BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS

quinta-feira, 24 de março de 2011

RESTOS...


Restos...vestígos de mim...amaldiçoados...caídos no chão
Uma porta fechada...uma natureza morta...rosto sem cor
Uma rosa seca...um coração ferido...envolto em solidão
Um cálice de absinto que um dia bebi...misturado na dor

Anoiteço...dou o meu corpo à morte...a paixão ao inferno
Piso os meus sonhos...rasgo o destino...adormeço a vida
Guardo os silêncios...grito à noite...um lamento eterno
No meu peito guardo a voz do vento...distante e perdida

Há um choro silencioso...um canto na noite...amargurado
Há u m poema vazio no meu corpo...rasgado...silenciado
Há sementes no meu ventre...mil anseios...em mim vivendo
Sangrando em cada poema...em cada rima vão morrendo

Dou à noite o meu silêncio...e o vazio dos meus braços
Os segredos...as minhas feras...os fantasmas do meu leito
Os meus versos magoados...o abismo dos meus passos
O meu luto eterno...as lápides...as violetas dos meu peito

O meu corpo é terra fria...feito de instantes...amordaçado
Retalhos dilacerados...restos de amor devorado pela noite
Esse corpo te dei...cheio de amor...pelo desejo enlaçado
Sepultado em vida...caminhando lentamente para a morte

Sou os despojos da vida...as demoras...o caos...o cansaço
O vazio dos braços...as lágrimas...as feridas...inverno frio
As mãos e os sonhos...os pedaços...a vida que não refaço
A escuridão da treva...os medos...e este olhar tão vazio

104 comentários:

  1. Quanto sentimento,quanta emoção neste teu poema,
    querida Rosa.
    São lágrimas que transformas em poesia!
    Beijo.
    isa.

    ResponderEliminar
  2. Poesia que grita o sentir que le imorimes a tus letras amiga belisimo profundo parabens amiga..

    saludos
    otima semana
    abracos

    ResponderEliminar
  3. Olá Sonhadora
    Tem dia que nos sentimos péssimos, mas não podemos esquecer que na vida, tudo passa, inclusive a nossa dor.
    Beijos

    ResponderEliminar
  4. Poema carregado de emoção. Sonhos despedaçados podem cair no solo e germinar transformando-se em lindos frutos na próxima primavera
    Um grande bj querida amiga

    ResponderEliminar
  5. Seus poemas são pérolas, imersa em melancolia suas poesias instigam-me...

    Bjss e ótima noite!

    Mila

    ResponderEliminar
  6. Para ser poeta basta ser sincero, escrever o que sente, amar o que realmente deseja, e esquecer a beleza superficial das palavras que formam a poesia, pois se verdadeiro é o seu sentimento, puro será seu coração...e lindas serão suas palavras!

    ResponderEliminar
  7. Um olhar vazio e completamente árduo em busca do amor verdadeiro!!
    Grande beijo

    ResponderEliminar
  8. Minha querida poetisa, este canto funéreo, silencioso, soturno e singelo, não pode morrer aqui... pois...
    Uma poesia com ternura te aquece
    Do tempo frio, sem calor, sem emoção.
    Mas na ânsia que o amor te apetece,
    Com amores, ao calor dessa paixão,

    Os versos são remédios para as dores
    As rimas amenizam o sofrimento
    Cessam prantos, a tristeza, dissabores
    Resplandece, com sublime sentimento.

    Por isto és essa poetisa querida de todos nós.
    Um abraço afetuoso, beijos.

    ResponderEliminar
  9. Emoção e inspiração grandes por aqui.Lindo!beijos,chica

    ResponderEliminar
  10. Rosa
    Triste este teu grito cheio de emoção, de lágrimas, de sonhos espedaçados, nossa que sofrimento que nele transmites.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  11. Querida amiga Sonhadora, poema sentido, carregado de emoção... Parabéns por mais esta preciosidade!
    Um dia feliz pra ti! Beijos, Rosana

    ResponderEliminar
  12. Quantos dias anoitece em nós... e deixamos que isso aconteça...
    É preciso acordar e viver e jamais deixar-se vencer pela dor e pela triteza

    ResponderEliminar
  13. Vestigios,,,caidos,,,despedaçados ao chão,,,podem por amor ser juntados e formar um novo coração...grande beijo de bom dia pra ti.

