falte a inspiração!

    beijinhos

    ResponderEliminar
  96. passeando no seu blog e adorando...essa postagem de agora, simplesmente maravilhosa

    ResponderEliminar
  97. as vezes perdemo-nos no tempo!!!

    Abraço-te

    ResponderEliminar
  98. É sempre uma emoção ler seus versos carregados mas lindos na construção do poema. A dor, a saudade bailando, mas o amor vibrando em cada suspiro.
    Uma abração amiga.
    Bju.

    ResponderEliminar
  99. Como sempre teu poema traz um grito de dor e de ausência.Belo na solidão expressa e nos sentimentos derramados.Bravo...Bravíssimo.Amei! Linda amiga tenha uma suave e inspiradora semana.Bjs Eloah

    ResponderEliminar
  100. Poema, onde a tristeza e a beleza se misturam em doses iguais...

    Que seus dias sejam repletos dessa beleza, e que a tristeza pertença apenas ao poema!
    :)

    Beijinhos fra[ternos],

    Cid@

    ResponderEliminar
  101. Venho deixar o meu carinho para vc.
    Passei para deixar um abraço e dizer que ando um pouco ausentes das visita. Mas que não esqueço os amigos do coração.
    É sempre bom voltar e rever os grandes amigos.
    Um grande abraço até mais,
    Carinhosamente,
    Sandra
    Saudades de ti...

    ResponderEliminar
  102. Perante o que li...não creio que as "rimas" tenham naufragado!
    Arrasador!

    ResponderEliminar
  103. Madrinha Querida..
    Peço perdão pela demora em voltar no seu blog.
    Tenho andado um pouco distante mais sinto uma enorme saudades de quando podia passar aqui quase todos os dias.
    Te agradeço muito pelo carinho no meu blog.
    Me sinto feliz em ser sua afilhada madrinha é aquela que cuida ,que olha e sente a ausência dos afilhados.
    E assim é você madrinha querida sempre que pode marca sua presença.
    Isso se chama Amor.
    Um beijo no coração sua afilhada.Evanir.

    ResponderEliminar
  104. Sabes minha amiga...Há sempre tanto , mas tanto para viver em nós e que deixamos passar!
    Um dia bem mais tarde quando olharmos para trás teremos a noção de que não vivemos e que já não conseguimos apanhar tudo aquilo que passou e ficou sem ser vivido.
    Temos que tocar o nosso presente...Também não sei se o faço...Talvez não....

    Belíssimo o teu poema sempre com enorme carga emocional.

    Com carinho

    Bjgrande do Lago

    ResponderEliminar
  105. Muito belo minha amiga... para ler e sentir...

    beijinho
    cvb

    ResponderEliminar
  106. errante

    é seu dono do mundo, vagueando


    um beijo, Rosa

    ResponderEliminar
  107. Um romantismo que não conhece limites e traça o poema em toda a amplitude da paixão.

    Um beijo

    ResponderEliminar
  108. Beleza triste...
    que uma luz rasgue a solidão.

    ResponderEliminar
  109. Apenas te digo que cada vez está mais difícil, cada vez mais bela e inspirada a tua poesia,
    Beijo

    ResponderEliminar
  110. N consegues esconder o q te vai dentro. Tratas o sentimento por tu. Tens a coragem de te mostrares ao espelho através das palavras, através da sensibilidade. Confesso q n tenho a tua bravura. Escondo-me em textos fantasmagóricos que se perdem em encruzilhadas de convicções. Uma pura encriptação. Talvez a musica n seja a musica do disco mas sim da vida e as faixas os caminhos q nos dominam.
    Acredito q n possuímos alma, mas sim ao contrario. A alma governa-nos o Ser. Somos o invólucro do tempo, da virtude errante de uma passagem q teima em esconder-se na vida. N é a alma q está acorrentada à vida, mas sim a vida q está acorrentada a ela… E ela n é errante… Adoro ler-te e adorei esta passagem “Há um céu e um inferno em cada alma...” Beijo alma

    ResponderEliminar
  111. Uma paixão enorme que dorme num silêncio de dor, à espera que o amor rompa a solidão...Belissimo este poema onde há encontros e desencontros de vida, de morte, de céu e de inferno. Tu tocas todos os extremos e as palavras desventram os sentimentos.
    Beijo carinhoso.
    Graça

    ResponderEliminar
  112. Amiga...
    A vida é isso mesmo, algo que escorrega se escapa entre nossos dedos e quanto mais queremos apanhar mais ela nos foge...
    Á que pensar que um dia será ela que virá nos pousar nas mãos quando menos esperamos...
    Bjito meu

    SOL

    ResponderEliminar
  113. A classe e a mestria de sempre!

    Uma ROSA de perfume inexced
    ível!

    ResponderEliminar

Amigos são velas acesas ao fundo da escuridão
alumiando o caminhode volta...a presença doce e
serena numa noite de tempestade...são o abraço
suave da vida...palavras ditas muitas vezes em
silêncio aquecendo a alma e o coração.

Um beijinho carinhoso a todos que por aqui passam.
Sonhadora