    ResponderEliminar
  14. Se todos os olhares fossem como o teu...Se todos os silêncios falassem alto como os teus certamente o mundo seria bem melhor na sua essência.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  15. Querida um bélissimo poema onde tudo
    é rasgado num sentimento profundo.
    Vamos juntar os pedaços colar todos os cascos fazer de tudo uma nova emoção quem sabe um novo coração.
    Um beijo dessa amiga que tanto -lhe adimira ,Evanir.
    http://aviagem1.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  16. Emocionante ler este post.
    POema inspirado de muitas emoções.

    ResponderEliminar
  17. poema carregado de lamentos..
    lamentos carregados de lágrimas..
    que dão brilho ao teu olhar tão vazio..

    bjs.Sol

    ResponderEliminar
  18. Sonhadora!
    Mas o outro lado da vida-não o simplemente catártico, mas o estimulante que é uma outra forma de vitalidade-não poderá transbordar com a mesma emoção poética...Se sim, que urgente desafio; se não, fica a beleza e a catarse da trsfiguração poética, por x arrepiante. Obrigado pelo carinho da presença.

    beijinho,

    Véu de Maya

    ResponderEliminar
  19. Lira encantadora.

    "Há sementes no meu ventre...mil anseios...em mim vivendo
    Sangrando em cada poema...em cada rima vão morrendo"

    Quanta beleza há na tristeza... Lindo, poeta!

    Bjs e inté!

    ResponderEliminar
  20. Acabei de ler teus versos num outro blog que te prestigia:http://modosuavedeescrever.blogspot.com/
    Maravilhoso minha flor.
    Parabénssssssssssssssssss.
    Beijo grande.

    ResponderEliminar
  21. Boa tarde Rosa!
    Sabe que tem dias que me sinto assim...

    ...
    Sou os despojos da vida...as demoras...o caos...o cansaço

    Beijo,
    Mara

    ResponderEliminar
  22. Minha querida,

    Encontro sempre nas palavras doridas um lindo poema que saem das mãos e do coração de uma verdadeira poetisa.
    Mesmo cheio de tristeza e dôr e sempre lindo e fabuloso os teus poemas.
    As noites são as piores companheiras!

    Bjinho cheio de luar

    ResponderEliminar
  23. Somos feitos de restos, construção de pedaços dos outros, somos os outros, dos outros...

    Beijinho meus.

    ResponderEliminar
  24. A sua poesia tem já uma matriz própria que a torna muito especial.

    Parabéns

    Um beijo

    ResponderEliminar
  25. Olá...

    Estive tantas vezes assim que já perdi as contas
    Não quero mais isso pra mim

    Ai como é inevitável! Dessa vez tentarei não cultivar a DOR mas os momentos felizes e aceitar a hora do amor partir como a primavera vem e vai sempre se renovando assim serão os meus amores.

    Eu te desejo felicidade!
    Beijos

    ResponderEliminar
  26. UFFFFFFFFFFF, A VECES ME DEJAS SIN PALABRAS...
    BESOS

    ResponderEliminar
  27. Querida amiga, não sei que dizer.
    Adoro a sua poesia mas, continuo, à espera de uma mensagem menos triste.
    Mas que é linda, isso é!

    ResponderEliminar
  28. Grito do poeta ultra sensível que sonha, apesar de tudo, um mundo melhor!
    Beijo amiga

    ResponderEliminar
  29. Tão triste... e ainda assim tão cheio de poesia.


    Beijo de carinho.

    ResponderEliminar
  30. Como sempre nos encantando. Beijos e parabéns mais uma vez.

    ResponderEliminar
  31. Rosa , amiga querida

    Uma poesia intensa , cheia de uma beleza doída
    que só os que amam com verdade podem sentir ...
    Não importa se alegres ou tristes , seus versos tocam nossa alma , nosso sentimento.


    Bjo e uma Noite de Paz.

    ResponderEliminar
  32. Oi Rosa! Passando para agradecer pela visita e comentário, como também apreciar esse lindo poema, principalmente a estrofe abaixo:

    O meu corpo é terra fria...feito de instantes...amordaçado
    Retalhos dilacerados...restos de amor devorado pela noite
    Esse corpo te dei...cheio de amor...pelo desejo enlaçado
    Sepultado em vida...caminhando lentamente para a morte

    Beijos,

    Furtado.

    ResponderEliminar
  33. Rosa, amiga,

    Aa tintas que saem da tua mão, antes passam no peito arranhando o coração.
    Obrigada, pelas palavras e pelo carinho.
    Bj

    ResponderEliminar
  34. Quando a tristeza vence, o caminho é tortuoso!

    Beijinho amigo,
    Ana Martins

    ResponderEliminar
  35. Querida Rosa,
    Mais um poema de poesia sofrida, semeada nos sulcos das tuas veias, transformado num belissimo poema.
    Que a Primavera, preencha o teu coração de cores melodiosas...

    Beijinhos.
    Maria

    ResponderEliminar
  36. ...quanta dor expressa neste
    poema, minha flor!

    bjs de carinho, Rosinha!

    ResponderEliminar
  37. Rosa Querida
    Tem um miminho no meu cantinho.
    Beijinho bom fim de semana

    ResponderEliminar
  38. O sentimento é tanto em seu coração que nada impede de derramá-lo em versos e encantar aos amigos,grato pela amizade e carinho, tenha um bom fim de semana, bjs

    A feiticeira da noite sopra estrelas no céu
    a lua torna-se mais cheia e resplandecente
    a noiva da colina asperge um suave perfume
    espalhando no ar o seu chamado envolvente.

    Trata-se de um convite ao amor e a amizade,
    vai ecoando pelos quatro cantos da cidade
    rua do porto, engenho central, repúblicas....
    nada passa despercebido ao clamor lançado.

    ResponderEliminar
  39. Um final de semana cheio de paz, poesia e carinho pra ti amiga...beijos e beijos.

    ResponderEliminar
  40. Uma profunda dor expressada lindamente em versos,gostei demais!

    Beijos

    ResponderEliminar
  41. Olá!
    Venho até aqui pedir a sua atenção para um assunto sério e que com a união e participação de todos poderemos salvar vidas.
    Eu e o meu amigo Milton Kennedy, resolvemos nos unir em prol de uma campanha sobre a doação de medula óssea e contamos com todos os amigos da Blogosfera para divulgá-la.
    Você poderá nos ajudar?
    Desde já agradecemos...
    Um abraço carinhoso

    ResponderEliminar
  42. Olá!!

    Poesia de sensibilidade extrema!!
    Alma desnuda...totalmente entregue ao sofrer...
    Triste, mais belíssimo!!!
    Beijos pra ti querida!!!
    Que Deus te abençõe!!
    bom final de semana!!

    ResponderEliminar
  43. Querida amiga Sonhadora!

    Mais um lindo poema, que tem tanto de lindo, como de triste, e essa solidão persiste, e não há meio de se ir embora, minha amiga Sonhadora.

    Beijinho,
    José.

    ResponderEliminar
  44. sempre que te leio...RELEIO...


    parabéns!

    beijos!

    Bia

    ResponderEliminar
  45. Versos tristes e fortes! Um encanto seu blog e tudo o que você escreve. Obrigada pela visita, seja bem vinda sempre.
    Beijos!!!

    ResponderEliminar
  46. Vc sempre com essa magia envolvente.

    Tão encantadora. beijos linda e bom final de semana

    ResponderEliminar
  47. há sempre mais do que uma mulher, na tua escrita...
    há sempre mais do que fado, na tua voz...
    beijos, amiga-do-sonho!

    ResponderEliminar
  48. "Quando algo que você goste acabar,
    ou simplesmente ir embora,
    lembre-se que as folhas do outono
    não caem porque querem
    e sim porque é chegada a hora".

    (Cristian Arza)

    Bom FDS! Beijos na alma...M@ria

    ResponderEliminar
  49. Quando te leio lembro da Florbela,lindo demais!
    bom fim de semana!

    ResponderEliminar
  50. Querida amiga.

    Estes "Restos" têm muito da profunda dor d'alma com que Florbela inundava os seus poemas.
    Tristes, mas de uma beleza infinita.

    Obrigada amiga Sonhadora pelo carinho.

    Beijinhos
    Janita

    ResponderEliminar
  51. Primeiro, feliz em ver suas letras. Você é uma pessoa que prezo, creia nisso! Segundo, tenho cá nessa minha cabeça encantada e nessa minha alma lunática, que ''o paraíso existe e é a gente quem faz''

    BeijooO*

    ResponderEliminar
  52. Emocionante poema amiga...

    Fim de semana de muita luz, paz, amor...

    beijooo.

    ResponderEliminar
  53. As vezes só restam caquinhos de nós, mas vc tem o dom de juntá-los e fazer deles lindos poemas que me encantam.Adoro te ler.

    Um lindo final de semana.bjs

    ResponderEliminar
  54. Belo teu poema ,palavras que falam no silencio
    um beijinho agradeço a presença em lirios do campo

    ResponderEliminar
  55. Belissimo poema, uma alma desnudada mostrando dor e sofremento,mas o amor infelizmente também é isso, e para isso não tem remédio melhor que o tempo...
    Beijosss

    ResponderEliminar
  56. Sensiveis palavras
    e quanta vida há nesses pedacinhos que somos!
    Fé e esperança de dias e tempos cheios de beleza e muito muito amor.
    bom fim de semana
    abraços

    ResponderEliminar
  57. Quanta magoa, tristeza e dor nestes versos que tocam a nossa alma.
    Tenha um excelente fim de semana.
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
  58. Aqui o encantamento paira no ar...

    mil beijos!

    ResponderEliminar
  59. Olá, amiga!
    Amei... um por um desses versos.
    Bom fim de semana!
    Tudo de bom!!!
    Beijinhos.
    Brasil°º♫♫
    ✿ܓܓ♫♫
    °º
    •*• ♫♫° ·.

    ResponderEliminar
  60. Bom diaaaa querida,


    http://ostra-da-poesia.blogspot.com/

    Este é o blog q estou participando poeticamente com um de meus escritos, a poesia é a QUINTA e seu nome é " VERSOS PARA TE DAR", vou precisar de coments e se for possível gostaria q vc deixasse um carinho lá.

    Agradeço...mil beijos e sábado lindo prá vc!

    ResponderEliminar
  61. Uma bela tarde minha amada.
    Beijo grande.

    ResponderEliminar
  62. Olá amiga

    Não deixes que o teu olhar fique vazio...Nunca esqueças que lá ao fundo do túnel há sempre uma luz, nem que seja ténue...Mas brilha! Segura o brilho e mergulha-o na tua linda alma.
    O amor virá pintado na mais bela paleta de cores.

    Como sempre um poema triste, mas de fantástica beleza.

    Bom fim de semana

    Bjgrande do Lago com amizade

    ResponderEliminar
  63. Minha querida:
    Não me admira ter escolhido um poema de Florbela Espanca para o cabeçalho do seu blogue, a sua poesia e como a dela, maravilhosamente doce e triste.

    Beijinhos muitos

    ResponderEliminar
  64. Simplesmente poeira ao vento...
    Beijo Lisette

    ResponderEliminar
  65. Rosa Solidão

    Com muita traquidade, acabei por reler este teu poema, vou tentado apreender o teu pensamento poético e a profundidade que a mensagem contém.
    Há sempre uma mensagem, nem sempre de fácil entendimento. Sabe-se sim da boa qualidade quadidade.
    Beijos

    ResponderEliminar
  66. Belíssimo mas triste poema !
    Amanhã é outro dia e só podemos ir em frente !
    Obrigada por ter passado pelo meu cantinho !
    Beijinhos
    Verdinha

    ResponderEliminar
  67. ROSA,

    LINDO VERSO, DENTRO DA MELANCOLIA QUE O ACOMPANHA!.....

    GRANDE BEIJO!!

    REGGINA MOON

    "Tenho medo de dizer quem sou: no momento em que tento falar, não exprimo o que sinto, e o que sinto se transforma, lentamente, no que digo." [Clarice Lispector]

    ResponderEliminar
  68. Minha querida amiga,
    Como sinto estes restos..., este vazio..., esta dor que tens nesse teu coração imenso de doçura.
    Compreende-se o teu gosto por Florbela Espanca, é também uma das minhas poetizas desde bem jovem, e que escreveu tão bem a sua dor e tamanha tristeza por tanto amor, assim és tu.
    Mas pega nesses restos, nesses pedaços mesmo que em estilhaços e começa algo novo que te renove, tenta, faz isso por ti, sabes que o que sentimos para sempre fica aqui dentro guardado.

    Beijinhos com amizade e carinho

    ResponderEliminar
  69. Minha amiga,
    O seu talento consegue criar sempre uma aura especial para receber os seus visitantes. Parabéns!

    Beijo :)

    ResponderEliminar
  70. Minha doce amiga, lembra-te que és muito mais do que um caco, uma lágrima...

    És sem duvida um ser humano com uma sensibilidade imensa.

    Beijinho grande!

    ResponderEliminar
  71. Mais um show, vc é o espetáculo, por isso é tão bom passear por aqui, para degustar suas maravilhas, pra vc bjos, bjos e bjosssssssssssss

    ResponderEliminar
  72. Rosamiga,

    Disse o saudoso Vininha (Vinicius de Moraes):
    "...assim como a canção só tem razão se se cantar,
    assim como uma nuvem só acontece se chover,
    assim como o poeta só é grande se sofrer", você consegue produzir beleza, mesmo quando canta a dor.

    Meu carinho,
    Anderson Fabiano

    ResponderEliminar
  73. Minha querida

    Ler-te é sentir-te!

    Anseio o dia de sentir um hino ao amor presente!
    Sem dor, sem mágoa sem luto!

    Beijo cheio de luz.

    ResponderEliminar
  74. Tem selo no meu blog para você. Depois passe lá para buscar.

    http://omundosobomeuolhar.blogspot.com/2011/03/so-mais-uma-carta-de-amor.html

    Beijos

    ResponderEliminar
  75. Os teus poemas são sempre fortes. Mas este é marcante, pela expressividade das imagens e pela profundidade do sentir.
    Gostei imenso, querida amiga.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  76. Um belissimo domingo pra ti amiga, e uma semana cheia de carinho e poesia...beijos e beijos.

    ResponderEliminar
  77. Minha querida,

    Lágrimas a escorrer em versos.

    Lindo... ainda que triste.

    Beijo,
    Inês

    ResponderEliminar
  78. Sempre me emociono ao passar por aqui!
    Voce fala, escreve com o coração!
    Lindo!!

    ResponderEliminar
  79. Gostei bastante desses versos: "O meu corpo é terra fria...feito de instantes...amordaçado
    Retalhos dilacerados...restos de amor devorado pela noite".

    Beijo, Rosa!

    ResponderEliminar
  80. A voce um abraço nesse lindo Domingo
    desejo que seja ele muito feliz .
    Obrigada por seguir meu blog
    ofereço minha amizade pois não existe riqueza maior que uma Amizade Sincera
    Um feliz Domingo beijos no coração,Evanir.

    http://.aviagem1.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  81. Saibas que és mais que a desventura que vem a desafiar sua resistência sempre mais forte.
    Cadinho RoCo

    ResponderEliminar
  82. Pedido

    Sei que você era fã da Gerana, do "Leitora Crítica". Eu e Betina Moraes iniciamos uma campanha pra ela retornar. Entre no meu blog e engrosse essa súplica.
    Conto com você.

    ResponderEliminar
  83. Aproveito pra dizer quer vc entende o coração de uma mulher como ninguém. Na outra encarnação, vamos nascer de sexos diferentes?

    ResponderEliminar
  84. Temos de abrir a janela para o sol entrar, nem sempre esta a chover e precisamos de ver o sol em nós
    bjs

    ResponderEliminar
  85. Estimada e Sensível Poetiza Amiga:
    O lamento. O choro feliz e delicioso do seu prodigiosos sentir de aventura poética.
    Extraordinária. Linda.
    MUITO OBRIGADO pela doce visita. Preencheu-me.
    Bem-Haja, pelo talento.
    Abraço amigo de respeito imenso.
    Sempre a admirar o que concebe com encanto.
    Adorei.

    pena

    ResponderEliminar
  86. Minha querida amiga. Para mim você brilha mais que as tantas estrelas do céu pues tu sabes amar mais que se pode amar.

    Um grande e carinhoso beijo amiga

    ResponderEliminar
  87. Não tentes me fazer
    menor que sou
    nem dissipar meu sonho
    com a ironia,
    pois se em teu peito
    O amor já se apagou,
    no meu, ele renasce todo dia

    FÁTIMA GUERRA (MELLÍSS)

    Feliz Semana e beijos meus! M@ria

    ResponderEliminar
  88. Rosita
    Como tu dizes:

    são os despojos da vida..
    Um beijo e o meu deserto


    DESERTO

    Vou caminhando pelo deserto
    Ando e ando e é só areia...
    Areia, areia e nada mais...
    Estou cansada...
    Os meu lábios estão secos...
    Muito secos...
    E eu no meio do deserto...
    Só te queria ter...
    Para beijares os meus lábios...
    E me tirar a sede...
    E espero-te para acalmar...
    A minha ânsia....
    A minha sede...
    E o meu desejo...
    Desejo louco de te ter...
    De te poder tocar...
    E finalmente ser feliz...

    LILI LARANJO

    ResponderEliminar
  89. Eu admiro muito a força de tuas palavras, sempre profunda, libertas com que te declaras, mas o que posso dizer se não que te pegas sem esperança...
    Mas sempre lindo apesar de triste teus versos que admiro muito...

    carinhos de beijos pra ti

    Linda semana

    Livinha

    ResponderEliminar
  90. Relendo ínumeras vezes teus versos tão tristes e ao mesmo tempo belos, deixando um rasto da tua marca inconfundível de Rosa Solidão.

    Um bom inicio de semana, minha querida.
    Beijos.

    Maria

    ResponderEliminar
  91. Não!... É corpo que sente a chama que em si arde, é o desejo que a toma antes que seja tarde e a possui num abraço tão forte que sente apertado o espaço, tão quente, tão regaço… que em si, por si, não se faz alarde!... É como se o silêncio lhe gritasse ao coração e lhe queimasse a carne; talvez a carne que come seu fogo, talvez um jogo!... Proibida e envergonhada sensação… e mais uma vez o grito e a mesma razão!... Línguas do mesmo fogo que a lambem e aprovam sua tristeza gritada num desespero da perdição!... Como quem está só!...




    Boa semana


    Abraço

    ResponderEliminar
  92. Querida Rosa,
    Mais um verso lido
    que toca o coração.
    Adorei Florbela Espanca
    Beijinhos e boa semana

    ResponderEliminar
  93. Não me lembro de ter lido, aqui, versos tão carregados de tristeza! Um despojar-se de condicionantes e uma entrega ao destino. Parece anunciar a aceitação... sem rebeldia...

    Eu gosto da rebeldia! Eu gosto de contradizer o que pronto está! Gosto de "brigar" ante desencontros inesperados...

    E, quando chegar tal dor, quem sabe tentar resistir...

    Gosto da rebeldia, mas não dá prá fingir desconhecimento do lugar de seus versos! E, se me incomodam em tristeza, certamente há resquícios de tantos desassossegos que ainda perambulam por minhas entranhas!

    Meu carinho a você, Sonhadora!

    ResponderEliminar
  94. Vivemos assim, amando e virando restos.
    Palavras fortes e emocionantes.
    Parabéns querida, sua poesia me encanta, apesar do grande sofrer.

    Bjs no coração!

    Nilce

    ResponderEliminar
  95. belíssimo blog, lindos poemas, apaixonei-me por eles. aqui estarei sempre.
    bj
    rcfpensamentossoltos.blogspot.com

    ResponderEliminar
  96. Rosa, minha amiga, tem um selinho para si lá no INFINITO.
    Grande abraço.
    Na verdade é um desafio...

    ResponderEliminar
  97. Sou o 100 só para te deixar um beijinho!

    ResponderEliminar
  98. Lindo poema cheio de emoções e sentimentos!
    Bjs

    ResponderEliminar
  99. És puro sentimento imerso em grande emoção! E com essa música ao fundo, é impossível não se comover, amiga!
    Beijos, muitos!

    ResponderEliminar
  100. Tente. Sei lá, tem sempre um pôr-do-sol esperando para ser visto, uma árvore, um pássaro, um rio, uma nuvem. Pelo menos sorria, procure sentir amor. Imagine. Invente. Sonhe. Voe.

    Caio Fernando Abreu

    Amor & Paz na nova semana! Beijos meus...M@ria

    ResponderEliminar
  101. http://prixviagrageneriquefrance.net/ viagra generique
    http://commanderviagragenerique.net/ viagra
    http://viagracomprargenericoespana.net/ viagra
    http://acquistareviagragenericoitalia.net/ acquistare viagra

    ResponderEliminar

Amigos são velas acesas ao fundo da escuridão
alumiando o caminhode volta...a presença doce e
serena numa noite de tempestade...são o abraço
suave da vida...palavras ditas muitas vezes em
silêncio aquecendo a alma e o coração.

Um beijinho carinhoso a todos que por aqui passam.
Sonhadora